Página inicial
 
Mural de recados
16.08 | CLEO
O TERRENO ONDE DEVEM CONSTRUIR O CT DO CENTRAL? TÁ JOGADO PRAS COBRAS, COMO SE D ...
15.08 | MARCOS LEITE
RESTA AOS SÓCIOS PROPRIETÁRIOS DO COMÉRCIO, SE UNIR, RESTAURAR E REFORMAR O CLU ...
15.08 | VICTOR HUGO
É VERDADE GUSTAVO, O CENTRALZÃO TEM Q CONSTRUIR SEU CT NINHO DA PATATIVA NO SEU ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
18/04/2012
20h46 | esportes - FUTEBOL INTERNACIONAL
Chelsea resiste ao Barça e sai de Londres em vantagem

 

Castigo ou injustiça são palavras que não existem no futebol. Nesta quarta-feira, o Chelsea teve apenas uma raríssima chance para fazer 1 a 0 no Barcelona em Stamford Bridge, e não desperdiçou. Sendo assim, precisa de apenas um empate na próxima terça-feira, no Camp Nou, para ir à final da Liga dos Campeões da Europa.

O resultado também permite aos Blues a conquista da vaga com derrota por um gol de diferença, contanto que marque pelo menos um gol (2 a 1, 3 a 2, 4 a 3). Se o time inglês perder pelo placar mínimo e não marcar na Catalunha, a semifinal será decidida no tempo extra ou até nas penalidade máximas.

 

O JOGO

 

 

Do ponto de vista da posse de bola ou das chances criadas, o primeiro tempo foi um monólogo. Havia apenas um ator no palco. O Barcelona tocou a bel prazer, fez inversão de jogo e criou três oportunidades claras para fazer o primeiro. Sanchéz fez a bola beijar a trave. Cech espalmou porrete de Iniesta e Ashley Cole tirou um gol certo de Fàbregas.

O ponto fraco foi a atuação de Daniel Alves, que deixou um corredor numa péssima hora e errou todos os chutes e cruzamentos tentados.  

Messi tentou carregar a bola e partir com ela dominada até a área. No entanto, acossado pela marcação da dupla de zaga dos Blues, não conseguiu brilhar como em outras partidas e perdeu a bola num lance capital.

Do ponto de vista tático, o Chelsea foi mais eficaz. Resistiu bravamente nos primeiros 45 minutos, tentou alguns chutões e jogou no contragolpe. Tinha consciência de que, em algum momento, pegaria a defesa rival desprevenida. E foi justamente no último lance: Lampard desarmou o melhor do mundo e largou Ramires na ponta esquerda. O brasileiro disparou e passou a redonda para o solitário Drogba. A conclusão foi em cima de Valdés, mas o importante era a bola lá dentro. Não importa se fora plástico ou não. 

O valente atacante marfinense teve apenas um lance. E matou. Prova de que quanto mais velho melhor.

O enredo não mudou depois da volta do intervalo. O Chelsea continuou plantado atrás da bola e povoando o meio de campo com cinco jogadores. O Barcelona, com seus 70% de posse de bola, seguiu tocando a bola de um lado para o outro em frente à parede azul. Às vezes conseguia uma ou outra falta na entrada da área, mas falhava na conclusão.

 

 

Aos 47, Pedro tocou rasteiro e a bola pegou na trave. Havia feito tudo certo a equipe catalã.

O time da casa, sabedor de que 1 a 0 é uma senhora vantagem, não se arriscou e segurou os catalães até o apito final.

FICHA TÉCNICA

CHELSEA 1 X 0 BARCELONA

Local: Stamford Bridge, em Londres (ING)
Data-Hora: 18/4/2012 - 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Felix Brych (ALE)
Cartão Amarelo: Ramires, Drogba (CHE); Pedro, Busquets (BAR)
Cartão Vermelho: - 
Gols: Drogba, 46'/1ºT (1-0)

CHELSEA: Cech, Ivanovic, Cahill, Terry e Ashley Cole; Mikel, Raul Meireles, Lampard e Ramires (Bosingwa, 42'/2ºT); Mata (Kalou, 27'/2ºT) e Drogba - Técnico: Roberto di Matteo.

BARCELONA: Valdés, Daniel Alves, Mascherano, Puyol e Adriano; Busquets, Xavi (Cuenca, 41'/2ºT) e Iniesta; Fàbregas (Thiago Alcântara, 31'/2ºT), Messi e Sánchez (Pedro, 20'/2ºT) - Técnico: Pep Guardiola.

 





.
 
 
 
eXTReMe Tracker