Página inicial
 
Mural de recados
19.08 | MARCOS LEITE
EU SÓ ESPERO Q O CANDIDATO VENCEDOR, TEM UM GRUPO DO PATRIMONIO, CENTRAL TÁ PRA ...
18.08 | Patativa
Com certeza essa chapa de Clóvis Lucena irá vencer,a outra só tem liso sem futur ...
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/02/2015
21h00 | esportes - Futebol
Rivalidade brasileira, Majestoso agita primeira rodada da Libertadores

Em 2015, a Quarta-feira de Cinzas não terá o tradicional ar de fim de festa. Pelo menos não para as torcidas de Corinthians e São Paulo, duas das maiores e mais fanáticas do Brasil, que verão suas equipes se enfrentarem às 22h, na arena de Itaquera, pela primeira rodada da cobiçada Copa Libertadores. Será o primeiro clássico Majestoso válido pelo torneio mais importante do continente na história. Por isso, treinadores, atletas, dirigentes e torcedores não esconderam a empolgação e a ansiedade para esse compromisso decisivo, ainda que válido pela fase de grupos da competição.

- Todos nós somos humanos. Por mais experiência que tiversos, essa adrenalina acontece. Temos que focar no nosso jogo, acreditar no nosso trabalho e na nossa competência. Se isso for suficiente para ganhar, ótimo - afirmou o técnico Tite, que até mudou a rotina de treinos do Timão e trabalhou na Arena Corinthians na véspera do Majestoso internacional.

- É um clássico, são duas equipes de muita qualidade, com jogadores que se equivalem. Acho que a equipe que entrar mais focada vai sair com resultado, espero que seja a nossa - torce o zagueiro são-paulino Rafael Toloi, deixando claro que a expectativa e a tensão valem para os dois lados.

Tradicional no futebol de São Paulo e um dos mais importantes do Brasil, o clássico Majestoso foi disputado pela primeira vez em 1936, pelo Campeonato Paulista. Na ocasião, o Corinthians venceu por 3 a 1 no Parque São Jorge. O primeiro gol foi marcado por Teleco. O primeiro duelo internacional foi pela semifinal da Conmebol de 1994, e foi o São Paulo quem se deu melhor. O primeiro título do Corinthians no Brasileirão foi sobre o São Paulo, em 1990. O primeiro título de Raí após o retorno ao São Paulo foi contra o Corinthians, em 1998. O primeiro Majestoso da Arena Corinthians foi em 2014, com vitória do Corinthians por 3 a 2. Entre tantas primeiras vezes, essa é a primeira do tradicional clássico paulistano em torneios internacionais de relevância. E ninguém vem para brincadeira.

Desfalcado de Guerrero, suspenso pela Conmebol por conta da expulsão nos 4 a 0 sobre o Once Caldas, pela fase preliminar da Libertadores, o Corinthians vai de Danilo isolado como centroavante no time titular. No resto do time, Tite decidiu não promover novidades, e Felipe segue como parceiro de zaga de Gil, com o campeão de 2011, Edu Dracena, no banco de reservas. A seu lado estará o recém-contratado Vágner Love, com condições de atuar por só 45 minutos e ainda sem a confiança total de Tite.

Do lado do São Paulo, o mistério está no ar. Muricy Ramalho viu a equipe fazer sua melhor partida em 2015 ao golear o Bragantino por 5 a 0 jogando com três zagueiros, e essa é uma possibilidade real para o confronto desta quarta-feira, já que o parceiro de ataque de Luis Fabiano vem sendo trocado constantemente - Alan Kardec, Ewandro, Cafu e Pato (fora contra o Corinthians por questões contratuais) foram testados, mas ninguém se firmou. Sem Centurión, punido pela Conmebol, e com Dória à disposição, o São Paulo entra cheio de segredos.

 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS x SÃO PAULO

 

 

Local: Arena Corinthians
Data/Hora: 18 de fevereiro de 2015, às 22h
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (Fifa-SE) e Guilherme Dias Camilo (Fifa-MG)

 

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf; Jadson, Elias, Renato Augusto e Emerson Sheik; Danilo. Técnico: Tite.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Bruno, Rafael Toloi, Dória (Lucão) e Reinaldo; Denilson, Souza, Ganso e Michel Bastos; Alan Kardec e Luis Fabiano. Técnico: Muricy Ramalho.

Do Lancenet! 




.
 
 
 
eXTReMe Tracker