Página inicial
 
Mural de recados
18.09 | MARCONDES
O PORTO MOSTROU Q TRABALHO E ORGANIZAÇÃO DÃO BONS FRUTOS, ESPERO Q O CENTRAL SE ...
18.09 | MARCOS LEITE
PARABENS O PORTO FEZ BARBA E CABELO COMO SE DIZ NA GIRIA DO FUTEBOL, GANHOU SÁBA ...
18.09 | VICTOR HUGO
VOA ALTO GAVIÃO, NO SUB-20 PORTO 5X0 BELO JARDIM E NA SÉRIE A2 SETE 0X2 PORTO, V ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
11/06/2013
22h30 | esportes - SELEÇÃO BRASILEIRA
Títulos e prêmios: Seleção domina Copa das Confederações

Do globoesporte.com 

Não há exagero nenhum em dizer que seleção brasileira pode ser sinônimo de Copa das Confederações. A competição, evidentemente, não tem o mesmo glamour da Copa do Mundo, mas o retrospecto do Brasil nela é excelente. Além dos três títulos (1997, 2005 e 2009), outros números coroam a história da Seleção no torneio.

- Para o torcedor, criticando ou gostando, nós somos a Seleção. Independentemente do estado onde jogarmos, temos de incentivar quem estiver buscando o quarto título brasileiro na competição. O Brasil já ganhou três vezes. É recordista também na Copa das Confederações – disse recentemente Felipão.

Sem participar das duas primeiras edições, em 1992 e 1995, o Brasil estreou na Copa das Confederações em 1997, quando conquistou seu primeiro título. Nessa mesma edição, Romário foi o artilheiro, com sete gols, e Denílson ganhou o prêmio de melhor jogador da competição naquele ano.

Na edição seguinte, em 1999, o Brasil chegou até a decisão, mas perdeu do México. Por outro lado, com seis gols, Ronaldinho Gaúcho foi o artilheiro e também levou a Bola de Ouro do torneio. Só que as duas Copas das Confederações que vieram depois não foram boas para a seleção brasileira.

Ronaldinho Gaúcho na seleção brasileira (Foto: AFP)Ronaldinho Gaúcho foi o artilheiro da Copa das
Confederações em 1999 (Foto: AFP)

Em 2001, na Coreia do Sul e no Japão, o Brasil terminou na quarta colocação. E em 2003, na França, a Seleção sequer passou da primeira fase do torneio.

História bem diferente da escrita nas últimas duas edições. Campeão em 2005, na Alemanha, e em 2009, na África do Sul, a seleção brasileira teve também, nessas duas oportunidades, o artilheiro e o melhor jogador da competição. Na primeira, Adriano, com cinco gols, foi o goleador e levou a Bola de Ouro.

Na última edição, na África do Sul, Luís Fabiano é quem foi o artilheiro, com cinco gols. E Kaká, ainda em alta na época, levou o prêmio de melhor jogador do torneio.

Neste ano, a Copa das Confederações será no Brasil, de 15 a 30 de junho. A estreia da seleção brasileira está marcada para o dia 15, contra o Japão, em Brasília. Pelo Grupo A, o time verde e amarelo ainda encara o México, dia 19, em Fortaleza, e a Itália, no dia 22, na Arena Fonte Nova, em Salvador.

Essa edição já é considerada uma das mais especiais, por conta do número de campeões do mundo presentes. São eles Brasil, com cinco títulos, Itália, com quatro, Uruguai, com dois, e Espanha, com um.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker