Página inicial
 
Mural de recados
28.06 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Aqui estou eu em Fortaleza, daqui a pouco vou assistir SALG ...
28.06 | ojuara
CONCORDO NELHOR PAGAR SAFADAO DE QUE INVESTIR NESSE CLUBE SAFADO DE LADROES PORQ ...
28.06 | Paulo Junior
Parabéns pela atitude dos torcedores do Central em dividir o dinheiro com os fun ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
31/03/2010
09h56 | esportes - LIBERTADORES
Por vaga tranquila e fim das derrotas, São Paulo encara um desesperado Monterrey
Mexicanos precisam vencer a qualquer custo se quiserem sonhar com vaga

O baque do revés no clássico contra o Corinthians e o clima pesado após duas derrotas seguidas no Paulistão ficaram no Brasil. No México desde a última segunda-feira, o São Paulo enfrenta o Monterrey nesta quarta, às 21h50 (de Brasília), no estádio Tecnologico, tentando chegar à última rodada da fase inicial da Libertadores com tranquilidade para ser o líder do Grupo 2. Se vencer, o time paulista alcança 12 pontos e só precisa de um empate contra o Once Caldas, no dia de abril, no Morumbi, para confirmar a primeira posição. Com cinco pontos, o anfitrião dá adeus se não ganhar.

A classificação só não estará confirmada em caso de vitória tricolor porque dois clubes mexicanos entrarão diretamente nas oitavas deste ano: Chivas e San Luis. Os dois deixaram a competição em 2009 por causa do surto da nova gripe no México. Mas estão garantidos nesta edição. Com isso, além dos líderes de cada um dos oito grupos, apenas os seis melhores segundos colocados garantirão as outras vagas.

Na primeira partida, no Morumbi, o Monterrey, bastante modificado e sem peças fundamentais, perdeu para o São Paulo por 2 a 0. Alex Silva, que não jogou aquela partida, lembra de ter visto um time com qualidade no passe, mesmo sem força total.

- Tive a oportunidade de acompanhar o primeiro jogo. O time mexicano toca muito bem a bola, é bastante técnico e tem posse de bola maior do que das outras equipes. Sei que eles estão encarando este jogo como decisão, e para nós também é assim. O empate é importante para o São Paulo, mas se pudermos vencer será melhor, porque decidimos em casa contra o Once Caldas - ressaltou o zagueiro.

Monterrey joga pelo tudo ou nada

O time mexicano, com apenas cinco pontos e na terceira colocação, só pode vencer se quiser seguir com chances de classificação para a próxima fase da Libertadores. E os jogadores já assimilaram o clima de final que cerca o duelo com os brasileiros.

- Sabemos da importância desta partida, não haverá outra, é ganhar ou ganhar, pois um empate nos deixaria com poucas chances. Estamos concentrados, temos o apoio da torcida e esperamos fazer uma boa partida para ficar com os três pontos - destacou o goleiro Orozco.

No banco, o técnico Victor Vucetich tem o brasileiro Val Baiano, que deve entrar no segundo tempo.

Mistério na escalação e duas possibilidades

O resultado do último domingo não foi o que o São Paulo esperava. Mas a derrota por 4 a 3 para o Corinthians, pelo Paulistão, assim como o revés diante do Bragantino por 1 a 0, na rodada anterior, serviram para que o técnico Ricardo Gomes observasse o que precisava mudar no time para o jogo desta quarta-feira. O treinador quer mais velocidade no toque de bola, principalmente no meio, e já anunciou que fará duas mudanças na equipe.

O comandante tem duas possibilidades para formar o time titular. A primeira seria manter o 4-4-2, com Cicinho entrando na lateral e Jorge Wagner no lugar de Leo Lima, que não teve boa atuação contra o Timão. No treino técnico no estádio Tecnologico, na última terça-feira, Jorge apareceu no grupo com colete, que tinha mais titulares do que a turma sem, e reforçou esta opção. A outra seria  deslocar Alex Silva para a direita e colocar Xandão na zaga, além de Cicinho no meio.  

MONTERREY SÃO PAULO
Jonathan Orozco, William Paredes, José Basanta, Duilio Davino, Severo Meza, Héctor Morales, Walter Ayoví, Osvaldo Martínez, Neri Cardozo, Abraham Carreño, Sergio Santana.Rogério Ceni, Cicinho (Xandão), Alex Silva, Miranda e Junior Cesar; Hernanes, Rodrigo Souto, Cleber Santana e Jorge Wagner (Cicinho); Dagoberto e Washington.
Técnico: Victor Vucetich.Técnico: Ricardo Gomes.
Estádio: Tecnologico, em Monterrey (MEX). Data: 31/03/2010. Árbitro: Saúl Laverni (ARG). Auxiliares: Gustavo Esquivel e Roberto Reta (ARG)
Transmissão: A TV Globo transmite o jogo ao vivo para os estados de SP, PR, MG, MS, MT, BA e DF
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 21h50m (de Brasília).


...
 
 
 
eXTReMe Tracker