Página inicial
 
Mural de recados
22.09 | Aldery
É nítido ver como é desastroso ao Central há tanto tempo estar fora de uma série ...
22.09 | Israelito Almeida
Maravilhosa Graça! Bela iniciativa da diretoria. Aproveitar a oportunidade par ...
22.09 | MARCOS LEITE
TAVA VENDO SITE D RECIFE, O SANTA TÁ VENDENDO BOLO D ROLO PRA AJUDAR NO CT NINHO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
31/01/2012
14h40 | esportes - FUTEBOL
"Nômade nos EUA", Marta deve voltar ao futebol sueco após cancelamento da liga americana

Do Uol Esporte 

No máximo em 15 dias, a brasileira Marta, considerada cinco vezes a melhor do mundo, definirá qual será o seu destino. Após a liga norte-americana decretar o cancelamento da temporada 2012, a jogadora terá que se desligar do Western NY Flash, mas já estuda pelo menos cinco propostas do futebol europeu.

LIGA NORTE-AMERICANA FECHA AS PORTAS

A liga feminina de futebol profissional dos EUA, a WPS, anunciou nesta segunda-feira o cancelamento da temporada 2012. A decisão é consequência de um problema judicial com o ex-dono da equipe de South Florida.

"Acabamos desviando muitos recursos neste problema, mas é algo que precisamos resolver antes de retomarmos nossas atividades", afirmou Jennifer O'Sullivan, principal executiva da WPS.

Em contato com o UOL Esporte, o empresário da atleta, Fabiano Farah, revelou que o destino de Marta deve ser a Suécia, onde a atleta já atuou por cinco temporadas. "Estou conversando com quatro clubes da Suécia e um da Alemanha. Quatro destes fizeram propostas, mas existe uma tendência que ela vá mesmo para a Suécia. Até o meio de fevereiro teremos uma definição", explicou.

Farah ainda lamentou a suspensão do campeonato e o fato de Marta não ter conseguido criar vínculos no futebol norte-americano, uma vez que em três anos no país, precisou trocar de clube três vezes. "Ela é uma nômade. Nos dois primeiros anos, os times fecharam as portas e, agora, que ela encontrou pessoas sérias, a liga foi cancelada. A Marta ficou triste".

Apesar disso, o empresário espera definir a situação da melhor jogadora brasileira até o meio de fevereiro e crê em novo sucesso de Marta no futebol europeu. "Na Suécia, o campeonato é muito sério e competitivo. Existem quatro divisões, as empresas investem e os jogos passam em Tv aberta. O futebol feminino chega a ser mais popular do que o masculino".

No futebol, Marta defendeu o Umea IK, quando foi campeã da Supercopa da Suécia e tetracampeã nacional, além do título da Copa da Uefa na temporada 2003/2004. Apesar do sucesso no clube, Farah confirmou que o Umea não é um dos times interessados na brasileira.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker