Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/09/2012
11h23 | esportes - Futebol
Timão terá rival africano, japonês ou neozelandês na semifinal do Mundial

O Corinthians conheceu, na manhã desta segunda-feira, seus possíveis adversários na semifinal do Mundial de Clubes do Japão. Para chegar à final do torneio, o Timão terá que passar pelo vencedor do confronto entre o campeão africano e Auckland City ou campeão japonês.

Nas oitavas de final do torneio, o representante da Oceania, o Auckland, enfrentará o campeão japonês, cujo campeonato terá sua última rodada no primeiro dia de dezembro. Quem triunfar nesse jogo enfrenta o campeão africano. Daí sai o adversário do Corinthians, que estreia dia 12 de dezembro. A final será jogada no dia 16.

Na luta pelo título continental africano, está a surpresa de 2010, o Mazembe. Os congoleses pegam o Espérance Túnis, da Tunísia na semifinal. Na outra chave, Al-Ahly do Egito enfrenta o Sunshine Stars, da Nigéria. O jogo final será no dia 11 de novembro.

Enquanto isso, o Chelsea pegou uma chave um pouco mais complicada. O campeão europeu terá de passar pelo vencedor do confronto entre o perigoso Monterrey do México e o campeão asiático para chegar à final.

A Liga dos Campeões da Ásia está nas quartas de final. Os times ainda na briga pelo título são: Al-Ahli, Al-Hilal e Al-Ittihad da Arábia Saudita; Adelaide United, da Austrália; os iranianos do Sepahan; os sul-coreanos do Ulsan Hyundai; o Guanghou Evergrande, da China (time de Darío Conca) e, finalmente, o Bunyodkor, do Uzbequistão.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker