Página inicial
 
Mural de recados
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
21.08 | MARCOS LEITE
FALAR EM TABELA DA SEGUNDONA VICTOR HUGO, PELA LEI TEM Q DIVULGAR 60 DIAS ANTES ...
21.08 | júnior
já pensou se não tivesse vaidade,e todos se unir-se como seria maravilhoso para ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
10/03/2010
21h28 | esportes - Quase tragédia
Jogador argentino saca arma e atira para o alto ao ser abordado por torcedores
Volante Román Díaz, do Almirante Brown, da Terceira Divisão, se revolta com cobranças após tropeço de sua equipe

O volante argentino Román Díaz, que defende o Almirante Brown, da Terceira Divisão da Argentina, reagiu de forma violenta ao ser cobrado por torcedores de sua equipe durante um treinamento na última segunda-feira. Em vez de bater boca, o jogador, de 29 anos, sacou uma arma calibre 9mm e disparou para o alto. Após dispersar cerca de oito torcedores que o tinham cercado, Díaz correu em direção ao seu carro e deixou o local rapidamente.

O motivo da revolta dos torcedores foi a má atuação do jogador, que já teve passagens por clubes como San Lorenzo, Lanús e Rosário Central, no empate de 1 a 1 diante do Defensores de Belgrano, no último sábado. Além de ter atuado mal, Díaz teria respondido de forma irônica a reclamações da torcida após a partida que deixou o Almirante Brown a nove pontos do líder Sarmiento.

Depois do incidente, os treinos do Almirante são realizados sob escolta policial. De acordo com o diário portenho "Olé", Díaz afirmou que não vai se esconder, mas se recusou a falar mais sobre o caso, assim como os dirigentes do clube do atleta.

Do globoesporte.com


.
 
 
 
eXTReMe Tracker