Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
08/07/2013
14h19 | esportes - Futebol
Zagueiro brasileiro naturalizado guiné-equatoriano morre com suspeita de malária em Sorocaba

Do Lancenet 

Naturalizado guiné-equatoriano, o zagueiro Claudiney Ramos, mais conhecido como Claudiney Rincón, morreu na manhã desta segunda-feira com suspeita de malária. O jogador, que defendeu o Avenida (RS) na Divisão de Acesso do Campeonato Gaúcho deste ano, estava internado no Conjunto Hospitalar de Sorocaba, no interior de São Paulo.

O velório do jogador vai acontecer nesta segunda-feira à tarde, em Sorocaba, onde ele tinha residência com a eposa. O enterro está marcado para a manhã de terça-feira.

A suspeita é de que de Rincón, que também jogava como volante, tenha contraído a doença quando defendia a seleção de Guiné Equatorial. Ele atuou pela equipe africana em dois jogos no mês de junho pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014 (derrota por 2 a 1 para Cabo Verde e empate por 1 a 1 com a Tunísia).

Em entrevista ao LANCE!Net, Lúcio Collet, gerente de futebol do Avenida (RS), lamentou a morte do atleta, cujo vínculo com o clube havia se encerrado na última quarta-feira.

- O Rincón voltou para o Brasil no último dia 20, estava tudo normal. Parece que o vírus da malária pode se manifestar depois de 15 dias. Na última quarta-feira ele saiu daqui normal, foi de carro para Sorocaba. Ele chegou lá na quinta-feira e começou a ter problemas na sexta-feira, dor de cabeça, dores no corpo. Sentimos muito pela morte dele, estamos de luto - declarou Lúcio.

Além do Avenida (RS), Rincón, que nasceu em Porecatu (PR) e tinha 33 anos, atuou por outras pequenas equipes do futebol brasileiro, entre elas, Santo André, Paulista, Guarani e ASA (AL).

COMPANHEIRO DE RINCÓN INTERNADO COM MALÁRIA

Além de Claudiney Rincón, outro jogador brasileiro naturalizado guiné-equatoriano contraiu malária no último mês. Trata-se do goleiro Danilo, que defende o Alecrim (RN). O jogador está internado em estado grave desde a semana passada na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal.

Procurado pela reportagem do LANCE!Net, o hospital repassou o último boletim médico (divulgado no domingo) explicando a situação clínica do atleta, que tem 31 anos.

"Apesar de apresentar um quadro grave, o atleta Danilo segue estável com os primeiros sinais de uma resposta favorável ao tratamento. Iniciou o processo de diálise, que é uma purificação do sangue, pois seus rins ainda não funcionam adequadamente. Entretanto, já se nota alguma recuperação destes órgãos. Um novo exame será feito na segunda-feira (8) para se avaliar a resposta do atleta aos medicamentos. A equipe médica do Hospital Giselda Trigueiro, em particular a Dra. Elizabete, encontra-se dando um apoio intensivo ao Danilo, conduzindo-o em sua recuperação deste quadro raro de malária".


.
 
 
 
eXTReMe Tracker