Página inicial
 
Mural de recados
28.06 | ojuara
CONCORDO NELHOR PAGAR SAFADAO DE QUE INVESTIR NESSE CLUBE SAFADO DE LADROES PORQ ...
28.06 | Paulo Junior
Parabéns pela atitude dos torcedores do Central em dividir o dinheiro com os fun ...
27.06 | Carlos
Eu acho que esse verdade nua e crua tem problemas mentais ele fica pensando,pens ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/09/2014
23h58 | esportes - COPA SUL-AMERICANA
Bahia empata com o Inter e garante classificação na Copa Sul-Americana
Clique e Confira.

 

O Bahia aproveitou a vantagem que havia construído em Porto Alegre e está classificado na Copa Sul-Americana. O Internacional saiu na frente na noite desta quinta-feira, mas o Tricolor empatou no final do segundo tempo e consolidou a sequência na Fonte Nova. Alex marcou para os colorados, enquanto Henrique fez o baiano. Agora, o time de Gilson Kleina enfrentará ou Universidade Sucre ou Cesar Vallejo (PER).

LOMBA TEM AZAR... DE NOVO!

 

 

Com a vantagem, o técnico escalou um meio-campo com características de marcação. Fahel, Léo Gago, Rafael Miranda e Diego Macedo se postaram para amarram o Colorado e sair em velocidade. A estratégia do comandante do Bahia deu mais certo que a do rival Abel Braga, que levou Rafael Moura e Wellington Paulista ao campo juntos. Só que a sorte, que já havia ajudado o Inter no jogo na Fonte Nova pelo Brasileiro, atuou novamente.

Sem criar chance clara, o Inter teve uma finalização no gol de Marcelo Lomba. De Gilberto, de muito longe. Wellington e Rafael Moura assustaram mais, mesmo que com arremates para fora da meta. O chute do volante e a cabeçada do centroavante rasparam a trave esquerda de Lomba na etapa inicial. O Bahia, por outro lado, criou quatro chances de gol, com tabelas e contra-ataques pelos lados. Mas Dida salvou em duas oportunidades - outras duas saíram pela linha de fundo.

O fator sorte passou a ser determinante nos instantes finais do primeiro tempo. Alex dominou na meia esquerda, aos 45 minutos, e arriscou. Há quase dois meses, Marcelo Lomba falhou e permitiu o gol de Wellington Silva no Brasileiro. Desta vez, não teve culpa. A bola, que não saiu tão forte, desviou em Diego Macedo e matou o arqueiro tricolor, que pulou mas não alcançou a bola. Após o reinício, o apito final do primeiro tempo.

INTER SE ATIRA E BAHIA APROVEITA

O relógio nem marcava cinco minutos ainda quando o Inter perdeu a primeira chance clara criada. Fabrício coloca na medida para Wellington Paulista, livre na marca do pênalti. O camisa 9 cabeceia mal, à direita do gol de Lomba. Só que depois disso, o jogo entrou em um limbo criativo. O Inter não fez tanta pressão, mesmo que precisasse. E o Bahia chegou apenas em cabeçada de Kieza na área. Estava mais preocupado em se resguardar para não dar espaços para o Inter. 
 

 

 

Abel, com os minutos escoando, passou a empilhar jogadores ofensivos. Tirou os dois volantes, Willians e Wellington, para colocar Leandro e Alan Patrick. Valdívia também entrou. Mas o Inter pouco chegou perto de assustar Lomba. O Bahia também especulava contra-ataques, mas sem fazer Dida sujar o uniforme. Foi quando, em jogada da intermediária, Léo Gago levantou na área. Henrique se enfiou entre os zagueiros e tirou de cabeça, aos 33 minutos. 

A partir daí, os gaúchos passaram a ser mais incisivos no jogo. Valdívia furou na frente do gol adversário. Mas o Colorado não conseguiu criar chances. E manteve a postura de uma espécie de desinteresse na competição, após a derrota em casa. E, sem marcadores, ficou exposto até o final. Dida ainda salvou de ampliar o placar antes do apito final. 

FICHA TÉCNICA

 

 

BAHIA 1 X 1 INTERNACIONAL

Local: Estádio Fonte Nova, em Salvador (BA)
Data-hora: 4/09/2014 - 22h
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (BR)
Auxiliares: Marcelo Van Gasse e Fabricio Vilarinho (BR)
Público-Renda: 4.374 (4.018 pagantes)- R$ 115.917,00
Cartões amarelos: Alex, Paulão, Fabrício (INT) Rhayner, Titi (BAH)

 

Gols: Alex - 45'/1°T (0-1), Henrique - 33'/2°T (1-1)

BAHIA: Marcelo Lomba; Roniery, Lucas Fonseca, Titi e Pará; Fahel, Léo Gago, Rafael Miranda e Diego Macedo (Rafinha - 32'/2°T); Rhayner (Guilherme Santos - 22'/2°T) e Kieza (Henrique - 26'/2°T) - Técnico: Gilson Kleina.

INTERNACIONAL: Dida; Gilberto, Paulão, Ernando e Fabrício; Willians (Alan Patrick - intervalo), Wellington (Leandro - 32'/2°T), Eduardo Sasha (Valdívia - 17'/2°T) e Alex; Wellington Paulista e Rafael Moura - Técnico: Abel Braga.





.
 
 
 
eXTReMe Tracker