Página inicial
 
Mural de recados
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
17.10 | Antonio do Salgado
Sim entrou uma nova diretoria conversa bonita danada, reformaram a concentraçao ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
07/08/2014
17h26 | esportes - FUTEBOL
Especial Vaivém! Clubes brasileiros apostam na volta de ídolos em 2014
CLIQUE E CONFIRA.

O ídolo tem identificação com a torcida e o clube, capacidade de mobilizar torcedores e atrair patrocínios. Ter um ídolo no elenco é contar com um jogador de qualidade técnica acima da média e que pode decidir o jogo em um lance. Muitos clubes estão repatriando seus ídolos recentes. É uma tentativa de colher frutos em um futuro próximo e, ao mesmo tempo, satisfazer os anseios da torcida. O retorno de Robinho ao Santos só reforça que repatriar um jogador que fez sucesso em um passado não tão distante virou uma tendência.

O primeiro a ter seu retorno oficializado foi Conca, ainda em janeiro. Grande nome do Fluminense na conquista do Campeonato Brasileiro de 2010, ele voltou ao Tricolor após dois anos e meio na China, defendendo o Guangzhou Evergrande. E o camisa 11 vem, como era esperado, jogando o fino da bola novamente.


Vindo da Ponte Preta, Elias brilhou pelo Corinthians entre 2008 e 2010. Defendeu, na sequência, Atlético de Madrid, Sporting e Flamengo. Chegou a voltar para Portugal, mas seu destino "oficial" era o Timão.

Kaká deixou o São Paulo em 2003 ainda jovem e com o título do Rio-São Paulo de 2001 na bagagem. Ele brilhou pelo Milan, não rendeu o esperado no Real Madrid e, graças à parceria do Tricolor com o Orlando City, dos Estados Unidos, retornou com o desejo de ser campeão brasileiro pelo clube que o revelou.

Tal lista ainda poderá contar com Nilmar. Revelado pelo Internacional e com boa passagem no Corinthians, ele poderá se tornar ídolo de vez em um dos clubes.

OS ÍDOLOS QUE VOLTARAM PARA ESTA TEMPORADA

 

ROBINHO
O Rei das Pedaladas conquistou dois Campeonatos Brasileiros (2002 e 2004), um Paulista (2010) e uma Copa do Brasil (2010) em suas primeiras passagens pelo Santos. Ainda foi vice-campeão da Libertadores em 2003. São 213 jogos e 94 gols pelo Peixe.

 

 

CONCA
Conca liderou o Fluminense na conquista do Campeonato Brasileiro de 2010, atuando em todas as 38 partidas. Foi eleito o melhor jogador da competição. De quebra, amenizou a decepção pelo vice-campeonato da Libertadores de 2008.

 

 

ELIAS
Elias foi fundamental para a conquista da Série B de 2008 e, na temporada seguinte, para os títulos do Campeonato Paulista e da Copa do Brasil. Ele voltou com a missão de buscar novas conquistas para o Timão.

 

 

KAKÁ
Foram 125 partidas com 47 gols em sua primeira passagem como profissional pelo São Paulo, entre 2001 e 2003. Conquistou o Torneio Rio-São Paulo de 2001 e parou nas oitavas de final do Campeonato Brasileiro de 2002.

 

ÍDOLOS TAMBÉM FICAM NO BANCO DE RESERVAS!

 

FELIPÃO
Retornou ao clube que o projetou após 18 anos. Nas duas primeiras passagens, ganhou oito títulos: Copa do Brasil (1994), Libertadores (1995), Recopa (1996), Brasileirão (1996) e três Gaúchos (1987, 1995 e 1996). 

ABEL BRAGA
Em 2006, Abelão comandou o Internacional nas conquistas inéditas da Copa Libertadores e do Mundial. Voltou ao clube neste ano e ganhou seu segundo Campeonato Gaúcho (2008 e 2014). Tem a missão de levar o Colorado ao título do Brasileirão, conquista que não vem desde o Inter de Falcão & Cia. em 1979.

MANO MENEZES
Participou da reestruturação do clube, após a queda. Conquistou a Série B de 2008, a Copa do Brasil e o Paulista de 2009. Após as passagens sem sucesso por Seleção Brasileira e Flamengo, voltou em alta ao Timão.
 
DO LANCENET 

 

 





...
 
 
 
eXTReMe Tracker