Página inicial
 
Mural de recados
18.08 | Patativa
Com certeza essa chapa de Clóvis Lucena irá vencer,a outra só tem liso sem futur ...
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
17.08 | Ronaldo fonseca
As bate chapas está aí! Qual será a mais benéfica para O glorioso????? De a s ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
06/05/2015
19h37 | esportes - Futebol
Messi marca golaço, e Barcelona abre boa vantagem contra Bayern
CLIQUE E CONFIRA.

Da Gazeta Esportiva 

Repetindo a semifinal da temporada 2012-13 da Liga dos Campeões, o Barcelona recebeu o Bayern de Munique no Camp Nou e, desta vez, foi mais feliz que o adversário. Após ver Neuer brilhar na primeira etapa e fazer grandes defesas, Messi apareceu na segunda etapa com dois gols e uma assistência para Neymar, fazendo com que os anfitriões vencessem a primeira partida que dá uma vaga na grande final do campeonato de clubes mais importante da Europa por 3 a 0.

Com este resultado, os catalães podem perder por até dois gols de diferença que, mesmo assim, vão enfrentar Juventus ou Real Madrid na decisão da competição. O duelo de volta está marcado para a próxima terça-feira, às 15h45, na Allianz Arena, em Munique, casa da equipe bávara.

Antes de voltarem a se enfrentar, as equipes voltam a jogar por suas competições nacionais. No próximo sábado, às 13 horas (de Brasília), o Barcelona recebe a Real Sociedad, pela 36ª rodada do Campeonato Espanhol, para se manter na ponta da tabela. No mesmo dia, mas às 10h30 (de Brasília), em casa, o Bayern de Munique encara o Augsburg apenas para cumprir tabela.

Os donos da casa foram representados por Ter Stegen; Daniel Alves, Piqué, Mascherano e Jordi Alba; Busquets, Rakitic (Xavi) e Iniesta (Rafinha); Messi, Suárez e Neymar. Já os visitantes atuaram com Neuer; Rafinha, Boateng, Benatia e Bernat; Lahm, Xabi Alonso, Thiago e Schweinsteiger; Lewandowski e Muller (Gotze).

 

AFP
Com dois gols e uma assistência, Messi comandou a vitória do Barcelona contra o Bayern de Munique

 

O jogo - Apesar de não ter surpreendido na escalação, o técnico Pep Guardiola inovou no esquema tático durante a partida, alternando entre os sistemas com três e com quatro defensores. Porém, mesmo assim, o Barcelona começou melhor o duelo, se aproveitando dos erros da linha de impedimento adversária. Aos 11 minutos, Suárez recebeu lançamento sozinho no campo de ataque, invadiu a área e, cara a cara com Neuer, finalizou rasteiro, mas o arqueiro, com a perna direita, fez grande defesa.

Logo em seguida, o atacante uruguaio apareceu bem novamente e cruzou para Neymar, que, dentro da área, conseguiu tocar a bola em direção ao gol, mas o compatriota Rafinha acabou salvando em cima da linha. A resposta do Bayern veio aos 17 minutos com Lewandowski. O polonês segurou bem a jogada no ataque, tocou para Muller, que cruzou para o próprio camisa 9. Entretanto, o centroavante mascarado não conseguiu chegar inteiro no lance e acabou tocando a bola para fora.

O duelo continuou corrido, com poucos minutos de bola parada e com as equipes disputando cada segundo de posse de bola. Assim, a jogada de mais perigo antes do término do primeiro tempo aconteceu aos 39 minutos, quando Iniesta, em um lindo passe, deixou Daniel Alves cara a cara com Neuer. O brasileiro tentou o chute cruzado, mas o goleiro, mais uma vez, fez uma grande defesa e evitou o gol adversário.

 

AFP
Já nos acréscimos, Neymar marcou o terceiro do Barcelona e decretou o triunfo contra o Bayern de Munique

 

Após o intervalo, as equipes voltaram com a marcação mais forte, tornando o jogo um pouco mais violento, tanto que o árbitro teve que aplicar cinco cartões amarelos em menos de 25 minutos. Assim, a qualidade do confronto caiu e a única grande jogada até os trinta minutos foi do Bayern de Munique, quando Thiago tentou o arremate da entrada da área e a bola desviou na defesa e quase enganou Ter Stegen.

A partir de então, o argentino Lionel Messi começou a tomar conta do jogo. Aos 32 minutos, ele recebeu passe de Daniel Alves, ajeitou o corpo e, de fora da área, soltou a bomba de esquerda para estufar as redes do Camp Nou. Em desvantagem, Guardiola tratou de colocar Gotze no jogo para tentar deixar o ataque da equipe alemã mais rápido.

Entretanto, três minutos mais tarde, em um lance de genialidade, Messi marcou seu segundo gol no confronto. O argentino disparou em velocidade, deu um drible desconcertante em Boateng, e, cara a cara com Neuer, deu um toque de cobertura para aumentar a vantagem dos anfitriões.

Deste modo, o Bayern se mandou ainda mais para o ataque nos minutos finais, tentando diminuir o estrago que Messi tinha causado. Assim, já nos acréscimos da partida, Suárez puxou contra-ataque, tocou para Messi, que lançou Neymar e o brasileiro, sozinho com Neuer, tocou por baixo das pernas do goleiro, sacramentando a vitória do Barcelona por 3 a 0.


...
 
 
 
eXTReMe Tracker