Página inicial
 
Mural de recados
24.04 | Paulo
Parabéns ao povo de caruaru pelo reconhecimento do time do carcara que represent ...
24.04 | Beltrão
A vigilância tem que estar alerta, um certo clube da capital, adora oferecer cif ...
24.04 | Centralino
Lembrando a FPF que esse ano vai ser mais difícil roubar do Salgueiro, pois o se ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
22/06/2013
18h27 | esportes - Confederações
Chicharito usa a cabeça e México vence o Japão no jogo dos eliminados

Do Lancenet 

No duelo dos já eliminados pelo Grupo A da Copa das Confederações, o México derrotou o Japão por 2 a 1, neste sábado, no Mineirão, em Belo Horizonte. Graças a Chicharito Hernández, autor dos dois gols, os mexicanos voltam para a casa com um prêmio de consolação. Okazaki descontou para os japoneses, que caíram com honra, lutando até o apito final.

Empolgados com a partida vibrante que o Japão havia feito na derrota por 4 a 3 para a Itália, o Mineirão era majoritariamente a favor dos asiáticos. A seleção comandada por Alberto Zaccheroni até começou melhor a partida. Até teve um gol, marcado por Okazaki, mal anulado pelo árbitro alemão Félix Brych, mas foi só. Durante os 90 minutos o goleiro mexicano Ochoa não foi incomodado.

Ao mesmo tempo que o gás do Japão ia diminuindo, o México crescia na partida. Muito mais na base da vontade, pois a equipe não conseguia concretizar uma jogada de ataque. Exceção feita ao cabeceio na trave de Guardado.



Chicharito usou a cabeça para vencer o Japão (Foto: Eduardo Viana/LANCE!Press)}

No segundo tempo o México voltou mais organizado. Encontrou dois gols, ambos de cabeça, do seu melhor jogador: Hernández. Pronto, o Japão estava morto. Se tornou um time desmotivado em campo, só observando o toque de bola. Isso até o gol de Okazaki, aos 40 minutos, aproveitando passe de Endo.

O gol deu novas esperanças aos japoneses para buscarem pelo menos o empate. A torcida mineira empurrou. A esperança aumentou ainda mais quando Chicharito desperdiçou um pênalti nos acréscimos. Kawashima defendeu e no rebote o jogador do Manchester United mandou uma bomba no travessão.

O Japão se lançou de forma kamikaze ao ataque, mas não deu. As duas seleções voltam para casa com a alma lavada. O México por ter vencido um jogo e os japoneses por terem lutado até o fim.

FICHA TÉCNICA:
JAPÃO 1 X 2 MÉXICO

Estádio: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data/hora: 22/06/2013 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Auxiliares: Mark Borsch (ALE) e Stefan Lupp (ALE)
Público: 52.690 torcedores
Cartões amarelos: Sakai (JAP)
Cartões vermelhos: nenhum

GOLS: Hernández 8'/2ºT (0-1), Hernández 21'/2ºT (0-2), Okazaki 40'/2ºT (1-2)

JAPÃO: Kawashima, Konno, Kurihara, Sakai (Uchida 13'/2ºT) e Nagatomo (Nakamura 32'/2ºT); Endo, Hosogai, Honda e Kagawa; Okazaki e Maeda (Yoshida 19'/2ºT). Técnico: Alberto Zaccheroni.

MÉXICO: Ochoa, Mier, Moreno, Torres e Reyes; Torrado, Zavala, Guardado (Salcido 25'/2ºT) e Giovani dos Santos (Barrera 32'/2ºT); Hernández e Jiménez (Aquino 45'/2ºT). Técnico: Juan Manuel de la Torre.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker