Página inicial
 
Mural de recados
27.05 | Aldery
Ao que parece o gramado melhorou muito, e com a chuva deste sábado 27/5 - vai me ...
27.05 | DANIEL Barros
Central, uma propriedade futebolista histórica de Caruaru. Entre os torcedore ...
27.05 | Patativa
Lugar de centralino é no lacerdao neste domingo vamos mostrar nossa força e espe ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/11/2013
14h04 | esportes - FUTEBOL NACIONAL
Com disposição, São Paulo troca gritos de 'raça' por 'time de guerreiros'
Clique e Confira.

Os pedidos de raça, tão tradicionais neste ano, não fazem mais parte do repertório da torcida são-paulina. Por outro lado, o grito de “time de guerreiros” passou a ser uma das trilhas sonoras em jogos no Morumbi. A voz das arquibancadas exemplifica a reação do Tricolor nas últimas partidas.

 

Se antes o São Paulo era um time sem reação em campo, agora mostra forças para conseguir os resultados nos momentos finais das partidas. A equipe ficou mais de seis meses sem conseguir virar um jogo, até o dramático triunfo por 4 a 3 contra a Universidad Católica, no Chile. No Brasileirão, vontade também não tem faltado e os jogadores deixam o desgaste físico de lado.


Contra o Bahia, vitória com dois a menos. Diante do Inter, a equipe buscou o resultado por três vezes. No último sábado, Aloísio garantiu a vitória aos 32 do segundo tempo.

– O que a gente fez no intervalo foi conversar com os jogadores para manter a mesma organização, mas a gente tinha que forçar o jogo e apertar a Portuguesa. E apertamos o tempo todo no segundo tempo. Os jogadores tiraram força não sei de onde, porque está difícil – declarou Muricy Ramalho sobre a reação do time na segunda etapa.

 

A questão física foi apontada como uma das grandes vilãs nesta temporada. O time voltou da excursão por Europa e Japão esgotado. Sem tempo para treinar, os jogadores praticamente passam as semanas se recuperando dos jogos.

Nesta segunda, outra longa viagem, dessa vez para a Colômbia e a quilometragem do time só vai aumentar.

 

– A gente joga no meio de semana fora, depois vai para Curitiba, Itu e não para. Viagem não é o problema, é tudo o que envolve, a demora. Isso faz diferença pra um atleta profissional – disse Ceni.

 

O São Paulo se apega ao canto dos guerreiros para compensar o desgaste. Mas vai perguntar para Aloísio se ele está cansado...

 

– Eu não. Acho que, se tivesse outro jogo agora, eu correria mais ainda – declarou no sábado.

As superações do time

 

São Paulo 3x2 Vitória
Com a corda no pescoço, o time teve forças para correr atrás da vitória duas vezes e venceu graças a gol no fim.

 

 

Bahia 0x1 São Paulo
Equipe marcou no início com Aloísio e depois se superou com dois jogadores a menos. Vitória heroica em Salvador.

 

 

U. Católica 3x4 São Paulo
Conquistou a vaga na Sul-Americana com poder de reação ao virar e graças aos milagres de Ceni em Santiago.

 

 

A. Nacional 2x3 São Paulo
Superou erros defensivos e de novo nos minutos finais conseguiu o triunfo e a vantagem para o jogo de Medellín.

 

 

São Paulo 2x1 Portuguesa
Com segundo tempo em cima do adversário, conquistou outra vitória na última parte do jogo.
 
Do Lancenet 

 





.
 
 
 
eXTReMe Tracker