Página inicial
 
Mural de recados
22.11 | CLEO
VERDADE MARCONDES ESSA É A HORA DA MASSA ALVINEGRA AJUDAR O CENTRALZÃO. ...
22.11 | MARCONDES
TODOS UNIDOS PELO CENTRAL, IMPRENSA, DIRETORIA E TORCIDA SÓ ASSIM O CENTRAL VAI ...
22.11 | paulo
ESSE BABACA DA PATATIVA DEVE SER TORCEDOR DO SPORTE RECIFE ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
14/10/2013
18h48 | esportes - FUTEBOL NACIONAL
Afastado desde julho, Lúcio pede rescisão de contrato ao São Paulo
Clique e Confira.

Do UOL Esporte 

Os empresários do zagueiro Lúcio, de 35 anos, pediram ao São Paulo a rescisão do contrato do zagueiro, afastado há cerca de três meses do elenco principal pelo ex-treinador Paulo Autuori. O jogador agora espera reunião com a diretoria para deixar o clube. Os dirigentes, no entanto, ainda não deram resposta sobre o assunto.

"Houve uma conversa. Essa questão está mais com o Gustavo [Vieira de Oliveira, gerente de futebol]. Ainda não temos uma decisão e devemos conversar internamente sobre isso nos próximos dias", afirma o vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes.

A expectativa de Lúcio é que o assunto seja decidido nos próximos dias. O São Paulo não o procurou anteriormente para rescindir contrato por conta da multa que teria de pagar em caso de demissão, sem acordo amigável. O jogador recebe R$ 480 mil mensais no acordo com o clube, válido até o fim de 2014. A diretoria do clube afirma que o acordo prevê que o clube tenha de pagar apenas metade dos vencimentos acumulados proporcionais em caso de rescisão, mas mesmo assim vê o valor como excessivo.

Com a procura de Lúcio para rescindir, o São Paulo espera proposta por acordo de rescisão amigável, com valor inferior ao que teria de pagar em caso de demissão. O estafe do atleta não se pronuncia sobre o caso. A diretoria ainda não respondeu o pedido pela reunião porque antes discutirá internamente o que poderá pagar na rescisão.

O afastamento de Lúcio foi uma solicitação do ex-técnico do time, Paulo Autuori, no fim de julho. O treinador reprovou algumas atitudes do atleta no dia a dia no CT da Barra Funda e viu como negativa a influência que ele exercia sobre jogadores mais jovens. A diretoria, então, acatou o pedido de Autuori e desde a ocasião Lúcio treina separado do elenco. O zagueiro treina pela manhã quando o resto do grupo treina durante à tarde, e vice-versa.

Ao afastar Lúcio, o presidente Juvenal Juvêncio afirmou que pretendia negociá-lo para fazer caixa. Apesar de ter sido contratado sem custos após deixar a Juventus (ITA), o defensor tem alto salários e luvas de assinatura igualmente significativas.

No entanto, não foi possível ganhar dinheiro com Lúcio. O jogador não tem interesse de deixar a capital paulista, recebeu propostas de fora, mas preferiu o isolamento no São Paulo ao retorno à Europa. A esperança era a queda de Autuori, que o afastou. Porém, nem a chegada de Muricy Ramalho o salvou. Ao ser contratado, o técnico foi informado pela diretoria que não poderia reintegrar Lúcio.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker