Página inicial
 
Mural de recados
12.12 | Pierre Santos
Marcos Leite, é bom pela renda no momento, agora quando lota é de 90% de caruaru ...
12.12 | CLEO
Vdd Marcos Leite se o Centralzão começar com o pé direito a torcida vai comparec ...
12.12 | CLEO
VAMOS PRA FESTA GALERA NESSA TERÇA LANÇAMENTO DA NOVA MARCA E AS MUSAS DO CENTRA ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
19/09/2014
15h53 | esportes - FUTEBOL NACIONAL
Em busca de adrenalina, Nilmar volta ao Inter nos braços de 4 mil colorados
CLIQUE E CONFIRA.
O atacante Nilmar está de volta ao Internacional. Apresentado oficialmente na tarde desta sexta-feira, com direito a ida ao campo do Beira-Rio para ser saudado pela torcida colorada, que o ovacionou dentro do Beira-Rio, algo destacado pelo jogador como um dos motivos para retornar ao clube: a falta da "adrenalina" de torcida e imprensa no Qatar. E valoriza a sensanção de estar em casa no Colorado, por sua identificação com o clube gaúcho, pelo qual jogará pela terceira vez.

Logo após conceder entrevista coletiva, Nilmar foi ao campo do estádio. Cerca de 4 mil pessoas estavam na arquibancada do Beira-Rio esperando para ver o novo dono da camisa 7, segundo o vice de administração José Amarante. Cantaram, receberam bolas chutadas pelo atacante e o agarraram em dado momento, quando ele se aproximou do muro do Beira-Rio para tirar fotografias. Os seguranças entraram em ação para o desvenciliar dos colorados fanáticos - e fanáticas.

A expectativa é de que conquiste títulos e tenha uma passagem melhor do que as duas anteriores. Apesar de negar que seja seu último contrato, brincou e disse que gostaria de fechar um vínculo de 10 anos com o clube gaúcho.

- Espero que essa terceira passagem seja melhor, com mais títulos. Que eu possa entrar na galeria de grandes conquistas. Eu sabia que não era o fim da minha carreira, então tinha que me preparar bem. Tanto que estou me sentindo bem nos treinos aqui. E resgatar a adrenalina de jogar em um estádio como o Beira-Rio, lá jogava para 500 pessoas - comentou Nilmar.

- Primeiro, queria um contrato de 10 anos, igual ao índio aqui para jogar até os 40. Penso em jogar todo meu contrato, e se o nível estiver bom, até mais - brincou. 

O jogador chegou com uma carga de responsabilidade grande. Precisará suprir a exigência da torcida por um ataque mais operante ainda este ano. Mesmo que esteja sem jogar desde maio e ainda fazendo trabalhos de condicionamento físico.

- A responsabilidade sempre existe em cima dos considerados grandes jogadores. É um novo desafio. Encarei desta maneira. A cobrança existe desde casa, a família é toda colorada. Não sou salvador da pátria, chego para ajudar da melhor maneira, com minhas características. Espero estar 100% o mais rápido para conseguir ajudar - destacou o atacante.
 
Do lancenet! 


...
 
 
 
eXTReMe Tracker