Página inicial
 
Mural de recados
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
23.05 | Ze ligado
Mas não é com esse ataque de nervos com azul que é um dos piores jogadores que ...
23.05 | Patativa
Esta mensagem vai para o ingrato jogador Araújo,este ex jogador em atividade que ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/08/2010
15h51 | esportes - Não lembra.
Cabañas diz não se lembrar de atirador
Diante de juiz em Assunção, atacante pediu que se faça justiça

O atacante paraguaio Salvador Cabañas, que levou um tiro em um bar mexicano em janeiro deste ano, declarou nesta segunda-feira perante um juiz paraguaio em Assunção, a pedido da Procuradoria do México, que não se lembra de quem fez o disparo.

Cabañas, que joga pelo América do México e foi desfalque da seleção de seu país na Copa do Mundo, apresentou-se diante do juiz Pedro Mayor Martínez junto à sua esposa, María Mena, e seu cunhado Amancio Rojas, que estavam no local do crime e compareceram como testemunhas.

Cabañas expressou durante a audiência que não se lembra de quem o atacou na madrugada do 25 de janeiro no banheiro do Bar Bar, da Cidade do México.

O atleta disse também que apenas sentiu o disparo e que não se recorda do que aconteceu em seguida.

O juiz afirmou a jornalistas que o atacante pediu que o fato seja investigado a fundo e que se faça justiça em seu caso.

Cabañas, de 29 anos, prossegue com seu processo de recuperação em uma clínica de reabilitação de Buenos Aires e frequentemente viaja para o Paraguai, onde passou os últimos dias. Ele ficou internado durante quase 40 dias na capital mexicana depois da operação à qual foi submetido e na qual não foi possível a retirada do projétil.

De acordo com as autoridades mexicanas, que analisaram as imagens das câmeras de segurança do local, o suposto agressor do jogador é José Jorge Balderas, um narcotraficante que segue foragido.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker