Página inicial
 
Mural de recados
25.05 | Centralino Histórico
Warley, cadê os nossos valores revelados no PE 2017: Tomás e Paulinho Curuá???? ...
24.05 | Antonio
Araújo pedindo 400,000 R$ pro Central !!! Isso é um absurdo, o cara jurou amor a ...
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
26/03/2015
06h14 | esportes - SELEÇÃO BRASILEIRA
Amistoso -> Brasil afasta fantasma de 1998 e enfim derrota a França no Stade de France: 3x1 de virada
CLIQUE e CONFIRA
Do Lancenet! 
 
Enfim o Brasil quebrou um tabu e conseguiu derrotar a França dentro do Stade de France, palco da final da Copa do Mundo de 1998, quando os Bleus venceram por 3 a 0 e levaram o título inédito. De virada, a Seleção contou com gols de Varane, Oscar, Neymar e Luiz Gustavo, e venceu por 3 a 1. Desde que Dunga assumiu, é a sétima vitória seguida.

A equipe de Dunga volta a campo no domingo contra o Chile em Londres, no Emirates Stadium. Além do 3 a 0 de 1998, as seleções se enfrentaram no Stade de France em 2004 e em 2011. No primeiro desses jogos houve um empate em 0 e 0, e depois os fracneses venceram por 1 a 0.

 

O jogo começou chato. O Brasil não tinha uma daquelas referências na frente. Neymar rodava e se movimentava muito, e tinha apoio de Firmino, Oscar e Willian, que tinham dois volantes atrás. Do outro lado, a França veio com um meio pesado, com Sissoko, Schneiderlin, Matuidi, e Valbuena e Griezmann compondo o setor. 

Desta forma, as duas seleções encontravam verdadeiras paredes na hora de atacar. Durante muito tempo, principalmente com o Brasil, que teve mais posse, era bola para cá, bola para lá... E nada acontecia.

A primeira chance foi da França, e veio justamente em escanteio do mesmo lado que saiu o primeiro gol do Zidane na final de 1998. Varane desviou e Benzema completou, mas Jefferson fez linda defesa. O primeiro chute mais perigoso do Brasil foi com Neymar, já aos 20, mas Mandanda foi lá e evitou.

Mas estava escrito mesmo que o gol da França viria daquele lado, de escanteio, recuperando o trauma de 98. Varane subiu mais que todos e cabeceou bem.

 

Companheiros no Chelsea, Willian e Oscar foram titulares (Foto: Franck Fife/AFP)

E mesmo com o gol, a partida continuou chata. As duas equipes sem criatividade, Neymar sem ninguém para fazer suas jogadas... E nada de evolução. Já na reta final do primeiro tempo, quando o Brasil conseguiu enfim entrar na área, veio o gol. Firmino brigou e tocou para Oscar, que chutou e fez. Depois de mais de 300 minutos jogados no Stade de France, enfim a Seleção balançou as redes.

Na etapa final, os dois times ficaram mais com vontade de jogar. A França foi atacar mais e o Brasil trocou mais passes no campo de ataque. E foi assim que veio o gol. A bola foi parar em Willian, que achou Neymar entrando na área. O camisa 10 recebeu e soltou o foguete de canhota para virar o jogo. Logo depois Benzema recebeu um cruzamento na área, estava livre, livre... Mas isolou.

Neymar marcou mais um pela Seleção Brasileira (Foto: Franck Fife/AFP)

Era justamente o que o jogo precisava para ficar legal. Enfim as duas seleções mostravam o que tinham de melhor. Griezmann quase empatou em um lindo chute, mas Jefferson defendeu. O Brasil conseguiu controlar a partida depois disso. E aumentou o placar. Escanteio pela direita do ataque, Luiz Gustavo subiu e cabeceou para o gol.

Depois os técnicos começaram a mexer, mas o jogo já ficou logo com aquela cara de amistoso decidido, só com uma ou outra chance até o fim. Dunga ainda usou alguns reservas: Fernandinho, Souza, Douglas Costa, Marcelo e Luiz Adriano, mas tiveram pouco tempo. Outros como Philippe Coutinho, Fabinho e Robinho ficaram no banco até o fim.

Neymar e Varane fizeram um duelo entre Barcelona e Real Madrid (Foto: Franck Fife/AFP)

FICHA TÉCNICA
FRANÇA 1X3 BRASIL

Local: Stade de France, em Saint-Denis (FRA)
Data-hora: 26/03/2015, às 17h (de Brasília)
Árbitro: Nicola Rizzoli (ITA)

Gols: Varane (21/'1ºT), Oscar (40'/1ºT), Neymar (12'/2ºT), Luiz Gustavo (23'/2ºT)

Cartões amarelos: -
Cartões vermelhos: -

FRANÇA: Mandanda, Sagna, Varane, Sakho e Evra; Sissoko (Kondogbia, 28'/2ºT), Schneiderlin, Matuidi (Giroud, 38'/2ºT) e Valbuena (Payet, 36'/2ºT); Griezmann (Fekir, 28'/2ºT) e Benzema. Técnico: Didier Deschamps

BRASIL: Jefferson, Danilo, Thiago Silva, Miranda e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Fernandinho, 44'/2ºT), Elias (Marcelo, 46'/2ºT), Oscar (Souza, 40'/2ºT) e Willian (Douglas Costa, 38'/2ºT); Neymar e Roberto Firmino (Luiz Adriano, 41'/2ºT). Técnico: Dunga




.
 
 
 
eXTReMe Tracker