Página inicial
 
Mural de recados
25.07 | Patativa
Respondendo esse rapaz chamado franco,sou torcedor e sócio do central desde 1986 ...
25.07 | MARCOS LEITE
O CENTRAL TEM Q FAZER LOGO A ELEIÇÃO, PRA SE ESTRUTURAR PRA 2018 Q JÁ TÁ GARANTI ...
25.07 | luciano
pra resolver o problema do central, não é preciso fechar as portas , e sim os só ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/11/2014
08h56 | esportes - Futebol Nacional
Tombense vence Brasil-RS nos pênaltis e conquista a Série D
CLIQUE E CONFIRA.

Tombense - Série D (Foto: Divulgação/Tombense FC)

 

Neste domingo, Tombense e Brasil de Pelotas se enfrentaram em Muriaé (MG) pelo segundo jogo da final da Série D. Após um empate por 0 a 0 na primeira partida, em Pelotas, as duas equipes repetiram o placar do primeiro confronto, no tempo normal, e o campeonato foi decidido nos pênaltis. Nas cobranças penais, o Tombense venceu por 4 a 2 e ficou com o título da quarta divisão.

 

Jogando em Muriaé, por conta do regulamento da CBF que obriga, para esse tipo de decisão, que a partida seja disputada em um estádio com capacidade para pelo menos dez mil torcedores, o Tombense jogou com quatro desfalques. O lateral-direito Juninho, o zagueiro Wellington e os volantes Denilson e Mateus, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, não atuaram.

 

O Brasil-RS também não pode contar com alguns de seus jogadores. os atletas Brock, Nunes, Jenner Zottele, Cirilo, Gustavo Martins, Ederson e Marcio Jonathan foram punidos pelo STJD e não atuaram. Além destes, Rafael Forster e Washington, suspensos, não puderam jogar. Com isso, o time gaúcho conviveu com drama de ter apenas seis jogadores no banco de reservas. Sendo dois deles, goleiros.

 

Mesmo precisando de uma vitória simples, ou qualquer empate com gols, o Brasil de Pelotas esteve, em grande parte do jogo, satisfeito com o placar, e não buscou furar o bloqueio do Tombense. Na segunda etapa, um cachorro invadiu o campo, paralisando a partida por alguns instantes. Na reta final, já com o Brasil-RS totalmente recuado, Alex Amado e Betinho trocaram empurrões e foram expulsos.

 

TÍTULO DECIDIDO NOS PÊNALTIS

 

Francismar, Joílson, Mazinho e Élvis marcaram para o Tombense. Nena e Fernando Cardozo converteram para o Brasil-RS. Coutinho isolou uma das cobranças da equipe mineira, enquanto os gaúchos viram Chicão mandar para fora uma cobrança e Léo Dias permitir defesa de Darley. Na última cobrança, Elvis converteu e levou o time de Tombos ao título da Série D.

 

Do lancenet! 





...
 
 
 
eXTReMe Tracker