Página inicial
 
Mural de recados
22.05 | Davi
Essa Racreche sei não viu... ...
22.05 | Aldery
Alguém lembra aqui da Série B de 1997? Da parceria entre Central e Cadimo Barros ...
22.05 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! E a saga de vergonha continua. Até quando senhores alvinegr ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
02/04/2010
12h20 | esportes - Copa 2010
Lippi quer ‘fazer bonito’ na Copa, mas coloca Brasil como favorito ao título
Em entrevista exclusiva, campeão do mundo de 2006 mantém porta aberta para o atacante Amauri na seleção italiana

No último confronto entre Brasil e Itália, o time de Dunga não só eliminou a Azzurra da Copa das Confederações como venceu e convenceu com o 3 a 0 em Pretória, no ano passado. A derrota ainda está na cabeça do técnico Marcello Lippi, que coloca a seleção canarinho como favorita ao título na Copa do Mundo. Mas o atual campeão mundial lembra: os italianos costumam surpreender quando a taça da Fifa está em jogo.

Em entrevista exclusiva ao GLOBOESPORTE.COM, por telefone, Lippi foi enfático, de maneira curta e breve, ao apontar o principal candidato ao título na África do Sul:

- O Brasil é o favorito.

Segundo o treinador, a Azzurra - que pode se igualar à seleção brasileira com cinco taças - promete manter a regularidade característica no próximo Mundial.

- A seleção italiana, como sempre, quando chega o Mundial, faz bonito. Tenho certeza que vai fazer esse ano também - garante.

A Itália estreia no dia 14 de junho, contra o Paraguai, pelo Grupo F, que também é formado por Nova Zelândia e Eslováquia. Se avançarem, brasileiros e italianos podem se enfrentar nas quartas de final. Um confronto com chances de ter um apelo especial: Amauri com a camisa azul.

O atacante do Juventus está perto de conseguir a cidadania italiana, pois depende apenas da prefeitura de Turim notificar o processo e comunicar à federação. Questionado sobre a possibilidade de convocar o brasileiro, o comandante não fechou as portas:

- Quando ele conseguir o passaporte terá os mesmos direitos que os outros jogadores italianos. Aí poderemos convocá-lo.

Na conversa, Lippi concordou com grande parte dos torcedores e apontou Lionel Messi como o melhor jogador do mundo atualmente. Mas não quis se meter em polêmica com os clubes italianos. Vencedor do scudetto em cinco oportunidades com o Juventus, o treinador saiu pela tangente quando o assunto é a crise que envolve a Velha Senhora:

- Não posso falar do Juventus, nem de outro clube. Sou técnico da seleção nacional e só falo sobre a seleção - concluiu.

Do globoesporte.com


...
 
 
 
eXTReMe Tracker