Página inicial
 
Mural de recados
16.10 | MARCONDES
É VERDADE CLEO, SE PESQUEIRA É AZUL E AMARELO ELES USA TODO D AZUL , TEM CABENSE ...
16.10 | VICTOR HUGO
OS 2 CAIXÕES DE PANCADA DA SEGUNDONA, FERROVIARIO DO CABO E CHÃ GRANDE JÁ ESTÃO ...
14.10 | CLEO
EU ACHO Q O PESQUEIRA TEM JOGAR TODO DE AMARELO SÓ O NUMERO AZUL, JÁ TEM MUITOS ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
16/03/2013
22h01 | esportes - Futebol
Sem acordo por redução salarial, Dorival não é mais técnico do Fla

 globoesporte.com 

Dorival Júnior não é mais técnico do Flamengo. O treinador se reuniu na tarde deste sábado com Wallim Vasconcellos, vice de futebol do clube, que propôs uma redução salarial ao treinador de 50%. Dorival disse que aceitaria reduzir 40% de seus vencimentos agora, e o restante em julho, quando estava previsto um reajuste de seu salário, mas o clube ficou irredutível. Sem acordo, optou-se pelo desligamento do treinador.

O Flamengo já publicou a informação em seu site oficial. Segundo a nota, "a rescisão contratual reafirma a decisão da nova diretoria em trabalhar pelo equilíbrio financeiro do clube".

Com Dorival, saem os axuliares Lucas Silvestre e Ivan Izzo e o preparador físico Celso de Rezende. Segundo apurou o GLOBOESPORTE.COM, o Rubro-Negro gastava com os quatro cerca de R$ 1,2 milhão por mês.

Mano não é nome forte, diz Pelaipe

Em Porto Alegre por conta de um problema familiar (o irmão foi vítima de um acidente de trânsito), o diretor de futebol Paulo Pelaipe comentou o assunto.

- Wallim (Vasconcellos, vice de futebol) já vinha conversando com Dorival há algum tempo. Dorival foi flexível, mas não chegou a um denominador comum. Ele sai do Flamengo mais por culpa da situação financeira do que qualquer outra coisa. Os números estavam fora da realidade para o Flamengo. Fizeram um acordo, pois o Flamengo não tem condições de ter um salário naqueles números - destacou Pelaipe, frisando que as duas últimas derrotas não influenciaram na decisão - Não pesaram nada.

Mano Menezes não é um nome forte, porque está neste nível de Muricy (Ramalho, técnico do Santos), Abel (Braga, treinador do Fluminense), de salários muito altos.  Estou voltando para conversar com o Wallim e começarmos a definir isso. Já tenho o treinador na minha cabeça e vou levar para a direção" Paulo Pelaipe, diretor de futebol

Sobre o novo treinador, Pelaipe tratou de esfriar a possibildade da contratação de Mano Menezes. O ex-comandante da seleção brasileira tem seu nome envolvido em rumores desde que a nova diretoria assumiu o Flamengo, no início do ano.

- Mano Menezes não é um nome forte, porque está neste nível de Muricy (Ramalho, técnico do Santos), Abel (Braga, treinador do Fluminense), de salários muito altos.  Estou voltando para conversar com o Wallim e começarmos a definir isso. Já tenho o treinador na minha cabeça e vou levar para a direção. Espero anunciar no decorrer da próxima semana - finalizou.

Na última quinta-feira, dia seguinte à derrota do Flamengo para o Resende (3 a 2), Pelaipe havia concedido uma entrevista coletiva, na qual garantia a continuidade de Dorival Júnior no cargo. O diretor dizia que o Flamengo tinha um projeto e que o treinador seria mantido.

Passagem de altos e baixos

Dorival chegou ao Flamengo em meio ao Brasileirão de 2012, em substituição a Joel Santana, que havia sido demitido. No total, ele comandou o time em 37 jogos, com 15 vitórias, 12 empates e 10 derrotas (aproveitamento de 51,3%).

Em 2013, Dorival conseguiu campanha quase irretocável na primeira fase da Taça Guanabara (sete vitórias e um empate), mas acabou eliminado na semifinal, diante do Botafogo (2 a 0). A estreia na Taça Rio não foi animadora: derrota de virada para o Resende (3 a 2), no Engenhão


.
 
 
 
eXTReMe Tracker