Página inicial
 
Mural de recados
26.06 | VITOR HUGO
FORAM ELIMINADOS O SERGIPE MAIOR TORCIDA DO ESTADO, ITABAIANA A MAIOR DO INTERIO ...
26.06 | Aldery
Tudo deu errado como sempre para o Central! Desfalques e má atuação de alguns jo ...
26.06 | MARCOS LEITE
O CENTRAL TÁ GARANTIDO NA SÉRIE D 2018, AGORA TEM Q MUDAR A DIRETORIA, E FAZEREM ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/04/2010
00h29 | esportes - LIBERTADORES
Melhor da América, Timão vence o Racing em Montevidéu e garante vaga nas oitavas
Após apagão na iluminação, Dentinho, com grande atuação, e Elias marcam os gols da vitória que mantém Alvinegro na liderança geral da Libertadores

Fora do Campeonato Paulista, o Corinthians confirmou nesta quarta-feira o grande momento vivido na Taça Libertadores, seu grande objetivo no do ano centenário. O Timão superou uma noite de chuva, frio e um apagão no sistema de iluminação para vencer o Racing-URU por 2 a 0, no estádio Parque Central, em Montevidéu, e garantiu a classificação para as oitavas de final da competição sul-americana. Dentinho, artilheiro da equipe na temporada (nove) e o melhor em campo, marcou no primeiro tempo e Elias fechou o placar nos minutos finais.

Com o triunfo, o terceiro consecutivo no torneio e o quinto seguido no ano, o Corinthians chega aos 13 pontos, com quatro vitórias e um empate, e dispara na primeira colocação do Grupo 1. Os uruguaios, também candidatos à passagem à fase seguinte, aparecem em segundo, com sete, seguidos pelo Independiente Medellín-COL, com seis, e o Cerro Porteño-PAR, com um apenas um.

Apesar da vaga assegurada, o Corinthians parte agora para encerrar a primeira fase com a melhor campanha entre os 32 participantes. Para isso, o Timão precisa de uma simples vitória sobre os colombianos, na próxima quinta-feira, às 21h50m (de Brasília), no Pacaembu. 

Após apagão, Dentinho coloca Timão em vantagem

Uruguaios e brasileiros tiveram pouco tempo para mostrar futebol. Com 1m40seg, os refletores do estádio Parque Central, que já estavam sendo abastecidos por geradores, apagaram por um problema em um deles. Foram 15 minutos de paralisação. No retorno, ainda com muita chuva, Racing e Timão foram muito tímidos no ataque. A equipe da casa tentou pressionar com uma marcação mais avançada, mas pouco produziu.

O Corinthians ficou em vantagem no placar, aos 18 minutos, em jogada que saiu dos pés de seus principais jogadores no ano: Roberto Carlos e Dentinho. Em grande fase, o lateral recebeu passe pela esquerda, disparou até a linha de fundo e bateu forte para o meio da área. A zaga afastou mal e a bola sobrou para o atacante chutar com precisão, no canto direito de Contreras. Foi o nono gol dele em 2010 (oito em competições e um no amistoso frente ao Huracán-ARG).

Agência/EFE

Ronaldo tem atuação apenas discreta na vitória do Timão sobre o Racing-URU

A vantagem fez o técnico Mano Menezes optar por um jogo em "banho Maria", com a equipe tocando a bola e esperando uma falha uruguaia. O Racing, aliás, mostrou que tinha pouco a assustar. Mirabaje foi o único jogador que mostrou certo talento, mas Quiñonez e Cauteruccio não colaboraram no ataque. O goleiro Julio Cesar, em sua segunda oportunidade na temporada, praticamente não teve trabalho.

Em um primeiro tempo morno, coube a Ronaldo tentar fazer um gol de Pelé, aos 36 minutos. Em contra-ataque, o Fenômeno arriscou um chute por cobertura antes da linha do meio-de-campo e assustou Contreras. A melhor oportunidade, porém, foi de Danilo, aos 38. Dentinho aplicou lindo drible pela esquerda e cruzou na medida. O meia apareceu sem marcação na entrada da pequena área, mas cabeceou mal e desperdiçou ótima chance de ampliar.

Racing assusta, mas Elias garante triunfo

Na volta do intervalo, antes mesmo de o Racing pensar em pressionar, o Corinthians quase fez o segundo, logo no primeiro minuto. Após ótima troca de passes, a bola passou pelos pés de Ronaldo e Elias e chegou até Dentinho. Livre, o atacante bateu cruzado na entrada da área e Contreras conseguiu fazer grande defesa, espalmando para escanteio. Melhor em campo, o atacante voltou a aparecer, aos três. Ele pedalou pela direita e chutou forte para o goleiro salvar outra vez, agora no ângulo.

O que parecia um jogo tranquilo começou a ficar mais difícil a partir dos 15 minutos. O Timão recuou prematuramente e permitiu que os uruguaios ganhassem força na frente. Mirabaje, aos 21, cobrou falta perigosa, que Julio Cesar mandou pela linha de fundo. Para tentar corrigir a falha e dar velocidade ao ataque, Mano tirou Ronaldo e Dentinho e colocou Jorge Henrique e Iarley, respectivamente.

As trocas não surtiram o efeito esperado pelo treinador e o Racing continuou melhor. Entretanto, sem oferecer grande perigo. Aos 34, Julio Cesar saiu do gol para dividir com Cauteruccio e a bola sobrou para Mirabaje. De muito longe, o meio-campista tentou por cobertura e errou o alvo. 

Nos minutos finais, Mano Menezes aumentou a retranca com a entrada do zagueiro Paulo André no lugar do meia Danilo. Melhor para o Racing. A partir dos 40 minutos, o time da casa começou a apostar nas bolas cruzadas para a área. Entretanto, o Timão garantiu o triunfo, aos 42. Iarley puxou o contra-ataque e tocou para Jucilei cruzar. Elias apareceu como um atacante entre os zagueiros e cabeceou no canto esquerdo para aliviar a pressão. 

Ficha técnica: 

RACING-URU 0 x 2 CORINTHIANS
Contreras, Brasesco, Hernández (Reyes), Pallás e Tejera; Cazulo (Barrientos), Vega (López), Ostolaza e Mirabaje; Cauteruccio e Quiñonez.Julio Cesar, Moacir, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Danilo (Paulo André); Dentinho (Iarley) e Ronaldo (Jorge Henrique).
Técnico: Juan Verzeri.Técnico: Mano Menezes.
Gols: Dentinho, aos 18 minutos do primeiro tempo. Elias, aos 42 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Tejera (Racing); Moacir, Jorge Henrique (Corinthians)
Estádio: Parque Central, em Montevidéu, Uruguai. Data: 14/04/2010. Árbitro: Héctor Baldassi (Argentina). Auxiliares: Ricardo Casas (Argentina) e Hernán Maidana (Argentina).


.
 
 
 
eXTReMe Tracker