Página inicial
 
Mural de recados
19.08 | MARCOS LEITE
EU SÓ ESPERO Q O CANDIDATO VENCEDOR, TEM UM GRUPO DO PATRIMONIO, CENTRAL TÁ PRA ...
18.08 | Patativa
Com certeza essa chapa de Clóvis Lucena irá vencer,a outra só tem liso sem futur ...
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/12/2014
10h21 | esportes - Futebol Nacional
Há dois anos, Timão ganhava o bi Mundial com 30 mil fiéis no Japão
CLIQUE E CONFIRA.

LANCEPRESS!

As imagens da vitória e da festa do Corinthians bicampeão mundial - (Foto: Ari Ferreira)

Há dois anos, o Corinthians conquistava o bicampeonato mundial de clubes da Fifa, com uma vitória histórica sobre o Chelsea, no Estádio Internacional de Yokohama, no Japão. Guerrero marcou o gol decisivo aos 23 minutos do segundo tempo, após bate-rebate na área.

Dos 68.275 pagantes, cerca de 30 mil eram corintianos.

“Vamos... Vamos, Corinthians, que esta noite, teremos que ganhar...”

A festa feita pela torcida do Timão ficou marcada na história do Mundial de Clubes e do Japão. À la Corinthians, com pitada de sofrimento e muita entrega em campo, o Timão de Tite desbancou o favoritismo inglês e confirmou o título.

O Bando de Loucos fez barulho antes mesmo de o jogo começar. Fez durante toda a semana no Japão. E naquele domingo histórico, impressionou o mundo por tomar quase metade do estádio.

O JOGO

No primeiro tempo, o Chelsea não teve um grande domínio da partida, mas criou uma grande chance aos dez minutos, em cobrança de escanteio e bate-rebate na pequena área, Cahill bateu para o gol e a bola parou na bunda de Cássio. A primeira de muitas defesas do goleiro.

O Timão melhorou na segunda parte do primeiro tempo e assustou os ingleses. Paulinho deu um bom chute. Guerrero fez boa jogada na área e bateu cruzada, a bola passou por toda a área do Chelsea e sobrou para Sheik, que bateu na trave.

E aí Cássio roubou a cena de vez. Fez pelo menos três boas defesas em chutes de Fernando Torres, Mata e Moses.

No intervalo, os gritos não pararam...


Cerca de 30 mil corintianos tomam o Estádio de Yokohama (foto: Ari Ferreira)

“Vamos... Vamos, Corinthians, que esta noite, teremos que ganhar...”

No segundo tempo, o jogo ficou mais aberto. A velocidade da partida aumentou, os dois times chegaram e Cássio continuou como o cara do jogo. Aos 8 minutos, salvou mais uma, desta vez nos pés de Hazard.

O Corinthians melhorou e criou uma boa chance com Paulinho, que recebeu na área e bateu para fora. A torcida continuou em festa.

Novo ataque do Timão. A bola sobrou para Paulinho, o volante-artilheiro do time no ano (13 gols), fez grande jogada, tocou para Danilo que bateu... A bola subiu e caiu na cabeça de Guerrero que, sem goleiro, tocou para o fundo das redes aos 23 minutos. Seis gols nos últimos sete jogos do peruano, autor do tento da semifinal contra o Al Ahly.

A festa no Japão, em São Paulo, na Austrália, no mundo, já havia começado – desde o dia 4 de julho, para ser mais preciso, com os 2 a 0 sobre o Boca Juniors (ARG) e o título da Libertadores.

Com a vantagem no placar, o Timão foi Timão. Com sofrimento, fechou-se ainda mais (e melhor) na defesa e foi sempre embalado pela Fiel...

“Vamos... Vamos, Corinthians, que esta noite, teremos que ganhar...”

Ainda deu tempo de Cássio salvar mais uma em chute de Fernando Torres, de dentro da pequena área. Cahill foi expulso nos acrécimos. O goleiro corintiano falhou apenas uma vez, o atacante espanhol marcou o gol, mas foi anulado por impedimento bem marcado.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1X0 CHELSEA (ING)

Estádio: Nissan Stadium, em Yokohama (JAP)
Data-Hora: 16/12/2012 - 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Cuneyt Cakir (TUR)
Auxiliares: Bahattin Duran (TUR) e Tarik Ongun (TUR)

Público: 68.275 pessoas
Cartões amarelos: Jorge Henrique (COR); David Luiz (CHE)
Cartão vermelho: Cahill

GOL: Guerrero, 23'/2ºT (1-0)

CORINTHIANS: Cássio, Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo, Jorge Henrique e Emerson Sheik (Wallace, 45’/2ºT); Guerrero (Martínez, 40’/2ºT). Técnico: Tite.

CHELSEA: Petr Cech, Ivanovic (Azpilicueta, 37’/2T), Cahill, David Luiz e Ashley Cole; Ramires, Lampard, Moses (Oscar, 26’/2ºT), Hazard (Marín, 41’/2ºT) e Mata; Torres. Técnico: Rafa Benítez.




...
 
 
 
eXTReMe Tracker