Página inicial
 
Mural de recados
25.05 | Centralino Histórico
Warley, cadê os nossos valores revelados no PE 2017: Tomás e Paulinho Curuá???? ...
24.05 | Antonio
Araújo pedindo 400,000 R$ pro Central !!! Isso é um absurdo, o cara jurou amor a ...
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
17/06/2013
19h52 | esportes - Futebol
Mineirão faz festa para o Taiti, que faz gol, mas é goleado pela Nigéria

Muita festa para o Taiti em sua primeira partida pela Copa das Confederações que vinha da torcida, choro dos jogadores do execução do Hino, gritos de "olé" que vinham da arquibcanda do Mineirão nesta segunda-feira. Mas em campo... A seleção da Oceania foi goleada por 6 a 1 pela Nigéria. Pelo menos saiu um golzinho para garantir uma comemoração emocionante. Afinal, foi a primeira vez que o Taiti marcou fora do continente.

Na próxima rodada, o Taiti enfrenta a Espanha no Maracanã, e a Nigéria pega o Uruguai em Salvador, em jogo decisivo para o Grupo B. Caso africanos e europeus vençam, a chave estará definida, e as duas seleções se enfrentariam apenas para definir quem fica na primeira posição.

E poderia ter sido mais, caso a campeã africana apertasse um pouco. Mas claramente a Nigéria se poupava, afinal, a delegação chegouno Brasil para a disputa do torneio menos de dois dias antes da partida em Belo Horizonte. Jogadores fizeram um princípio de greve em relação à premiações e ameaçaram não viajar ao Brasil.

Mas mesmo com o cansaço, a superioridade durante o jogo ficou visível, e o primeiro gol não tardou a aparecer. E veio em um lance fortuito. Erro inocente, o que mais aconteceu durante o jogo, na saída de bola, que sobrou para Echiéjilé. Ele arriscou de longe, e ainda houve um desvio para enganar o goleiro Samin antes de entrar.

Torcida do Taiti compareceu ao Mineirão (Foto: Michel Castellar)

Ainda antes dos 10', o segundo. Oduamadi ficou com a bola dentro da área após passe de Musa, fez o que bem entendeu, e chutou na saída do goleiro.

A torcida do Mineirão não estava nem aí e fazia mais festa para os taitianos. Muitos gritos pelo nome do país e até "ola". O time, dentro de sua limitação técnica, foi para o ataque. E por pouco não saiu o gol, ainda na primeira etapa. Mas foi a Nigéria que fez logo o terceiro. E com uma contribuição grande do goleiro Samin. Musa cruzou da esquerda, ele foi na bola, mas soltou nos pés de Oduamadi, que conferiu para tornar-se no artilheiro do torneio.

No segundo tempo, a Nigéria continuou com o mesmo preciosismo que apresentou na primeira etala nas finalizações, e acabou sendo penalizada, e viu o Taiti fazer a alegria da torcida ao marcar seu primeiro gol logo quando estreava em alguma competição importante.

E o gol histórico não poderia vir de outro jogador senão de algum Tehau. A família é representada na seleção por quatro membros: três irmãos e um primo. E foi Jonathan que aproveitou-se de um cruzamento na área para cabecear com estilo. Na mesma hora, comemoração efusiva com os companheiros, com direito a uma remada, fazendo referência à canoa típica do país.

Mas se J. Tehau marcou época ao marcar o gol, pouco depois fez um contra. Bola veio da esquerda após passe de Oduamadi e ele desviou para dentro da baliza de Samin. Já partindo para o fim do jogo, Oduamadi fez mais um, para completar o seu hat-trick. Echiéjilé fechou o placar.

FICHA TÉCNICA
TAITI 1X6 NIGÉRIA

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data-hora: 17/06/2013, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Joel Aguilar (ELS)
Auxiliares: William Torres (ELS) e Juan Zumba (ELS)
Público: 20.187 presentes

Gols: Echiéjilé (4'/1ºT), Oduamadi (9'/1ºT), Oduamadi (30'/1ºT), J. Tehau (9'/2ºT), J. Tehau (contra, 23'/2ºT), Oduamadi (30'/2ºT), Echiéjilé (35'/2ºT)

Cartões amarelos: Omeruo (NGR)
Cartões vermelhos: não houve

TAITI: Samin, Simon (Lemaire, 33'/2ºT), Vallar (Faatiarau, 7'/2ºT) , Ludivion e Vahirua (Atani, 24'/2ºT); J. Tehau, Bourebare, Caroine e A. Tehau; Chong Hue e Aitamai. Técnico: Eddy Etaeta

NIGÉRIA: Enyeama, Oboabona, Ambrose, Omeruo (Egwuekwe, 29'/2ºT) e Echiéjilé; Mikel, Ogude, Oduamadi, Mba (Ogu, 12'/2ºT) e Musa; Ujah (Ideye, 6'/2ºT). Técnico: Stephen Keshi


.
 
 
 
eXTReMe Tracker