Página inicial
 
Mural de recados
22.06 | Paulo alvinegro
Pois é patativa também dei a viagem perdida não tinha ingresso nenhum na sede o ...
22.06 | Patativa
O central e seu amadorismo fui até o lacerdao nesta quinta feira comprar meu ing ...
22.06 | José
Boa tarde Warley, Se caso o central empatar essa partida, ele ta classificado ? ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/02/2010
20h59 | esportes - Futebol Internacional
Bala não será problema para Cabañas
Médico diz que ainda é cedo para falar em volta aos gramados

Apesar de ainda ser muito cedo para dizer se o atacante paraguaio Salvador Cabañas voltará a jogar futebol, a bala que está alojada em sua cabeça não seria empecilho algum no seu retorno aos gramados. Segundo o neurocirurgião que operou o atleta, Ernesto Martinez, a bala não irá se movimentar.

- A bala não vai se movimentar, jogue ou não, não há nenhum risco - afirmou.

Cabañas, 29 anos, foi baleado no dia 25 de janeiro em um bar na Cidade do México. O paraguaio atua pela equipe do América do México e estava com a presença praticamente garantida na seleção paraguaia na Copa de 2010. A polícia ainda não sabe ao certo o motivo do crime.

O atacante está se recuperando na Unidade de Tratamento Intensivo em um Hospital na Cidade do México, os fãs e torcedores do América fazem vigilha na entrada do local.

- É muito cedo para saber se ele vai voltar a jogar, ainda corremos risco. Ele tem boa resistência e boa movimentação, mas jogar futebol não é apenas caminhar ou correr, é a coordenação da mente, o cálculo e estratégia, então nós não sabemos ainda - disse Martinez.

Nos últimos dias, Cabañas conseguiu mexer seus membros, tem conversado com seus familiares e também se alimenta bem. O que leva os médicos a crêem que o paraguaio não terá sequelas de movimento.

- Você tem que dar tempo, estas coisas não são de um dia para o outro. Ele ainda segue em cuidados intensivos o que não podemos esquecer. Ele tem uma força incrível e permanece em tratamento intensivo, mas tem ido muito bem - disse Michel Bauer, presidente da América.

Martinez disse que a evolução de Cabañas tem sido lenta, mas satisfatória e que não há nenhum sinal de infecção ou hemorragia.

- Ele é muito forte e saudável e assim estamos em um bom caminho - acrescentou.

O próximo relatório sobre o estado de saúde do jogador será na quarta-feira.

Do Lancenet.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker