Página inicial
 
Mural de recados
24.06 | Kaio SGD
Olha nos desfalque só o que poder atrapalhar é o desfalque de Agenor o resto pod ...
23.06 | Antonio
Olha a quantidade de possíveis desfalques que o Central pode ter no jogo, é muit ...
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
04/12/2012
23h50 | esportes - MERCADO DA BOLA
Riquelme revela telefonema do Peixe, e Neymar já prevê parceria

O meia argentino Juan Román Riquelmeabre as portas para atuar no futebol brasileiro. Sem entrar em campo pelo Boca Juniors desde a derrota para o Corinthians na final da Taça Libertadores deste ano, no dia 4 de julho, o camisa 10 admite sondagens de diversos clubes brasileiros e revela que recebeu um telefonema do Santos. Ele lembrou ainda que quase se tornou jogador do Cruzeiro em julho.

- Agora na Argentina falam muito de mim no Santos depois da saída do Ganso. Eles me ligaram, mas nada mais do que isso. Tem de esperar e ver se algum clube me atrai - afirmou o jogador, que participou de evento organizado por uma emissora de televisão de São Paulo.

Presente ao mesmo evento, Neymar gostou de saber que Riquelme foi sondado pelo Peixe e até brincou falando em uma dobradinha.

- Eu ia fazer muito gol, hein? Seria maravilhoso. Riquelme é um excelente jogador, um craque. Um tipo de meia que todo atacante gostaria de ter no seu time – disse o atacante santista.

Em setembro, Riquelme entrou em acordo com a diretoria do Boca Juniors, e está com o contrato suspenso à espera de propostas – com a promessa de que não atuará por nenhum outro clube da Argentina. Segundo ele, mesmo para clubes do futebol brasileiro o Boca Juniors tem dificultado a liberação.

- Depois da final contra o Corinthians falaram muito sobre a possibilidade de eu vir jogar no futebol brasileiro, no Cruzeiro. Conversei bastante com o Sorín. Conhecia muita pessoas do Flamengo, que sempre tentaram me convencer a jogar aqui. Mas o presidente do Boca não quis assinar o papel e não tive a sorte de jogar no Cruzeiro. Agora é esperar a ver se algum clube do brasil me atrai.

- O futebol brasileiro cresceu muito, todas as equipes têm grandes jogadores. Vejo muito o futebol do Brasil. Em julho, é verdade que conversei com Flamengo, Grêmio e Cruzeiro.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker