Página inicial
 
Mural de recados
25.04 | kaio
Licius saiu ? ...
25.04 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! CONCORDO PLENAMENTE DO Alcino PM. Venho falando isso a ano ...
25.04 | Beltrão
Digamos que a espinha dorsal de uma equipe, seja formada de 5 jogadores que rece ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/09/2012
23h57 | esportes - SELEÇÃO BRASILEIRA
AMISTOSO NO RECIFE: Brasil faz 8x0 na China e retribui carinho ao torcedor pernambucano
Clique e Confira >>>

 

Ricardo Fernandes/DP/D. A. Press
Com um público abaixo do esperado e com o técnico Mano Menezes pressionado devido à instabilidade recente da equipe, a Seleção Brasileira venceu a China no estádio do Arruda, na noite desta segunda-feira, por 6 a 0, gols de Ramires, Hulk, Lucas e Neymar (3). O nordestino Hulk, um dos raros a ter bom desempenho recente na equipe, foi titular e destaque do jogo. 

Primeiro Tempo

A Seleção Brasileira começou pressionando a equipe da China. O time adversário não passou do meio-campo nos dez primeiros minutos, enquanto o time do técnico Mano Menezes criou ao menos duas boas chances de gol. A primeira, claríssima, começou com troca de passes entre Oscar e Hulk. O atacante recebeu do meia e cruzou para Neymar completar de cabeça. A bola raspou na trave e saiu pela linha de fundo. A pressão continuou com Oscar tomando as rédeas das ações. O jogador avançou e bateu da entrada da área, mas a bola subiu demais.

Ricardo Fernandes/DP/D. A. Press
O jogo era todo pela direita, com o atacante Hulk. Aos 18 minutos nova investida do novo contratado do Zenit, mas o cruzamento saiu forte demais. As chances iam sendo criadas. Minutos depois, Lucas, que atuava pela esquerda, soltou uma bomba de fora da área e Cheng defendeu. De tanto martelar, saiu o gol brasileiro. Ramires tabelou com Oscar e saiu em velocidade na cara do goleiro Cheng. Com calma, deu uma "cavadinha" e abriu o placar. Brasil 1 x 0.

Três minutos depois, o segundo gol. Neymar. E mais uma vez com Hulk e Oscar. O atacante enfiou bola para o meia do Chelsea, que só rolou pela direita para Neymar, livre na área, empurrar para as redes. em 25 minutos, Brasil 2 x 0 China. Era jogo de um time só. Aos 32 minutos Oscar carimbou o travessão após jogada individual de Neymar. O zagueiro Dedé também teve sua chance. Aos 36 minutos, mandou de cabeça para o gol após passe de Daniel Alves. Cheng espalmou para escanteio. A primeira etapa terminou com absoluta superioridade brasileira, muito em virtude da fragilidade adversária.

Segundo Tempo

O panorama da segunda etapa não mudou. A China não mostrava qualquer força na partida e o Brasil, sem resistência, passava por cima. Aos 3 e aos 6 minutos, mais dois gols. Lucas e Hulk ampliaram a vantagem brasileira. O jogador do São Paulo recebeu passe de Neymar e bateu seco, rasteiro, sem chances para Cheng. Logo depois Hulk, da entrada da área, bateu forte e deixou o dele. Na comemoração, o jogador levantou a camisa com uma mensagem exaltando nordeste.

Ricardo Fernandes/DP/D. A. Press
Não dava tempo para respirar. Como que em um trino de luxo, Neymar marcou o quinto. Marcelo passou em velocidade pela esquerda, recebeu de Lucas na ponta esquerda e cruza por baixo na pequena área, o santista só empurrou. E Neymar seguiu marcando. Erro da China na saída de bola. Oscar recebeu na entrada da área, invadiu livre e tocou rasteiro para dentro. Neymar apenas empurrou para o gol vazio. Brasil 6 a 0.

A China quase marcou o seu gol de honra, mas o goleiro Diego Alves fez um milagre na cabeçada de cima para baixo. O sétimo saiu gol saiu da própria China. O zagueiro  afastou mal a jogada de ataque brasileira e empurrou para as próprias redes. Brasil 7 a 0. Minutos depois, pênalti mal marcado em cima de Marcelo e o meia Oscar deixou o dele, cobrando bem e fazendo o oitavo. A partida terminou com a sensação de que o teste de nada serviu para a Seleção. Bom para a torcida, que viu uma chuva de gols.  

Brasil 8 

Diego Alves; Daniel Alves, Dedé, David Luiz (Réver), Marcelo; Rômulo (Sandro), Ramires (Arouca), Oscar (Leandro Damião); Lucas, Neymar (Jonas), Hulk. Técnico: Mano Menezes

China 0 

Zeng Cheng; Peng Zhao, Jianye Liu, Xu Yang, Tang Miao; Xuri Zhao, Hao Junmin (Zhang Yuan), Jian Liu, Lu Peng (Gao Lin); Ting Zhu, Gao Lin. Técnico: José Camacho.

Árbitro: Roberto Silvera (URU)
Assistentes: Miguel Ángel Nievas (URU) e Nicolás Taran (URU)
Gols: Ramires (22'), Neymar (25', 9' 2T, 14' 2T), Lucas (3' 2T), Hulk (6' 2T), Jianye Liu, contra (23' 2T), Oscar (29' 2T)
Cartões amarelos: Hulk
Público: 29.658
 
Texto do Super Esportes 

.
 
 
 
eXTReMe Tracker