Página inicial
 
Mural de recados
27.05 | Aldery
Ao que parece o gramado melhorou muito, e com a chuva deste sábado 27/5 - vai me ...
27.05 | DANIEL Barros
Central, uma propriedade futebolista histórica de Caruaru. Entre os torcedore ...
27.05 | Patativa
Lugar de centralino é no lacerdao neste domingo vamos mostrar nossa força e espe ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/11/2014
10h01 | esportes - SÉRIE A
Matemática do rebaixamento: Botafogo, 99%. Palmeiras, 28%. Coxa quase a salvo
CLIQUE E CONFIRA.

Do Lancenet 

 

Para o matemático Tristão Garcia, a Série A do Campeonato Brasileiro não tem apenas um rebaixado, o Criciúma, que só pode chegar aos 37 pontos e não sai mais do Z4.  O Botafogo, que parou nos 33 pontos, e o Bahia, com 34, estão com 99% de risco de queda e só uma combinação pouco provável tiraria um dos dois times da situação de risco.

 

- O Botafogo eu considero um caso terminal. Se não tivesse arredondamento diria que estaria ali com 99,5%. E o Bahia também depende de milagres - disse Tristão.

 

Com isso, a tendência é de que Vitória e Palmeiras briguem cabeça a cabeça pela salvação. O Vitória tem apenas um ponto a mais do que o Verdão. Mas tem 64% de risco pois a tabela é bem ruim: pega o Flamengo (na Arena da Amazônia) e termina a sua participação recebendo o Santos.  O Palmeiras tem uma pedreira na próxima rodada, o Internacional, mas receberá o Atlético-PR em São Paulo e tem uma sequência final um pouco menos complicada e o seu risco é de 28%.  O que pesa a favor do Palmeiras é o fato de que o time paulista, no caso de um empate em pontos leva a melhor.

 

- Pode parecer pouco. Mas se pegarmos a média de pontos do Vitória jogando fora de casa, ela é igual a do Palmeiras. Em casa, também. E o Vitória precisa não de tirar um ponto. Tem de tirar dois pontos pois o Palmeiras tem uma vitória  a mais e leva isso para o desempate.

 

Quem deu uma boa respirada foi o Coritiba. O risco que o time paranaense tinha no fim da semana passada era grande. Mas os quatro pontos que obteve em cima de dois rivais diretos,  empatou com o Vitória e venceu o Palmeiras, deixam o time com risco de queda de apenas 9%.  A Chapecoense, que conseguiu seis pontos nas duas últimas rodadas, sendo que três deles diante de um adversário direto, o Botafogo, praticamente está a salvo um pequeno risco de 1%.

 

> Risco de rebaixamento:

 

Criciúma - 100% (rebaixado)

Botafogo - 99%

Bahia - 99%

Vitória - 64%

Palmeiras - 28%

Coritiba - 9%

Chapecoense - 1%

 

 Jefferson - Chapecoense x Botafogo - Campeonato Brasileiro (Foto: Pedro Marques/LANCE!Press)  







...
 
 
 
eXTReMe Tracker