Página inicial
 
Mural de recados
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
23.06 | Duda
Eu acredito!!! Vamos meu Central, vamos sair dessa série D. Lícius tem feito o p ...
23.06 | MARCOS LEITE
CENTRALZÃO EM BUSCA DA CLASSIFICAÇÃO E A TORCIDA CHEGANDO DE MONTÃO NO LACERDÃO, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
13/09/2010
11h58 | esportes - FUTEBOL INTERNACIONAL
Com coadjuvantes, Grupo H da Liga dos Campeões reúne 25 brasileiros

Do UOL Esporte 

A Liga dos Campeões começa nesta terça-feira - com jogos às 15h45, no horário de Brasília - e sempre com muitos brasileiros. Os clubes classificados para a competição continental costumam apostar em atletas do país, mas nada se compara ao número de representantes nacionais no grupo H. Partizan Belgrado, Shakhtar Donetsk, Sporting Braga e Arsenal somam 25 brasileiros, todos eles em busca de espaço na Europa.

Exceção deste grupo, o volante Denílson já faz parte de um dos grandes da Inglaterra. Recuperado de lesão no quadril, o jogador do Arsenal espera com ansiedade as partidas contra a legião brasileira de seu grupo na Champions. O encontro com o ex-companheiro Eduardo da Silva - também brasileiro, mas naturalizado croata - é o mais esperado por ele.

"Fiz uma aposta com ele. Quem perder o jogo terá que doar 50 cestas básicas para uma instituição de caridade no Brasil. Há um clima bom para o reencontro com Eduardo. Não faz três meses que ele saiu do Arsenal. Quando entrar em campo, quero dar um abraço nele", destacou o volante, que também fala sobre a partida contra a legião brasileira do Sporting Braga.

Os coadjuvantes do Brasil dominam o clube português. A equipe, que derrotou o Sevilla na fase eliminatória da Liga, tem 17 atletas do país em seu elenco. "O Braga fez um ótimo trabalho na temporada passada. Para complicar, eles ainda contam com muitos jogadores brasileiros, que sempre são perigosos", comenta Denílson.

Os destaques da equipe estão no gol (com Felipe, ex-Corinthians), na defesa (com Léo Fortunato, ex-Cruzeiro) e no meio-campo (com Márcio Mossoró, ex-Internacional). O zagueiro adianta que o grande número de brasileiros no Braga é um trunfo para a disputa da Liga. "Estamos animados e sabemos que uma boa campanha pode abrir ainda mais as portas para os brasileiros no clube", aponta Léo Fortunato, que destaca o bom momento do time após eliminar o Sevilla.

Irina Gorbaseva/Reuters

NÚMERO DE 'BRAZUCAS' PODERIA SER MAIOR

Eduardo da Silva (foto) e Marcelo Moreno poderiam aumentar a lista de brasileiros no grupo H da Liga dos Campeões. Os atacantes defendem o Shakhtar Donetsk e jogam pelas seleções da Croácia e da Bolívia, respectivamente. Eduardo nasceu no Rio de Janeiro e foi muito cedo para o Dínamo de Zagreb. Destacou-se no futebol croata e aceitou o convite para defender a seleção local.

Moreno nasceu na Bolívia e se mudou para o Brasil quando adolescente. Ele defendeu as categorias de base do Brasil, mas optou pela camisa boliviana após ser convocado pelo país para jogar no time principal. A lista de ‘ex-brasileiros' ainda pode aumentar, caso Cléo aceite o convite para defender a Sérvia.

 

O Shakhtar Donetsk contribui com seis nomes para o número de brasileiros na chave H. Lembrados pela seleção brasileira, Fernandinho e Douglas Costa são os principais atletas. O primeiro, no entanto, quebrou a perna e não poderá defender o clube ucraniano na Liga dos Campeões. Já Douglas espera aparecer no torneio para ser lembrado novamente pelo técnico Mano Menezes.

"Contamos com vários brasileiros em nosso elenco, mas temos que nos superar para suprir a ausência de Fernandinho. Nossa equipe está crescendo. Teremos adversários fortes como Arsenal e Braga, mas somos um time forte no ataque", revela o meia, ex-jogador do Grêmio. Jadson, Willian, Alex Teixeira e Luiz Adriano são os outros brasileiros no elenco do Shakhtar.

"Estamos em um grupo bom, com equipes de grande qualidade. Mas sinto que poderemos chegar longe e uma classificação é muito importante. Vamos buscar isso, porque o nosso grupo tem capacidade para ir longe", diz Willian, que ressalta a companhia de Eduardo da Silva. "Ele é um humilde, com muita experiência por ter atuado no Arsenal e chegou para somar na equipe".

O atacante Cléo, do Partizan, encerra a relação de representantes do Brasil na chave. O jogador, com passagem pelo Atlético-PR, é desconhecido no país, mas faz muito sucesso em Belgrado e já foi convidado pela federação sérvia para se naturalizar e defender a seleção local. A primeira rodada do grupo H será disputada nesta quarta-feira. O Arsenal irá receber o Braga. O Shakhtar também faz sua estreia dentro de casa, contra o Partizan. Os duelos estão marcados para as 15h45.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker