Página inicial
 
Mural de recados
28.06 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Aqui estou eu em Fortaleza, daqui a pouco vou assistir SALG ...
28.06 | ojuara
CONCORDO NELHOR PAGAR SAFADAO DE QUE INVESTIR NESSE CLUBE SAFADO DE LADROES PORQ ...
28.06 | Paulo Junior
Parabéns pela atitude dos torcedores do Central em dividir o dinheiro com os fun ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/11/2014
09h05 | esportes - SÉRIE B
SÉRIE B > Ponte Preta derrota o Bragantino, volta à liderança e garante acesso a Série A em 2015
O sábado ainda trará o Vasco no Maracanã e o clássico pernambucano entre Náutico e Santa Cruz
A Ponte Preta está de volta à Série A do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste sábado, a equipe de Campinas foi ao Estádio Nabi Abi Chedid e derrotou o Bragantino por 2 a 0, com gols marcados por Alexandro (em um pênalti polêmico) e Roni no segundo tempo, confirmando o seu acesso.

Com o resultado, a Ponte ainda retomou a liderança da Série B, com 67 pontos ganhos, contra 66 do segundo colocado Joinville. Já o Bragantino, somando 39, continua ameaçado de rebaixamento para a terceira divisão.

Na tentativa de aproveitar o melhor momento para fazer a festa fora de casa, a Ponte Preta adotou uma postura ofensiva, sob os cuidados do técnico Guto Ferreira, suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e presente em um dos camarotes do estádio. Nas arquibancadas, a torcida campineira gritou alto desde os primeiros minutos.

Foi por pouco que o público visitante não comemorou um gol já no primeiro tempo. Um dos líderes do time, Renato Cajá assustou o Bragantino com chutes de longe e também em uma cobrança de falta, aos 22 minutos. Rafael Costa emendou de bicicleta, mas errou o alvo.

Ao Bragantino, restaram na maioria das vezes os contra-ataques – Luisinho desperdiçou um gol dessa forma, já no final da primeira etapa. Porque as melhores chances ainda eram da Ponte. Aos 43, Alexandro recebeu a bola de Cajá e bateu com curva, acertando a trave.

No segundo tempo, a Ponte apostou na entrada de Erick no lugar de Washington, para ter mais movimentação no ataque. Deu certo. Com velocidade, o jogador logo se tornou referência para o time visitante incomodar o Bragantino. 

Quem foi decisivo para a abertura do placar, no entanto, foi Roni. Ele cavou um pênalti depois de encontrar Tobi dentro da área. Aos 31 minutos, depois de muita reclamação do Bragantino, Alexandro deslocou o goleiro Matheus na cobrança e converteu.

Já aos 43, a Ponte sacramentou o retorno à primeira divisão. Roni avançou com liberdade e arriscou o chute da entrada da área. Adiantado, Matheus deixou a bola passar e acabou com as esperanças do Bragantino de tirar pontos da equipe de Campinas.

Na sexta-feira, a Ponte Preta fará confronto direto pela liderança da Série B, contra o Joinville, fora de casa. Já o Bragantino receberá o Santa Cruz no dia seguinte, novamente no Nabi Abi Chedid.
 
Do Super Esportes /Foto: Gazeta Press

...
 
 
 
eXTReMe Tracker