Página inicial
 
Mural de recados
18.10 | MARCOS LEITE
É VERDADE PAULO RICARDO, DIRETORIA VAI ARRUMAR A KSA, ISSO NÃO PODE SER FEITO DA ...
18.10 | Paulo R
! Antônio, amigo a nova diretoria só faz 15 dias que assumiu o club e vc pergunt ...
17.10 | Antonio do Salgado
Sim entrou uma nova diretoria conversa bonita danada, reformaram a concentraçao ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/04/2013
18h48 | esportes - AMISTOSO
AMISTOSO ---> Bolívia 0x4 Brasil - Com bom primeiro tempo, Brasil homenageia Kevin com goleada

O dia era de homenagem ao garoto Kevin Espada, que morreu na partida entre Corinthians e San José, em Oruro, e o presente foi dado pela Seleção Brasileira, que goleou a Bolívia por 4 a 0 em Santa Cruz de la Sierra. A dupla formada por Ronaldinho Gaúcho e Neymar, que esteve em campo no primeiro tempo, foi responsável por bons lances. Antes da bola rolar, um minuto de silêncio no estádio.

Como o adversário era fraco, alguns jogadores conseguiram se destacar, e até dar alguma animação. Mesmo sem tempo para treinar, houve algum padrão, e as qualidades da Seleção surgiram. Felipão voltou a colocar Ronaldinho Gaúcho como cérebro do meio-campo, e ele distribuiu bem o jogo.

 

Ronaldinho e Neymar ainda tiveram o apoio de André Santos, pela esquerda. Uma tabela entre o jogador do Galo e o do Santos resultou no segundo gol, por exemplo. O camisa 11 começou o lance, deu para o companheiro, recebeu na frente, tirou do marcador com um drible rápido com a bola no ar, e chutou por cima de Galarza.

Antes disso, logo no início, o primeiro gol saiu do outro lado. Jean, que jogou improvisado na lateral-direita e foi bem, foi à linha de fundo e achou Leandro Damião.

 

Estava fácil para o Brasil, até os laterais conseguiam apoiar o tempo todo, já que a dupla de volantes, formada por Ralf e Paulinho, ambos do Corinthians, faziam boa cobertura. Em um lance pelo lado, veio o terceiro, mas que saiu dos pés de Jadson, que estava sumido. Cruzou, e Neymar completou de canhota.

Já no intervalo, Felipão mudou algumas peças, mas manteve o posicionamento. Saíram Neymar e Leandro Damião, entraram Osvaldo e Alexandro Pato. O primeiro ficou aberto na esquerda, e o segundo transformou-se na referência na área. Mas nos primeiros minutos, o Brasil colocou o pé no freio um pouco, e a Bolívia até começou a frequentar um pouco o campo de ataque.

 

Mas não chegou a se animar tanto assim, e o jogo ficou mais morno no segundo tempo. As poucas jogadas mais interessantes do Brasil vieram dos jogadores que entraram no decorrer do jogo, exatamente para mostrar serviço. Mas só mesmo em um dos últimos lances, que a troca de passes deu certo. A bola acabou no pé de Leandro, um dos estreantes do dia, e ele fechou o placar.

 

 

FICHA TÉCNICA
BOLÍVIA 0X4 BRASIL

 

 

Local: Ramón Aguilera, em Santa Cruz de la Sierra (BOL)
Data-hora: 06/04/2013, às 16h30 (de Brasília)
Árbitro: Patrício Loustau (ARG)

 

Gols: Leandro Damião (03'/1ºT), Neymar (30'/1ºT), Neymar (41'/1ºT), Leandro (47'/2ºT)

 

Cartões amarelos: Eguino (BOL), Osvaldo (BRA)
Cartões vermelhos: Não houve

 

BOLÍVIA: Galarza, D. Bejarano (Jimenez, intervalo), Eguino, Zenteno e M. Bejarano (Torrico, intervalo); Meleán (García, intervalo), Veizaga (Chumacero, intervalo),Rojas e Campos (Dani Bejarano); Arce (Vargas, 21'/2ºT) e Marcelo Moreno. Técnico: Xabier Azkargota

BRASIL: Jefferson, Jean, Dedé (Dória, 41'/2ºT), Rever e André Santos; Ralf, Paulinho, Ronaldinho Gaúcho (Leandro, 32'/2ºT) e Jadson; Neymar (Osvaldo) e Leandro Damião (Alexandre Pato, intervalo). Técnico: Luiz Felipe Scolari





.
 
 
 
eXTReMe Tracker