Página inicial
 
Mural de recados
24.11 | Kaio
Tbm tem q trazer o Naldinho e Caça Rato e trazer um zagueiro experiente ...
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/08/2014
21h00 | esportes - SÉRIE A
Com gol no final, Cruzeiro vence Grêmio e se isola na liderança
Clique e Confira.

O Cruzeiro se isolou na liderança do Campeonato Brasileiro ao vencer o Grêmio por 1 a 0, no Mineirão, na noite desta quinta-feira. A vitória da Raposa foi construída por meio de um gol de Dagoberto, de cabeça, nos minutos finais do confronto. A Raposa, agora, abre cinco pontos de vantagem para o Internacional, que ocupa a segunda posição.

 

O Tricolor, por sua vez, cai para a décima colocação e estaciona nos 22 pontos, ficando ainda mais distante da zona de classificação para a Copa Libertadores da América.

 

O JOGO

Em seu retorno ao Gigante da Pampulha, Luiz Felipe Scolari escalou uma equipe bastante defensiva. Com três homens de contenção – Ramiro, Riveros e Felipe Bastos – o time gaúcho chegou ao ataque somente em lances de velocidade. Dudu foi o principal nome do setor ofensivo tricolor na etapa inicial.

Revelado pelas categorias de base do atual campeão brasileiro, o jovem apoiador criou duas oportunidades e exigiu boas intervenções de Fábio. Na primeira, ele fez fila na defesa e finalizou rasteiro. Posteriormente, ele se aproveitou de brecha na marcação na segunda bola e acertou perigosíssimo chute.

 

O Cruzeiro teve muitas dificuldades para se desvencilhar do ferrolho gremista e chegar à meta adversária. As raras oportunidades do mandante saíram em trocas rápidas de passes. Júlio Baptista, por pouco, não abriu o placar após boa triangulação de Egídio com os selecionáveis Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart.

Insatisfeito com a baixa produtividade dos homens de frente, Marcelo Oliveira pôs Alisson na vaga de Willian. A mudança não surtiu efeito, sobretudo por conta da alteração do treinador adversário, que colocou Edinho na vaga de Ramiro com o intuito de intensificar a marcação.

 

Devido ao bom posicionamento da retaguarda gremista, o Cruzeiro buscou finalizações de longa distância. Substituto de Lucas Silva, amarelado, Nilton quase enganou o goleiro Marcelo Grohe em tentativa da intermediária.

 

Completamente fechado, o Tricolor apostou em lances de contragolpe. Velocista, o atacante Fernandinho entrou na vaga de Ronan, centroavante de ofício. A mudança deu mais qualidade e velocidade à linha de frente do time de Porto Alegre.

 

Os contra-ataques armados pelo Grêmio incomodaram o Cruzeiro. Aos 30 minutos, Luan roubou bola de Nilton no meio de campo, driblou Henrique e finalizou colocado. O goleiro Fábio fez uma excelente defesa.

 

O jogo se aproximava de um empate sem gols. Dagoberto, no entanto, apareceu para assegurar o triunfo para o líder do Brasileirão. O atacante recebeu cruzamento de Dedé, que fez ótima jogada pelo lado direito do campo, e cabeceou para o fundo da meta de Marcelo Grohe.

 

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 1 X 0 GRÊMIO

 

 

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 20/8/2014 – às 20h30
Árbitro: Flávio Rodrigues Guerra (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Anderson José de Moraes Coelho (SP)
Público/renda: 32.294 pagantes (34.335 presentes) / R$ 1.413.807,00
Cartão amarelo: Lucas Silva, Henrique, Nilton, Dedé (CRU); Edinho, Dudu, Zé Roberto (GRE)

 

GOL: Dagoberto – 40’/2ºT (1-0)

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Léo, Dedé e Egídio; Henrique, Lucas Silva (Nilton – 11’/2ºT), Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart; Willian (Alisson – Intervalo) e Júlio Baptista (Dagoberto – 17’/2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Zé Roberto; Ramiro, Riveros (Edinho – Intervalo), Felipe Bastos (Alan Ruiz – 43’/2ºT) e Dudu; Luan e Ronan (Fernandinho – 18’/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.





.
 
 
 
eXTReMe Tracker