Página inicial
 
Mural de recados
20.09 |
Náutico chega na cidade e tem apoio popular e da prefeitura, o problema é o Cent ...
20.09 | Ze ligado
É muito interessante mesmo, a prefeita recebe os dirigentes do náutico enquanto ...
20.09 | Centralino
Lembro-me de chegar a ver neste site de notícias, as primeiras informações sobre ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/06/2014
18h34 | esportes - SELEÇÃO BRASILEIRA
SHOW DE NEYMAR TRANSFORMA VAIA EM OLÉ, E BRASIL GOLEIA O PANAMÁ: 4 A 0
Clique e Confira.

"Como se fosse na Copa do Mundo". A nove dias do início do Mundial, o confronto entre Brasil e Panamá nesta terça-feira, no Serra Dourada, esteve longe de ser um "simples amistoso". Muito pelo contrário. Sem tirar o pé e com vontade de sobra, a Seleção Brasileira venceu por 4 a 0, com gols de Neymar, Daniel Alves, Hulk e Willian.

 

A trajetória rumo ao hexa começou com goleada e, principalmente, festa da torcida. Antes da estreia contra a Croácia, dia 12 de junho, na Arena Corinthians, em São Paulo, o Brasil tem mais um teste pela frente. A Seleção volta a entrar em campo na próxima sexta-feira, contra a Sérvia, no Morumbi.

 

Os primeiros minutos de partida contra o Panamá foram marcados por duras disputas de bola e até mesmo discussões. Dante, que substituiu o capitão Thiago Silva, David Luiz e Luiz Gustavo não deram moleza e chegaram duro nas divididas. Mas os panamenhos também não ficaram para trás. Eles devolveram na mesma moeda: com marcação pesada.

 

Com os atacantes bem marcados, coube a Oscar chamar a responsabilidade. Ainda que de forma discreta, o camisa 11 trabalhou a bola no meio e fez o jogo girar. Aos 26 minutos, quando a partida estava mais para o lado físico do que para o lado técnico, a estrela de Neymar brilhou. De falta, o camisa 10 acertou o ângulo do goleiro McFarlane e abriu o placar no Serra Dourada. Um golaço!

O gol brasileiro mudou o cenário do duelo. O Panamá se encolheu e o Brasil encontrou mais espaços para atacar, principalmente com Daniel Alves e Marcelo. E foi dos pés do defensor do Barcelona que a Seleção encontrou o segundo gol. Após passe de Oscar, o lateral-direito, livre de marcação, acertou um forte chute de fora da área.

 

As fortes divididas nos minutos iniciais e a vantagem no placar fizeram Felipão mudar o time no intervalo. A volta para a etapa final contou contra três alterações: Maicon, Maxwell e Hernanes nos lugares de Daniel Alves, Marcelo e Ramires, respectivamente.

 

Diferentemente do primeiro tempo, a técnica do Brasil falou mais alto no segundo. Antes mesmo do cronômetro marcar um minuto, Neymar, de calcanhar, encontrou Hulk livre na ponta esquerda. O camisa 7 não pensou duas vezes, acertou um belo chute de primeira e fez o terceiro da partida.

 

O gol logo no começo do segundo tempo tirou qualquer poder de reação do Panamá. Daí em diante, a Seleção pôde jogar com mais tranquilidade. Neymar, sem marcação, deitou e rolou. Até chapéu dentro da área ele tentou. Com a vitória garantida, Felipão mudou a equipe mais duas vezes: Jô e Willian entraram nos lugares de Fred e Oscar, respectivamente.

 

A entrada de Willian deu novo gás ao time. E o meia, que brilhou nos últimos treinos na Granja Comary, entrou com tudo. Aos 27 minutos, a recompensa. Após boa troca de passes entre Neymar e Maxwell, Willian fez o quarto gol da Seleção.

Goleada e estádio lotado. Para a festa ficar completa, só faltava o grito de "olé". E ele veio aos 33 minutos. Com a vibração positiva das arquibancadas, o Brasil aproveitou os últimos minutos da partida para trocar passes e tentar uma ou outra jogada de efeito. A nove dias para o começo da Copa do Mundo, vitória por 4 a 0 e boa atuação. Uma boa impressão, não?

 

 

FICHA TÉCNICA
BRASIL 4 X 0 PANAMÁ

 

 

Local: Serra Dourada, em Goiânia (GO)
Data/Horário: 3/6/2014, às 16h
Árbitro: Raul Orosco (FIFA/BOL)
Renda e público: R$ 2.548.030 / 30.663 pagantes
Cartões amarelos: David Luiz, Neymar (BRA); Tejada, Cooper, Gómez (PAN)
Cartão vermelho: Não houve

 

GOLS: Neymar, aos 26'1º T (1-0); Daniel Alves, aos 39'/1ºT (2-0); Hulk, a 1'/2ºT (3-0); Willian, aos 27'/2ºT (4-0)

BRASIL: Julio Cesar; Daniel Alves (Maicon - Intervalo), David Luiz (Henrique - 24'/2ºT), Dante e Marcelo (Maxwell - Intervalo); Luiz Gustavo, Ramires (Hernanes - Intervalo) e Oscar (Willian - 17'/2ºT); Hulk, Neymar e Fred (Jô - 15'/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

PANAMÁ: McFarlane (Calderón - 11'/2ºT); Carroll (Rodríguez - 21'/2ºT), Román Torres (Cunnings - 13'/2ºT), Baloy e Machado; Henríquez, Gómez, Quintero (Gabriel Torres - 11'/2ºT) e Cooper (Jiménez - 11'/2ºT); Muñoz e Tejada (Nurse - Intervalo). Técnico: Hernán Dario Gómez.





.
 
 
 
eXTReMe Tracker