Página inicial
 
Mural de recados
21.08 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! De longe fica difícil avaliar, somente com as informações ...
21.08 | MARCOS LEITE
FALAR EM TABELA DA SEGUNDONA VICTOR HUGO, PELA LEI TEM Q DIVULGAR 60 DIAS ANTES ...
21.08 | júnior
já pensou se não tivesse vaidade,e todos se unir-se como seria maravilhoso para ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
12/03/2012
12h19 | esportes - Futebol
Messi não pensa em recorde de gols, diz ser 'normal' e enaltece Guardiola

Do globesporte.com 

Não é à toa que Fàbregas classificou Messi como uma pessoa humilde. Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, o camisa 10 do Barcelona disse que não está ansioso para se tornar o maior artilheiro do clube catalão na história em jogos oficiais. Com 230 gols, o argentino está a cinco de igualar a marca de 235 anotada por César, ídolo culé nas décadas de 40 e 50 (confira o info mais abaixo).

- Meus gols são o de menos. Se chegam, são bem-vindos. Mas estou muito contente mesmo é por como estão saindo as coisas. O que sempre miro é o coletivo. Sem eles, tudo que consegui não teria sido possível. Estou muito feliz por tudo. Pelos cinco gols (contra o Bayer) e por estar muito perto de conseguir o recorde de César. Não era meu objetivo alcançar César nesta temporada, mas estou muito pertinho, ainda faltam muitas partidas e, assim, não coloco uma data para conseguir (igualá-lo) - disse Messi, que anotou dois na vitória sobre o Racing no final de semana (veja o vídeo acima).

Messi durante coletiva em Barcelona (Foto: AFP)Messi durante coletiva em Barcelona (Foto: AFP)

Na entrevista, Messi também deu uma forte declaração mostrando a força do técnico Pep Guardiola para ele e para o elenco.

- Pep é mais importante para o Barcelona do que eu. Desde que chegou, mudou tudo. Para mim é fundamental. Espero que siga conosco. Seria muito difícil seguir sem ele - ressaltou Messi, se referindo à renovação de contrato do técnico com o clube espanhol.

Dificuldade no Espanhol

Apesar de contente com o bom momento do Barça, Messi admitiu que a situação está muito complicada para o clube no Campeonato Espanhol. Com 60 pontos, o time catalão está a dez do líder e arquirrival Real Madrid.

- Gostaríamos de estar mais perto dos primeiros. Mas temos que seguir tentando ganhar o que falta. O campeonato está complicado e o (Real) Madrid não perde. Está difícil, mas temos que seguir com a mentalidade vencedora.

Messi também reclamou das polêmicas com arbitragens no Campeonato Espanhol.

- Nos últimos tempos têm se falado muito dele (árbitros). Já é difícil seu trabalho e muito mais com toda a pressão desde Madri e Barcelona. Creio que falar demais dos árbitros prejudicou os jogos - salientou.

‘Não jogo para ser o maior da história'

Voltando a falar sobre si, Messi disse ter ficado contente com os elogios que recebeu de jogadores após a atuação soberba diante do Bayer Leverkusen na semana passada (assista no vídeo acima). Em especial, as declarações de Rooney no Twitter, na qual o atacante do Manchester United disse que o argentino é o melhor de todos os tempos.

Messi durante coletiva em Barcelona (Foto: Albert Gea / Reuters)Messi durante coletiva (Foto: Albert Gea / Reuters)

- Fiquei muito feliz quando me contaram. Foi uma sensação ótima. É muito lindo que colegas de outras equipes falem dessa maneira de mim.

E sobre a discussão se ele já é o melhor jogador da história, superando nomes como Maradona e Pelé, o próprio argentino fez questão de não alimentá-la.

- Não jogo para ser o maior da história e nem o melhor do momento. Jogo para fazer as coisas bem. Para a torcida e para mim. Me sinto bem quando as coisas saem do jeito que eu quero. Não tenho medo do que dizem, estou além disso, seja para o bem ou para o mal. Só quero fazer meu trabalho. Gostaria que me definissem como uma pessoa normal, próxima ao meu povo e de quem queira estar me rodeando. E nada mais. Nada especial - pediu "La Pulga".

Para finalizar, o argentino disse que seu feito diante do Bayer - cinco gols - seria mais fácil no videogame - apesar dele lembrar que não curte muito esse tipo de passatempo - mesmo e que será muito difícil de se repetir.

A coletiva de Messi aconteceu após a apresentação de um projeto da fundação mantida pelo jogador e uma produtora de jogos de videogame para reformar um complexo polidesportivo no bairro de Bom Pastor, em Barcelona.

INFO - participação MEssi gols barcelona (Foto: Agência Getty Images)


.
 
 
 
eXTReMe Tracker