Página inicial
 
Mural de recados
24.06 | Kaio SGD
Olha nos desfalque só o que poder atrapalhar é o desfalque de Agenor o resto pod ...
23.06 | Antonio
Olha a quantidade de possíveis desfalques que o Central pode ter no jogo, é muit ...
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/01/2015
19h47 | esportes - Futebol Nacional
Com dois de Guerrero, Corinthians vence Bayer Leverkusen de virada
CLIQUE e CONFIRA.

LANCEPRESS!

Guerrero - Corinthians x Bayer Leverkusen (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

O Corinthians conquistou a primeira vitória brasileira na Florida Cup. Com dois gols do peruano Paolo Guerrero, o Timão venceu o Bayer Leverkusen de virada, no EverBank Field, em Jacksonville, nos Estados Unidos. O triunfo também foi o primeiro da nova Era Tite. 

Na primeira rodada do torneio, o Bayer havia vencido o Fluminense por 3 a 0 e o Timão perdido para o Colônia por 1 a 0. Parecia que a história ia se repetir quando o Bayer saiu na frente no início do primeiro tempo, mas o Corinthians reagiu e venceu com o brilho do seu principal atacante, que ainda discute a renovação de contrato com o clube. 

O JOGO

O primeiro tempo começou com ritmo bastante forte. Com apenas 20 segundos, Emerson Sheik arrancou pela esquerda e bateu firme de perna esquerda obrigando Leno a fazer grande defesa. Aos dois minutos, Sheik dividiu com Spahic e os dois trocaram empurrões, iniciando uma confusão. O árbitro Kevin Teray ficou apenas na conversa.

Os times erravam passes e nenhuma das equipes conseguia ficar muito tempo com a posse de bola. Aos 13 minutos, o Bayer avançou pelo lado esquerdo, nas costas de Fagner, e o cruzamento rasteiro terminou em gol de Yurchenko, que bateu de primeira no canto direito de Cássio.

Depois do gol, o Timão melhorou e levava perigo ao Bayer quando ía ao ataque. Em cobrança de escanteio de Renatou Augusto, Guerrero subiu bem de cabeça e Leno fez grande defesa. Era um aviso! Três minutos mais tarde, Renato cobrou novo escateio e dessa vez a cabeçada do atacante peruano terminou nas redes: 1 a 1.

As equipes criaram pouco na parte final da primeira etapa, Emerson Sheik teve uma boa chance em arrancada pelo lado esquerdo, mas chutou para fora, por cima do gol. Do lado dos alemães, Hilbert recebeu boa bola de Bellarabi mas o chute saiu fraco e Cássio defendeu sem problemas.

O MESMO NA SEGUNDA ETAPA

Diferentemente do que fez na derrota para o Colônia, o técnico Tite voltou com o mesmo time que iniciou a partida para o segundo tempo - na quinta, o técnico havia trocado todos os jogadores, exceto o goleiro Cassio. Já o Bayer mudou praticamente o time todo. Apenas Hilbert, Boeder e Bellarabi seguiram como titulares.

E foi dessa forma que o Corinthians virou a partida. Fagner foi até a linha de fundo e cruzou rasteiro para dentro da área, Paolo Guerrero apareceu livre e bateu de primeira com o pé direito, fazendo o segundo dele no jogo.

Depois do gol, Tite trocou Elias por Bruno Henrique. Mais tarde, Emerson Sheik deu lugar a Mendoza, Lodeiro saiu para a entrada de Petros e Fagner foi substituído por Edílson. Depois dos 30 minutos, Danilo entrou no lugar de Renato Augusto.

A qualidade do jogo caiu consideravelmente e as jogadas não apareciam como no primeiro tempo para nenhum dos lados. O Corinthians segurou o resultado e encerrou sua participação no torneio garantindo uma vitória sobre os alemães. O Timão volta para Orlando (EUA) ainda nesta noite e retorna para o Brasil neste domingo. A equipe fará no próximo sábado um amistoso contra os ingleses do Corinthian-Casuals, último amistoso preparatório antes da estreia no Paulistão, dia 1º, contra o Marília, em Itaquera. 

 

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 1 BAYER LEVERKUSEN

 

 

Local: EverBank Field, Jacksonville (EUA)
Data: 17/01/2015
Árbitro: Kevin Teray Jr.
Auxiliares: Ramon Bermudez e Daniel Gutierrez

 

 

Público/Renda: Não disponíveis.
Cartões Amarelos: Gonzalo Castro e Lars Bender (BAY)
GOLS: Yurchenko, 13'/1ºT (0-1), Guerrero, 28'/1ºT (1-1) e Guerrero, 14'/2ºT (2-1)

 

BAYER LEVERKUSEN: Leno (Kresic, intervalo); Hilbert, Boenisch (Wendell, intervalo), Spahic (Rolfes, intervalo) e Lukas Boeder; Bender (Frey, 19'/2ºT), Gonzalo Castro (Reinartz, intervalo), Bellarabi e Çalhanoglu (Henrichs, intervalo); Yurchenko (Brendt, intervalo) e Drmic (Kießling, intervalo) (Brasnic, 15'/2ºT). Técnico: Roger Schmidt.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner (Edílson, 26'/2ºT), Felipe, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias (Bruno Henrique, 13'/2ºT), Lodeiro (Petros, 25'/2ºT) e Renato Augusto (Danilo, 32'/2ºT); Emerson Sheik (Menoza, 20'/2ºT) e Guerrero (Luciano, 42'/2ºT). Técnico: Tite.




...
 
 
 
eXTReMe Tracker