Página inicial
 
Mural de recados
23.06 | Danilo
http://sportv.globo.com/site/programas/ta-na-area/noticia/2017/06/empresario-ilu ...
23.06 | Duda
Eu acredito!!! Vamos meu Central, vamos sair dessa série D. Lícius tem feito o p ...
23.06 | MARCOS LEITE
CENTRALZÃO EM BUSCA DA CLASSIFICAÇÃO E A TORCIDA CHEGANDO DE MONTÃO NO LACERDÃO, ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
11/03/2010
12h48 | esportes - LIBERTADORES
Contra o Nacional-PAR, São Paulo tem a sua primeira 'decisão' na temporada
Animado pelo empate entre Once Caldas e Monterrey na última quarta, Tricolor busca vitória para seguir na briga pela primeira colocação do grupo

Dois meses após ter iniciado os treinamentos na temporada 2010, o São Paulo tem, na noite desta quinta-feira, às 19h (de Brasília), a sua primeira "final de campeonato". A equipe comandada por Ricardo Gomes enfrenta o Nacional-PAR, no Defensores del Chaco, em partida válida pela terceira rodada do grupo 2 da Taça Libertadores da América. E tem a obrigação de vencer. 

Isso porque com a mudança do regulamento da competição sul-americana (ao contrário dos anos anteriores, não são todos os segundos colocados que se classificam), é fundamental terminar a primeira fase como melhor do grupo para não depender do índice técnico. O primeiro passo para buscar a liderança foi dado na última quarta. A torcida tricolor por um empate entre Once Caldas-COL e Monterrey-MEX funcionou: o jogo terminou 1 a 1, e os colombianos não dispararam. Agora estão com sete pontos. Com três, o São Paulo pode colar no rival se vencer nesta quinta.

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DOS GRUPOS DA TAÇA LIBERTADORES

A partida terá transmissão para todo o país pelo Sportv 2. O GLOBOESPORTE.COM também acompanhará o duelo em tempo real a partir das 18h30m.

Hora de embalar 

E, para a sua primeira "decisão", nada melhor do que ter força máxima à disposição. Pela primeira vez na temporada, Ricardo Gomes conta com todos os jogadores e poderá escalar a formação que acha melhor. Isso deixou o treinador otimista, como poucas vezes pôde ser visto na temporada.

- Agora a situação é diferente. Com o grupo todo em forma e à disposição, eu mexo no time para melhorar. Antes, estava mexendo para administrar o calendário. O time está pronto e garanto que não seremos defensivos. Vamos tentar impor o nosso jogo - afirmou o treinador, que voltará ao banco de reservas em jogos pelo torneio sul-americano. Ele não trabalhou em Manizales, na derrota para o Once Caldas porque estava afastado por causa do leve AVC (Acidente Vascular Cerebral) sofrido no dia 21 de fevereiro.

E com todo o elenco à disposição, o treinador resolveu abusar do mistério e só vai divulgar a escalação momentos antes da partida. Uma coisa é certa: o atacante Fernandinho, que poderia começar a partida como titular ao lado de Dagoberto e Washington, ainda não tem condições de jogar os 90 minutos e ficará como opção no banco de reservas.

O treinador, que novamente utilizará o esquema 4-4-2, tem uma dúvida: em qual posição atuará Richarlyson. São duas a alternativas: a lateral esquerda ou a cabeça de área.

No meio, a briga por posição é grande. Cléber Santana, Rodrigo Souto, Marcelinho e Jorge Wagner brigam por duas vagas. Se quiser variar do 4-4-2 para o 4-3-3 durante a partida, Gomes deve optar por Marcelinho Paraíba, que além de criar chega como um terceiro atacante. Cléber, que cumpriu suspensão contra a Ponte Preta, no último fim de semana, também tem mais chances por estar em melhor condição física do que Souto.

O elenco treinou na última quarta no Defensores del Chaco, palco da partida. Gomes comandou um treino de dois toques e não deu pistas do time que vai a campo nesta quinta.

Rival desesperado
Para o Nacional, o jogo desta quinta-feira é de vida ou morte. Com duas derrotas nas duas primeiras apresentações, a equipe do técnico Éver Almeida precisa da vitória. O time faz campanha regular no torneio Apertura do Campeonato Paraguaio (ocupa a sexta colocação) e não deverá contar com o apoio de sua torcida. Na derrota para o Once Caldas, na primeira rodada da Libertadores, apenas três mil torcedores compareceram ao estádio Defensores del Chaco.

Em relação ao time, o treinador adotará uma linha de quatro zagueiros atrás e aposta tudo no faro de gol do atacante argentino Beltrán, destaque entre os titulares.

NACIONAL-PAR SÃO PAULO
Caffa; Peralta, Piris, Miranda e Mazacotte; Melgarejo, Bordón, Riveros e Cáceres; Aquino e Beltrán.Rogério Ceni; Cicinho, Alex Silva, Miranda e Richarlyson; Jean, Hernanes, Cléber Santana e Marcelinho Paraíba (Rodrigo Souto); Dagoberto e Washington.
Técnico: Éver Almeida.Técnico: Ricardo Gomes.
Estádio: Defensores del Chaco, em Assunção (PAR). Data: 11/03/2010. Árbitro: Enrique Osses (CHI). Auxiliares: Julio Díaz Pardo (CHI) e Sergio Román (CHI).
Transmissão: O SporTV 2 exibe a partida ao vivo para todo o país.
Tempo Real: O GLOBOESPORTE.COM acompanha a partir de 18h30m (de Brasília).

.
 
 
 
eXTReMe Tracker