Página inicial
 
Mural de recados
30.04 | Jose Helio Pessoa
ALÔ CARUARU...É HORA DE UNIÃO !!! O CENTRAL É UMA INSTITUIÇÃO CENTENÁRIA... QUEI ...
30.04 | paulo
ESTE TIME QUE O TECNICO ESTA MONTANDO E O CENTRAL OU E O VELO CLUB .TODOS OS JOG ...
29.04 | Preto e branco
Esse velo clube quase caiu para a série a 4 do paulista e o central só quer traz ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
30/08/2010
13h07 | esportes - LUTO
Varallo, último sobrevivente da final da Copa-1930, morre em Buenos Aires

Do UOL 

O ex-jogador argentino Francisco Varallo, último sobrevivente da final da primeira Copa do Mundo da história, morreu nesta segunda-feira. Com 100 anos, Varallo faleceu em sua casa em Buenos Aires, de acordo com informações de seus familiares.

REUTERS/Stringer

Com a camisa de número 100, Francisco Varallo é homenageado na Argentina por seu aniversário

Varallo era o jogador mais jovem da seleção argentina que foi derrotada pelo Uruguai na final do Mundial de 1930, por 4 a 2. A decisão foi realizada no estádio Centenário de Montevidéu, em 30 de julho de 1930.

O "Pequeno Canhão", como era chamado pelos torcedores na Argentina, foi dono do recorde de máximo goleador do Boca Juniors na era profissional, iniciada em 1931. Varallo anotou 194 gols pelo clube. Somente em 2009, ele perdeu a marca. Martín Palermo bateu o recorde.

"Lembro nitidamente daquela final contra o Uruguai, que me marcou para sempre. Foi uma partida muito dura. Nós tínhamos uma grande equipe, mas alguns jogadores não foram bem no segundo tempo e perdemos", comentou Varallo sobre a final de 1930, em entrevista dada no dia em que comemorou 100 anos, em fevereiro.

"Todos me perguntam sobre essa partida, que eu não deveria jogar porque era muito jovem, porque não tinha experiência. Prefiro não recordar do que aconteceu em Montevidéu. Ganhávamos facilmente por 2 a 1 e perdemos por 4 a 2. Eu não podia correr por causa de uma lesão no joelho. Fico chateado ao lembrar daquilo", completou.

Varallo começou sua carreira no 12 de Octubre, de La Plata. Em 1928, foi para o Gimnasia y Esgrima La Plata e, após o Mundial do Uruguai, passou a defender o Boca Juniors, equipe em que se aposentou em 1939. Conquistou três títulos com o Boca e foi o grande goleador da equipe em cinco temporadas.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker