Página inicial
 
Mural de recados
21.11 | MARCOS LEITE
AOS POUCOS O CENTRAL TÁ ARRUMANDO A CASA, MONTANDO O TIME, VAMOS APOIAR ESSA FES ...
21.11 | VICTOR HUGO
GALERA VAMOS NO EVENTO DO CENTRAL, FIÉIS CENTRALINOS VÃO LÁ NA FEIJOADA, VAMOS N ...
21.11 | Patativa
Esse Pierre poderia ir morar em salgueiro,só fala desse time do sertão, então ca ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/12/2012
19h26 | esportes - SÉRIE C
Oeste-SP se sagrou campeão Brasileiro da série C 2012
O time Paulista venceu o Icasa-CE por 2x0 neste sábado

O Oeste é o campeão da Série C de 2012. A inédita conquista veio na tarde deste sábado, quando o time venceu o Icasa, por 2 a 0, no Estádio dos Amaros, em Itápolis (interior de São Paulo). Time paulista não teve trabalho e poderia ter vencido até mesmo por uma maior vantagem.

O Oeste entrou em campo ciente de que uma simples vitória lhe daria o título Brasileiro. Por isso, foi ao ataque com eficiência e fez os gols. Já o Icasa, que jogou no esquema 3-6-1, ficou refém da boa marcação do rival. Jefferson Recife e Canga, dupla responsável em fazer gols no sistema ofensivo não conseguiu jogar. Os cearenses também jogaram por vitória ou empate com gols.

O título é inédito para o Oeste, que em 2012 participou pela primeira vez da Série C. O Icasa, por sua vez, também queria pela primeira vez a conquista. Antes, a melhor colocação do time cearense na Terceira Divisão foi um quartolugar no ano de 2009 (também ficou com o acesso naquele ano).

Só deu Rubrão!
Para retribuir o carinho da torcida, que compareceu em peso no estádio dos Amaros, o Oeste começou em cima do Icasa e criando as primeiras chances de abrir o placar. Aos seis minutos, Serginho cobrou falta e por pouco não acertou o ângulo do goleiro João Paulo. A pressão não demorou a surtir efeito e, aos nove, Wanderson fez jogada individual e chutou rasteiro, no canto direito: 1 a 0.

O Icasa não conseguiu ficar com a posse de bola e só chegava na área do Oeste na base dos chutões. Num dos lances, aos 21 minutos o lateral Carlinhos cobrou falta e Jaílson defendeu; no contra-ataque, Jheymi encontrou Piauí no lado esquerdo; o lateral finalizou forte, só que a direita de João Paulo.

Aos 23 minutos, o árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva teve que conter os ânimos dos jogadores. O Icasa ignorou um lance de fair play e a bola sobrou na área para Jefferson Recife; o atacante não conseguiu dominar e em seguida os jogadores do Oeste foram tirar satisfação pelo lance ocorrido. Mesmo com muito "empura empurra", nenhum jogador foi advertido com cartão amarelo.

Com a bola rolando novamente, o Oeste seguiu melhor em campo e querendo ampliar a vantagem. Aos 37 minutos, Piauí cobrou falta e acertou a trave de João Paulo; na sequência a zaga cearense afastou o perigo. No contra-ataque, o Icasa finalizou pela primeira vez no jogo com Naylhor, que exigiu defesa de Jaílson.

É campeão!
Na volta do intervalo o Oeste continuou melhor e quase ampliou o placar. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Eduardo subiu sozinho dentro da área e cabeceou para boa defesa de João Paulo. A resposta do Icasa veio aos oito minutos, quando Éder arriscou de fora da área e Jaílson defendeu; na sequência a bola ficou com Canga, que não conseguiu finalizar por estar em posição irregular.

Só que o Oeste, sentindo o bom momento do rival em campo, aos 18 minutos se aproximou ainda mais do título. Após cobrança de falta pelo lado direito, o zagueiro Dezinho cabeceou para o fundo das redes: 2 a 0. A torcida do Rubrão ainda comemorava nas arquibancadas quando o Icasa respondeu em chute forte e boa intervenção do goleiro Jaílson.

O Icasa sentiu o segundo gol do Oeste e já não tinha forças para buscar o empate nos Amaros. Apesar disso, time ainda tocava a bola e tentava alguma coisa. Aos 39 minutos, Canga recebeu passe, girou sobre um marcador e finalizou; Jaílson defendeu com tranquilidade. Antes do apito final os donos da casa ainda tiveram chance de marcar o terceiro, em cabeceio dentro da pequena área que foi para fora.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker