Página inicial
 
Mural de recados
27.05 | Alex
É o fim da picada a contratação de Candinho, juntando todos os atacantes não dá ...
26.05 | marcelo
Concordo plenamente com voce paulo esses reporteres das radios de caruaru sao do ...
26.05 | Davi
Infelizmente o editor desse blog não publicou meu comentário, so sei de uma cois ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/02/2013
00h44 | esportes - Libertadores
Grêmio dá show de bola no Engenhão e aplica goleada no Fluminense

Quem seria capaz de dizer que o tão esperado Fluminense x Grêmio terminaria com uma goleada gaúcha? Poucos, talvez. Mas foi isso que aconteceu. Sob o comando de Barcos, o Grêmio deu uma aula de futebol ao time carioca e aplicou 3 a 0 sem qualquer dificuldade, nesta quarta-feira, no Engenhão, pela segunda rodada do Grupo 8 da Libertadores. Os gols da noite foram marcados por Barcos, André Santos e Vargas.

Tudo bem que dois gols do Grêmio contaram com uma ajudinha da arbitragem. No primeiro, Barcos resvalou com a mão e o gol, na verdade, acabou sendo contra, de Bruno. No segundo, André Santos estava impedido após aproveitar um rebote do atacante argentino. Ainda assim, mostraram superioridade e fizeram valer o resultado.

Com o resultado, o grupo está todo embolado. Os quatro times estão com a mesma pontuação: três pontos, mas o Grêmio lidera pelo saldo de gols (2) e o Fluminense está na lanterna, com saldo de menos dois gols. Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Caracas, dia 5/3, na Arena. O Flu visista o Huachipato (CHI) na próxima quarta-feira.

GRÊMIO SAI NA FRENTE

Antes de a bola rolar, todos consideravam o duelo entre Fluminense e Grêmio como um dos jogos mais esperados na atual temporada do futebol brasileiro. Mas depois que a partida começou, o sentimento foi de decepção. Afinal, as duas equipes erravam muito passes e não estavam rendendo o esperado.

Um bom exemplo disso foi que a primeira finalização do jogo veio apenas aos 21 minutos do primeiro tempo, quando André Santos tabelou com Zé Roberto e chutou cruzado para fora. Mesmo jogando em casa, o Flu não conseguia levar perigo, embora tivesse um controle maior da partida.

O Grêmio, por sua vez, via no contra-ataque a principal arma. Após uma cobrança de escanteio de Elano, Barcos resvalou com a mão e Bruno acabou cabeceando para trás, marcando um gol contra. Na súmula, porém, o árbitro deu o gol para o argentino.

Com a vantagem, os gremistas recuaram ainda mais. Dessa forma, deu mais chances para o Flu atacar com maior frequência. Entretanto, o primeiro chute da equipe da casa veio apenas aos 38 minutos, com Jean. Os erros de passe, no entanto, continuavam e prejudicavam o time.

VIROU GOLEADA!

No retorno para o segundo tempo, o técnico Abel Braga resolveu colocar o meia Deco em campo e sacar Wágner, que fez uma etapa inicial bem abaixo do esperado. Também cotado para entrar no intervalo, o apoiador Thiago Neves acabou continuando no banco de reservas.

Mas as mudanças não surtiram efeito. Logo aos nove minutos, Barcos deu um belo drible em Bruno e tentou chutar, mas Diego Cavalieri defendeu. No rebote, André Santos, impedido, empurrou para o fundo das redes. Impaciente, a torcida tricolor já soltava algumas vaias para os jogadores.

Perdendo por 2 a 0, Abel resolveu queimar as duas mudanças que faltavam e colocou Thiago Neves e Samuel nos lugares de Wellington Nem e Rafael Sobis. A resposta dos torcedores não foi positiva e os gritos de "burro" direcionados ao técnico Abel Braga foram ouvidos no Engenhão.

E o que já estava ruim acabou piorando para o Fluminense. Aos 24 minutos, Vargas recebeu ótimo passe de Barcos e fez o terceiro, abrindo espaço para uma goleada gaúcha. A esta altura, os torcedores do Flu sequer vaiavam e o silêncio tomava conta do Engenhão. Músicas só do lado do Grêmio.

Daí até o fim do jogo, o time da casa sequer incomodou. Tanto que o único chute a gol veio aos 40 minutos, com Fred. No fim, sem vaias da torcida do Fluminense. Apenas o silêncio. Enquanto isso, os gaúchos faziam a festa.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 0 X 3 GRÊMIO

LOCAL: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
DATA/HORÁRIO: 20/02/2013, às 22h
ÁRBITRO: Paulo César de Oliveira (Fifa/SP)
ASSISTENTES: Márcio Santiago (Fifa/MG) e Fabrício Vilarinho (Fifa/GO)

Renda/Público: R$ 747.550,00 / 18.947 pagantes

Cartões amarelos: Anderson (FLU); Elano e Zé Roberto (GRE)
Cartão vermelho: 
nenhum

GOLS: Barcos, aos 33'/1ºT (0-1); André Santos, aos 9'/2ºT (0-2) e Vargas, aos 24'/2ºT (0-3)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos; Edinho, Jean, e Wágner (Deco - Intervalo); Wellington Nem (Thiago Neves - 17'/2ºT), Fred e Rafael Sobis (Samuel - 18'/2ºT). Técnico: Abel Braga

GRÊMIO: Dida; Pará, Werley, Cris e André Santos; Fernando, Souza (Adriano - 35'/2ºT), Elano (Marco Antônio - 33'/2ºT) e Zé Roberto; Vargas (Welliton - 37'/2ºT) e Barcos. Técnico: Vanderlei Luxemburgo


.
 
 
 
eXTReMe Tracker