Página inicial
 
Mural de recados
28.06 | ojuara
CONCORDO NELHOR PAGAR SAFADAO DE QUE INVESTIR NESSE CLUBE SAFADO DE LADROES PORQ ...
28.06 | Paulo Junior
Parabéns pela atitude dos torcedores do Central em dividir o dinheiro com os fun ...
27.06 | Carlos
Eu acho que esse verdade nua e crua tem problemas mentais ele fica pensando,pens ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
21/10/2012
23h16 | esportes - FUTEBOL NACIONAL
Sampaio Corrêa venceu o Crac e foi campeão invicto da Série D de 2012
Oferecimento: Carrancão Hamburgueria

Diante de 40.243 torcedores no Castelão, o Sampaio Corrêa ganhou do Crac por 2 a 0, gols de Eloir e Pimentinha, e garantiu o título invicto da Série D do Campeonato Brasileiro, na tarde deste domingo. O time do Maranhão se tornou o único a conquistar as três divisões inferiores à elite do futebol nacional, já que tinha sido campeão da Série B, em 1972, e da Série C, em 1997.

A conquista coroou o retorno do Sampaio para terceira divisão, após três temporadas na quarta. O Crac ficou com o vice, mas, assim como Mogi Mirim e Baraúnas, que foram eliminados na semifinal, também conquistaram o acesso para a Série C de 2013.

Sampaio comemora a conquista da Série D de 2012 (Foto: Bruno Alves)Jogadores do Sampaio Corrêa comemoram com o troféu da Série D de 2012 (Foto: Bruno Alves)

Sampaio pressiona e sai na frente

A primeira boa chance do jogo saiu aos seis minutos, quando Mimica cabeceou por cima do gol de Dudu, após cobrança de falta. O Sampaio manteve a pressão, e o goleiro do time goiano precisou defender dois bons chutes de Pimentinha e Roniery. Aos 17, não teve jeito. De cabeça, Eloir abriu o placar no Castelão.

Após o gol, o Sampaio continuou melhor, mas o Crac ainda arriscou contra-ataques, sem sucesso. Aos 27, Arlindo Maracanã cobrou falta com perigo, mas o goleiro Dudu fez boa defesa.

Pouco depois, o jogo esfriou, truncado no meio-campo. Outra boa oportunidade de gol para o Sampaio só surgiu na velocidade de Pimentinha, que fez boa jogada, aos 35. Na sobra, Eloir quase marcou também, concluindo pela linha de fundo.

O Sampaio foi para cima na parte final do primeiro tempo e quase ampliou. Aos 39, após cruzamento de Pimentinha, Arlindo Maracanã deixou a bola para Roniery, que acertou a trave. Na sequência, Pimentinha chutou e forçou uma difícil defesa de Dudu.

Pimentinha garante o título

O Sampaio começou a etapa final assustando de novo o Crac. Aos cinco, Pimentinha cabeceou com perigo para o goleiro goiano. Aos dez, Wescley concluiu pelo alto cobrança de falta de Cleitinho e também chegou perto do gol. Aos 21, o time maranhense Sampaio saiu em contra-ataque, com Eloir tocando para Pimentinha, que arriscou de fora da área e mandou a bola por cima do gol.

O Crac seguia sem criar e apostava em lançamentos longos dentro da área maranhense, mas que sempre paravam nas mãos do goleiro Rodrigo Ramos. O jogo ia ficando morno, preso no meio-campo, mas, aos 31, em novo contra ataque, Pimentinha avançou pela esquerda e dessa vez não errou. Em chute cruzado, ampliou avantagem e deixou o Sampaio mais tranquilo na partida.

Após o segundo o gol, o Crac ainda tentava, mas parava na zaga adversária. Nos minutos finais, o zagueiro Mimica se chocou com Reinaldo e ficou caído em campo, mas se recuperou e voltou para o jogo. Sem a reação dos goianos, o apito final foi a senha para que o grito maranhense de campeão fosse solto.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker