Página inicial
 
Mural de recados
24.04 | Paulo
Parabéns ao povo de caruaru pelo reconhecimento do time do carcara que represent ...
24.04 | Beltrão
A vigilância tem que estar alerta, um certo clube da capital, adora oferecer cif ...
24.04 | Centralino
Lembrando a FPF que esse ano vai ser mais difícil roubar do Salgueiro, pois o se ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/04/2014
17h31 | esportes - FUTEBOL NACIONAL
Santos é surpreendido e Ituano vence a primeira decisão do Paulistão

O Penapolense surpreendeu o São Paulo nas quartas de final. O Ituano eliminou o Palmeiras na semi. E quem acreditou que o pequeno pararia de aprontar contra o grande na decisão do Campeonato Paulista de 2014 enganou-se. Neste domingo, em duelo no Pacaembu, o Santos foi derrotado na primeira partida da final e perdeu por 1 a 0 para o Ituano, que garantiu a vitória com gol de Cristian ainda no primeiro tempo. O Peixe desperdiçou um penâlti com Cícero.

 

No duelo de volta, a finalíssima, o Santos terá de vencer pela diferença mínima para levar a decisão para os pênaltis, ou por dois ou mais gols de vantagem para sagrar-se campeão. Já a equipe de Itu joga pelo empate para conquistar o estadual após 12 anos - em 2002, o Ituano venceu o Paulistão que não teve participação dos grandes, que disputaram o Torneio Rio-São Paulo na ocasião. O São Paulo foi o campeão do Supercampeonato Paulista em quadrangular posterior.


Neste domingo, o Ituano mostrou boa postura desde o início do jogo e não sentiu a pressão da decisão. Até a metade do primeiro tempo, o Santos só havia chegado duas vezes, sem perigo, com chutes de longe de Leandro Damião e Thiago Ribeiro. O Rubro-Negro fazia boa marcação, tocava bem a bola e chegava com perigo.

 

Aos 20 minutos, em bela trama, a equipe do interior abriu o placar. Esquerdinha recebeu da lateral direita e, com um toque de calcanhar genial, enganou os zagueiros rivais e deixou Cristian na cara de Aranha. O camisa 10 esperou a bola quicar e soltou a bomba para fazer 1 a 0.

 

O Peixe, embalado pelo grito de "Santos, o time da virada" das arquibancadas, foi para cima. Aos 33 minutos, David Braz recebeu cruzamento na área e desviou a bola. Josa encostou a mão e o árbitro Rodrigo Guarizo do Amaral marcou pênalti. Cícero, que poderia igualar Alan Kardec, Luis Fabiano e Léo Costa na artilharia do Paulistão, todos com 9 gols, cobrou por cima e decepcionou os santistas presentes no estádio.

 

Oswaldo de Oliveira não fez nenhuma alteração na volta do intervalo, e sua equipe pouco mudou de atitude. A primeira chance clara criada foi justamente do Ituano, que poderia ter ampliado o placar. A zaga santista fez linha burra e Rafael Silva saiu na cara de Aranha. O atacante tinha Esquerdinha ao seu lado, praticamente sem goleiro, mas olhou para o chão e chutou para o gol. O camisa 1 do Peixe defendeu e o companheiro do centroavante ficou desesperado.

A melhor oportunidade do Santos foi um cruzamento de Thiago Ribeiro na cabeça de Leandro Damião. O camisa 9 testou firme, mas o goleiro Vagner espalmou para escanteio. 

 

Desta vez, a estrela de Oswaldo e dos reservas do Peixe não brilharam. Rildo e Stéfano Yuri, que entraram e foram decisivos na semifinal contra o Penapolense, ganharam chance no segundo tempo, mas nada puderam fazer para a derrota ser evitada.

 

O Santos, time de melhor campanha da primeira fase, com o maior número de vitórias, maior saldo de gols e de goleadas incontáveis na competição, agora vai precisar vencer no duelo de volta. Caso contrário, nada terá sido suficiente.

 

FICHA TÉCNICA
ITUANO 1 X 0 SANTOS

Local: Pacaembu, (SP)
Data/Hora: 06 de abril de 2014, às 16h
Árbitro: Rodrigo Guarizo do Amaral
Assistentes: Anderson Jose de Moraes e Tatiane Sacilotti
Público/renda: 29.203/ R$ 1.459.355,00
Cartões amarelos: Dick, Neto, Jackson Caucaia (Ituano)
GOL: Cristian (20'/1ºT)

ITUANO: Vagner, Dick, Alemão, Anderson Salles, Dener, Josa, Paulinho (Marcelinho, aos 30'/2ºT), Jackson Caucaia, Esqueridnha, Cristian (Claudinho, aos 21'/2ºT) e Rafael Silva (Gercimar, aos 38'/2ºT). Técnico: Doriva.

SANTOS: Aranha, Bruno Peres, Neto, David Braz, Emerson, Arouca, Cícero, Gabriel (Rildo, aos 13'/2ºT), Geuvânio (Stéfano Yuri, aos 39'/2ºT), Thiago Ribeiro (Alan Santos, aos 23' /2ºT) e Leandro Damião. Técnico: Oswaldo de Oliveira.






.
 
 
 
eXTReMe Tracker