Página inicial
 
Mural de recados
26.07 | MARCOS LEITE
SÁBADO DIA 29 AS 15 HS PORTO X NÁUTICO SUB-20 NO VERA CRUZ NO S. FRANCISCO , ESS ...
26.07 | Patativa
Chegamos num momento tão vergonhoso, que eu fiquei sabendo que os clubes da Para ...
26.07 | Eraldo
Já li muita coisa nesse Blog, agora chamar o Porto de time que honra a cidade é ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/03/2013
19h44 | esportes - COPA DO NORDESTE
CAMPINENSE VENCE ASA FORA DE CASA E FICA PERTO DO TÍTULO DA COPA DO NE
CLIQUE e CONFIRA!

O Campinense abriu uma importante vantagem na decisão da Copa do Nordeste. Jogando no Estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca, o time paraibano fez 2 a 1 no ASA e agora leva a vantagem do empate na partida do próximo domingo, no Amigão, em Campina Grande. Na verdade, o Rubro-Negro ainda pode levantar a taça mesmo com uma derrota, desde que seja por 1 a 0, em função do gol marcado fora de casa.

O primeiro tempo da partida em Arapiraca foi digno de uma grande decisão. Estádio cheio, chances claras de gol para os dois lados, bolas na trave, duelo tático dos técnicos e jogadas individuais que deixaram claro o merecimento das duas equipes em chegar e esta decisão.

Campinense comemora gol sobre o Asa (Foto: Itawi Albuquerque/Futura Press)Jogadores do Campinense comemoram gol em Arapiraca  (Foto: Itawi Albuquerque/Futura Press)

O Campinense manteve a proposta de pressionar o adversário desde o início, tática, aliás, que já havia surpreendido Sport e Fortaleza nas fases anteriores. E assim, com apenas 22 segundos, Zé Paulo proporcionou a primeira finalização ao gol de Gílson.

E o Campinense continuou melhor em campo. Com mais posse de bola, dava a impressão que definiria a partida com facilidade. A defesa do ASA parecia nervosa. Tanto que, aos 20, num recuo perigoso do zagueiro Tiago Garça, quase a bola sobra para Zé Paulo marcar o segundo.O domínio rubro-negro seguiu e foi premiado com um gol. Aos 5 minutos, num lançamento primoroso de Bismarck, o lateral Tiago Granja invadiu a área e chutou cruzado para abrir o placar. Gol fora de casa que o técnico Oliveira Canindé tanto pediu durante a semana.

ASA x Campinense, em Arapiraca (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)O Campinense era perigoso no contra-ataque e dava
trabalho ao ASA (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)

Em outra boa trama do ataque rubro-negro, o mesmo Zé Paulo finalizou para uma grande defesa Gílson. Na sobra, com gol aberto, Tiago Granja mandou para fora.

A coisa estava tão ruim para o ASA que o técnico Leandro Campos resolveu queimar a primeira substituição ainda no primeiro tempo, com a entrada de Pedro Silva no lugar de Luciano para tentar melhorar a marcação no meio-campo.

E foi justamente essa mudança que incendiou o ASA nos minutos finais da etapa. Aos 39, numa cobrança de falta pela esquerda, Rodrigo Dantas recebeu dentro da área e acertou a trave direita de Pantera. No lance seguinte, foi a vez do próprio Pedro Silva, que tinha acabado de entrar, arriscar de fora da área e acertar o travessão.

Mesmo com a melhora do time alagoano, foi do Campinense a última chance da primeira etapa, em um contra-ataque bem armnado pela direita e que por pouco Zé Paulo não marcou segundo.

ASA x Campinense, em Arapiraca (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)Técnico Oliveira Canindé comemora com reservas gol do Campinense (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)

Segundo tempo equilibrado

O segundo tempo começou sem a mesma intensidade. Do jeito que o Campinense queria para administrar a vantagem. E que acabou ficando ainda maior por causa de uma falha de Osmar, aos 15 minutos. O defensor arapiraquense perdeu a bola para Zé Paulo. O atacante passou pelo goleiro Gílson e deixou a bola limpa para Jéferson Maranhense marcar o segundo.

Se o Campinense já estava satisfeito com um gol de frente, com dois, então, passou a jogar ainda com mais tranquilidade. Tanto até que se deu ao luxo de mudar o esquema, tirando o lateral Tiago Granja para a entrada do meia Edmar.

Enquanto isso, o ASA sofria com a inoperância de suas principais peças, especialmente o atacante Léo Gamalho, completamente apagado. Ainda assim, na única chance que teve, quase diminuiu o placar. Foi aos 40 minutos, quando El Loco pegou de dentro da pequena área e acertou um defensor da Raposa.

ASA x Campinense, em Arapiraca (Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)Time do ASA, apesar do mal jogo, também chegou
com perigo e diminuiu nos acréscimos do 2º tempo
(Foto: Ailton Cruz/ Gazeta de Alagoas)

De qualquer forma, a vantagem de 2 a 0 parecia ser um duro castigo para o aplicado time do ASA. E Wanderson, nos acréscimos, tratou de recolocar o Fantasma na disputa. Numa jogada individual, ele encontrou espaço para chutar no cantinho, e diminuir o marcador.

No minuto seguinte, o árbitro Pablo Ramon apitou o fim do jogo. Para quem foi buscar a classificação contra ABC e Ceará, ambos fora de casa e também sem ter conseguido um bom resultado em Arapiraca, o ASA está rigorosamente no páreo. Mas para o Campinense, que ainda não levou gol jogando em Campina Grande, a vitória deste domingo parece ter sido o início de uma festa que tem tudo para ser coroada no próximo domingo diante de sua torcida.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker