Página inicial
 
Mural de recados
26.07 | MARCOS LEITE
SÁBADO DIA 29 AS 15 HS PORTO X NÁUTICO SUB-20 NO VERA CRUZ NO S. FRANCISCO , ESS ...
26.07 | Patativa
Chegamos num momento tão vergonhoso, que eu fiquei sabendo que os clubes da Para ...
26.07 | Eraldo
Já li muita coisa nesse Blog, agora chamar o Porto de time que honra a cidade é ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
03/10/2012
23h43 | esportes - SELEÇÃO BRASILEIRA
Após faltar luz em estádio, jogo entre Brasil e Argentina é cancelado
Clique e Confira >>>
Não teve Superclássico. Nem de perto o adjetivo "super" foi usado na cidade de Resistência. A partida entre Brasil e Argentina, que decidiria o confronto, inspirada na antiga Copa Rocca, foi cancelada devido a queda de energia no estádio Centenário, localizado na cidade. Agora, a AFA (associação que regula o futebol argentino) e a CBF vão resolver como se dará o fim do "torneio", visto que não existem datas livres no calendário da FIFA para a realização de outro jogo.

Ao longo de toda a noite, o estádio Centenário da cidade de Resistência - que fora reformado recentemente - teve problemas com fornecimento de energia. Duas horas antes do hipotético início do jogo, duas quedas de luz foram registradas. Na primeira delas a luz voltou rapidamente. Na segunda, mais de 40 minutos entre o apagão e o retorno da energia. Às 22h, horário marcado para o início do jogo, mais um blecaute. Desta vez, maior.

O juiz aguardou até às 23h e a luz não voltou. Depois de aquecerem, os atletas de Brasil e Argentina voltaram aos vestiários e foram informados pelos chefes de suas delegações que a partida tinha sido cancelada. Ao longo de toda a semana foram feitas críticas quanto a capacidade do estádio - e da cidade de Resistência - em receber o clássico. Por motivações "políticas" (palavras de Andrés Sanchez, chefe da delegação da Seleção Brasileira) a partida foi levada para a cidade. Contudo, o jogo não ocorreu.

Agora, fica a espera do que será decidido sobre o troféu do Superclássico das Américas. O que ficou depois de mais de uma hora e quinze minutos de atraso - que depois transformou-se em cancelamento - foi a frustração. A cidade de Resistência, embora tendo este nome, caiu diante da absoluta falta de estrutura.
 
Do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker