Página inicial
 
Mural de recados
12.12 | Pierre Santos
Marcos Leite, é bom pela renda no momento, agora quando lota é de 90% de caruaru ...
12.12 | CLEO
Vdd Marcos Leite se o Centralzão começar com o pé direito a torcida vai comparec ...
12.12 | CLEO
VAMOS PRA FESTA GALERA NESSA TERÇA LANÇAMENTO DA NOVA MARCA E AS MUSAS DO CENTRA ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
25/05/2013
20h34 | esportes - Futebol
AGORA É OFICIAL: Neymar vai para o Barcelona
Clique e Confira.

Do globoesporte.com 

Acabou o mistério: o destino de Neymar é mesmo o Barcelona, e a fonte é o pai do atacante. Em entrevista durante o voo para Brasília, local do jogo entre Santos e Flamengo, neste domingo, pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro, Neymar Silva Santos procurou se esquivar, mas deu diversos indícios de que seu filho optou pelo Barça. Falou até dos jogos festivos que o time catalão fará com o Santos, como forma de pagamento ao clube paulista pela transferência. Mas ressaltou que caberá ao filho fazer o anúncio oficial, logo após o jogo contra o Fla, no remodelado Estádio Nacional Mané Garrincha.

- Neymar está decidido. Ele ouviu o coração. Até já está contando para os amigos. Ele escolheu o time que combina mais com o estilo dele. Não vou falar agora (que é o Barcelona), porque ele quer anunciar para a torcida do Santos. É para eles que o Neymar deve satisfação. E o anúncio deve ser amanhã (domingo), sim - disse o pai de Neymar.

- Chegou o mometo que ele achou que tem de ir (para o futebol europeu). E tenho certeza que ele fará um bom jogo contra o Flamengo - emendou.

Carrossel_NEYMAR-Barcelona (Foto: Infoesporte)Neymar escolheu o Barcelona, indica pai do atacante

Ainda de acordo com Neymar Silva Santos, havia seis propostas pelo atacante, "mas ele só quis saber de Real Madrid e Barcelona". Ele não confirmou a informação de que o Chelsea teria feito uma proposta ainda maior. O pai do jogador, aliás, não abriu nenhum número da negociação.

- A ficha não caiu ainda. A gente realmente não estava preparado, sempre se prepara para tudo... mas, quando acontece, a ficha não cai.... - disse o pai de Neymar.

A decisão veio após um "clássico espanhol" - o Real Madrid também estava forte no páreo, e, na sexta-feira, o Santos chegou a anunciar que havia aceitado duas propostas (sem revelar de quem), deixando nas mãos de Neymar a escolha. E ele preferiu o Barça.

Os números ainda não confirmados da transferência seriam de aproximadamente 35 milhões de euros (R$ 92,9 milhões). Esse montante seria dividido entre Santos, dono de 55% e que ganharia cerca de 19 milhões de euros (R$ 50,4 milhões), além da DIS, que tem 40%, e a Terceira Estrela Investimentos S/A, que tem os 5% restantes.

Neymar receberia aproximadamente 7 milhões de euros anuais de salários (R$ 18,5 milhões) e poderá manter seus ganhos com publicidade, alavancados por 11 patrocinadores e acordos comerciais, fora o montante de luvas.

O Barcelona também acertou com o Santos a preferência pela compra de alguns jogadores da base alvinegra, a serem escolhidos pelos catalães. O acordo separado da negociação foi feito para que a DIS não recebesse por essa fatia. A informação é do Lancenet e foi confirmada pelo GLOBOESPORTE.COM.

Pai de Neymar (Foto: Fernando Prandi)Pai de Neymar, no aeroporto de Brasília
(Foto: Fernando Prandi)

Antes adepto à ideia de ficar no clube até o fim de seu contrato, Neymar aceitou a saída antecipada para recompensar o Santos, que tinha nesta janela a última oportunidade de lucrar com o astro antes de perdê-lo de graça, o que ocorreria em julho do ano que vem. O nível do time do Santos na atual temporada também pesou na sua decisão. A pessoas próximas, o craque dizia atuar com a pior equipe do Peixe desde que explodiu para o futebol, em 2010.

Além dos seis títulos conquistados (um tricampeonato paulista, uma Copa do Brasil, uma Libertadores e uma Recopa), e do dinheiro pela venda, Neymar deixa ao Santos um legado principalmente na torcida. De 2009, ano da sua estreia como profissional, até o fim de 2012, o clube saltou de 20 mil para 60 mil sócios. Atualmente, o número beira os 70 mil. Uma pesquisa do Instituto Stochos aponta o Peixe como o clube de maior percentual de crescimento de torcida de 2009 a 2012: 37,4%, superando Vasco (19%) e Flamengo (14,3%). Justamente o período da "era Neymar".

O evidente crescimento teve reflexo imediato no aumento das receitas do Santos. O 'boom' Neymar fez o clube ganhar 219% mais com a TV (de R$ 28 milhões para R$ 89,3 mi) e 182% nos patrocínios (R$ 17,9 milhões para R$ 50 mi). A consequência foi a valorização da marca: de R$ 135,1 milhões, em 2009, para R$ 377,4 mi nesta temporada.

Números e feitos do craque que virou imagem quase obrigatória ao lado do Santos, mas que pela primeira vez na vida vestirá uma camisa diferente. A partir de julho, após a Copa das Confederações, usará o azul-grená do Barça ao lado do ídolo Messi, do amigo Daniel Alves, e de craques como Xavi e Iniesta.

A reunião da última sexta-feira, que definiu a venda, começou com uma conversa entre Odílio Rodrigues, vice-presidente do Santos, e o pai de Neymar, que deixou o local e disse que não iria se opor caso a diretoria do Peixe decidisse negociar seu filho. Pouco depois das 17h, o dirigente recebeu Raul Sanllehí, diretor do Barça, André Cury, represenante do clube europeu no Brasil, e Marcos Malaquias, agente que já negociou outros dois atletas com os catalães: Henrique, hoje zagueiro do Palmeiras, e Keirrison, atacante do Coritiba. A multa rescisória estava estipulada em R$ 170,4 milhões, mas o Santos corria o risco de perder seu maior talento sem receber nada. A partir de janeiro de 2014, ele poderia assinar pré-contrato com qualquer clube.

Neymar vai jogar contra o Flamengo, neste domingo, em Brasília, na primeira rodada do Campeonato Brasileiro. Na sequência, ele se apresentará à seleção brasileira para a disputa da Copa das Confederações. Se não marcar contra o Fla, seu último gol pelo Santos terá sido o do dia 17 de abril, na vitória por 2 a 0 sobre o Flamengo-PI. Desde então, passou sete partidas em branco.

O namoro entre Neymar e Barcelona é antigo. Nem mesmo a renovação de contrato do atacante com o Santos, em 2010, e o anúncio de que ele permaneceria na Vila Belmiro até a Copa do Mundo, esfriaram o assédio dos catalães. Durante a Copa América, por exemplo, o lateral-direito Daniel Alves aproveitou a concentração na Argentina para seduzir o amigo com as maravilhas de Barcelona. O time e a cidade.

Parecia questão de tempo para Neymar assinar com o Barça, mas, paralelamente, o arquirrival Real Madrid jamais descartou sua contratação. A relação era mais antiga ainda. Em 2005, aos 13 anos de idade, a promessa brasileira fez estágio no clube, e só não ficou porque o ex-presidente Marcelo Teixeira propôs um novo contrato, já bem vantajoso financeiramente para um adolescente. O Real voltou a procurar os empresários de Neymar dois anos depois, mas novamente não teve sucesso na negociação.

Desta vez, havia um representante merengue no Brasil para acompanhar de perto as conversas com o Barcelona, mas o Real foi coadjuvante.

- Eu não sei se o time deles é imbatível, mas hoje é a melhor equipe do mundo. Aprendemos a jogar futebol. Eles possuem jogadores fantásticos. O que vivemos aqui vai servir de lição para levar de volta ao Brasil. O Barcelona ensinou como se joga futebol - admitiu o santista.

O tempo passou, e os títulos diminuíram. Em 2012, o Peixe conquistou apenas o Campeonato Paulista (o primeiro tricampeonato desde o Santos de Pelé) e a Recopa, e não conseguiu vaga na Taça Libertadores de 2013. Este ano, foi derrotado pelo Corinthians na final do estadual, e não tem empolgado seus torcedores.

A falta de vitórias e de companheiros como Paulo Henrique Ganso, vendido ao São Paulo no ano passado, parece ter deixado Neymar menos consciente. Contestado na seleção brasileira, principalmente contra adversários de alto nível, o jogador viu crescerem os apelos para que atuasse na Europa "para evoluir".

Entre os que pediam sua transferência estavam Ronaldo, Cafu e Mano Menezes, ex-técnico da Seleção. A voz mais forte a defender sua permanência na Vila Belmiro era a de Pelé. Neymar sempre respondeu que cumpriria seu contrato, e chegou a reclamar dos jornalistas que insistiam no assunto.

O primeiro encontro entre o craque e o Barcelona ocorreu no Japão, em dezembro de 2011. Campeão da Libertadores, o Santos encarou o superpoderoso adversário em seu melhor momento, treinado por Pep Guardiola, e com Messi, Xavi, Iniesta e companhia em excelentes fases. A vitória por 4 a 0 retratou perfeitamente a partida, e ajudou a encantar Neymar.

- Isso é muito chato.

Durante o último Paulistão, a discussão chegou aos cofres do Santos, que não receberia nada se Neymar cumprisse o contrato até o fim, e depois deixasse o clube. Com uma resistência do jogador, e de seu estafe, em renovarem o contrato, a diretoria passou a cogitar a negociação. Foi então que o Barcelona se agigantou. Na última quarta-feira, o time brasileiro recusou R$ 52,5 milhões. Na sequência, por ordem do presidente Sandro Rossell, Sanllehí, diretor enviado para fechar o negócio, ficou no Brasil e fez uma oferta maior. Irrecusável. Negócio fechado.

linha do tempo Neymar - 2 (Foto: arte esporte)

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker