Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | Davi
Como vai haver prestaçao de contas se os membros do conselho fiscal apoiaram ess ...
26.06 | VITOR HUGO
FORAM ELIMINADOS O SERGIPE MAIOR TORCIDA DO ESTADO, ITABAIANA A MAIOR DO INTERIO ...
26.06 | Aldery
Tudo deu errado como sempre para o Central! Desfalques e má atuação de alguns jo ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
09/08/2010
19h28 | esportes - SELEÇÃO
Desconhecidos no Brasil, David Luiz e Ederson buscam reconhecimento pela seleção

Do UOL 

Da lista cheia de surpresas para o primeiro amistoso da seleção após a Copa do Mundo, os nomes do zagueiro David Luiz e do meia Ederson talvez tenham causado mais estranheza. Apesar de serem destaque na Europa, os dois são verdadeiros anônimos em seu próprio país e, com a convocação de Mano Menezes, esperam aparecer também para o torcedor brasileiro.

AS CARAS NOVAS DE MANO MENEZES

Francisco Seco/AP Photo

David Luiz foi eleito o melhor jogador do Português, mas no Brasil ainda é reconhecido pelo seu cabelo

Michael Steele/Getty Images

Com currículo mais modesto, Ederson quer deixar anonimato como meia do Lyon defendendo o Brasil

Da dupla, o zagueiro do Benfica é quem tem mais chances de começar como titular durante o amistoso contra os Estados Unidos, nesta terça-feira, às 21h. Apesar de ser um dos ídolos da sua equipe, o jovem de 23 anos ainda aparece mais para os brasileiros por conta do seu visual parecido com o do jogador de basquete Anderson Varejão.

"Não quero que as pessoas me sigam apenas pelo meu corte de cabelo, mas que possam se espelhar naquilo de bom que eu tenho para passar, em uma mensagem positiva. Temos de ter noção que, como pessoas públicas que somos, as atitudes estão sendo vistas por muitas pessoas, que acabam querendo nos imitar", discursou o zagueiro, que ainda comentou a opção por manter a vasta cabelereira.

"Eu já estava um pouco cansado de ter cabelo curto, então deixei crescer e acabou assim, mas muitos pedem para eu não cortar. Até meus pais, que no início eram contra, pediam para deixar grande, mas agora eles também gostam", completou o zagueiro, revelado pelo Vitória, mas que se mudou para Portugal quando ainda tinha 19 anos.

Ederson tem história semelhante à de David Luiz. O meio-campista também deixou o Brasil com 19 anos, após ser revelado pelo Juventude. Porém, após cinco temporadas no futebol francês, se tornou o camisa 10 e um dos principais nomes do elenco do Lyon.

"Sou mais conhecido na França do que no Brasil, e isso às vezes acaba sendo bom, pois quando volto para casa, posso sair tranquilo", brincou o meia, que já prevê o fim do seu anonimato em terras brasileiras após se juntar à seleção brasileira.

"Durante a Copa do Mundo eu estava assistindo como torcedor e esperando que o Brasil ganhasse. Mas, como jogador profissional, sempre trabalhei para chegar na seleção. Estou tendo essa oportunidade e vou procurar aproveitar da melhor forma", completou Ederson, que ainda revelou ter conversado com o novo técnico da seleção pela primeira vez apenas antes do treinamento do último domingo.

 


.
 
 
 
eXTReMe Tracker