Página inicial
 
Mural de recados
23.08 | Fabio
Times que o central mais enfrentou (10 primeiros): 1º) Santa Cruz - 22 2º) C ...
23.08 | Fabio
E aí galera centralina. Fiz um dossiê dos confrontos do Central em competições n ...
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/04/2010
12h15 | esportes - LIBERTADORES
Corinthians recebe o Cerro-PAR para abrir vantagem e encostar na vaga nas oitavas
Líder, Timão encara o lanterna podendo ficar três pontos à frente do Racing-URU e cada vez mais próximo de garantir o 1º lugar do Grupo 1

Há uma semana, o Corinthians parecia mergulhar em uma crise que traria sérios problemas no ano do centenário. Mas bastou uma vitória no clássico contra o São Paulo, no último domingo, para o furacão que se formava sobre o Parque São Jorge perder força. Nesta quinta-feira, o Alvinegro tem a oportunidade de espantar definitivamente a tempestade, diante do Cerro Porteño-PAR, às 19h15m (de Brasília), no Pacaembu, e se aproximar do paraíso das oitavas de final da Taça Libertadores.


Com o triunfo sobre os mesmos paraguaios por 1 a 0, em Assunção, a equipe dirigida pelo técnico Mano Menezes se manteve invicta no torneio sul-americano, chegando aos sete pontos, na primeira colocação do Grupo 1. O Racing-URU tem a mesma pontuação, mas com um jogo a mais. Uma nova vitória deixa a equipe paulista em uma ótima condição para garantir o primeiro lugar da chave. Nas últimas rodada, pegará os uruguaios, em 14 de abril, em Montevidéu, e o Independiente Medellín-COL, dia 22 do mesmo mês, em São Paulo.

- O principal nessa hora é conquistar a classificação. Estamos jogando um campeonato sul-americano com as principais equipes do continente. Primeiro, temos que pensar em conquistar uma das vagas. Depois, para que seja a melhor possível - afirmou Mano referindo-se sobre a briga pelo primeiro lugar geral entre os líderes dos grupos. 

Mais do que duelo importante para o futuro do clube no torneio, o Corinthians joga também pela confirmação de um novo jeito de atuar. Do esquema com três atacantes que conquistou o Paulistão e a Copa do Brasil no ano passado, Mano Menezes passou para a formação com três volantes. O sistema, à princípio só usado na Libertadores, ganhou força com a consistente exibição nos 4 a 3 sobre o São Paulo.

A vitória sobre o maior rival dos últimos anos fez o Corinthians colocar fim a um momento instável. O time vinha de duas derrotas consecutivas no Estadual. Na última delas, após perder para o Paulista, em Barueri, torcedores protestaram contra a equipe e acabou sobrando para Ronaldo. Irritado com ofensas, o Fenômeno fez gestos obscenos com o dedo médio para algumas pessoas, tumultuando o ambiente.

Já o Cerro Porteño vem ao Brasil para jogar sua última cartada na Libertadores. O clube contabiliza um empate e duas derrotas, segurando a lanterna do grupo, com apenas um ponto conquistado. Perder significa dar adeus definitivamente ao sonho de avançar.

- Temos que estar preparados para superar essa famosa retranca. Sabemos que quem fica em primeiro tem sempre a vantagem de decidir em casa. Vamos em busca disso - disse o volante Elias. 

Felipe continua fora, mas Timão tem volta de Chicão

O Corinthians terá apenas uma alteração em relação ao time que bateu o São Paulo. O zagueiro Chicão se recuperou a tempo de um problema na sola do pé direito e tem retorno garantido para formar dupla com William, seu companheiro na defesa desde 2008. Desta forma, Paulo André volta a ficar como opção no banco de reservas.

A má notícia é a não liberação do goleiro Felipe. O camisa 1 sofreu uma lesão muscular na coxa direita na semana passada e também foi vetado do clássico. Ele realizou exames na segunda-feira, mas, apesar de ser liberado para treinar, ainda não tem condições de fazer todos os movimentos, como cobrar tiros de meta, por exemplo.

Sem o titular, Mano Menezes confirmou a permanência do garoto Rafael Santos, de apenas 21 anos. O goleiro falhou em dois dos três gols do Tricolor, porém, recebeu a confiança do comandante. Julio César, outra possibilidade, segue na reserva. O lateral-direito Alessandro (coxa direita) e o meia Defederico (púbis) também não jogam.

No Cerro, o técnico Pedro Troglio tem muitos problema para escolher os titulares. O lateral-direito Julio Irrazábal, os zagueiros David Mendoza e Miguel Torrén e o meio-campista Luis Cáceres estão machucados. Já o atacante César Ramírez, ex-Flamengo, foi afastado do elenco.

CORINTHIANS CERRO PORTEÑO-PAR
Rafael Santos, Moacir, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Jucilei, Elias e Danilo; Dentinho e Ronaldo.Diego Barreto, Iván Piris, Diego Herner, Luis Cardozo e Ernesto Cristaldo; Jorge Nuñez, Javier Villarreal, Rodrigo Burgos e Julio dos Santos; Pablo Zeballos e Roberto Nanni.
Técnico: Mano Menezes.Técnico: Pedro Troglio.
Estádio: Pacaembu. Data: 01/04/2010. Árbitro: Victor Hugo Carrillo (PER). Auxiliares: Luis Alberto Abadie (PER) e Luis Eduardo Ávila (PER).
Transmissão: SporTV.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 19h15m (de Brasília).

.
 
 
 
eXTReMe Tracker