Página inicial
 
Mural de recados
29.05 | Batista
É Marcos Leite, espero que essa torcida tão inocente, não precise acessar o YouT ...
29.05 | MARCOS LEITE
Q VENHA O JUAZEIRENSE DE JUAZEIRO O CANCÃO DE FOGO. VAMOS GANHAR MAIS UMA E OUVI ...
29.05 | Patativa
Na minha opinião escapam , ....O goleiro , O zagueiro Danilo Dias (ótimo zagueir ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
15/12/2011
11h28 | esportes - Futebol
Fácil! Barcelona vence Al Sadd em ritmo de treino

O Barcelona fez o que dele se esperava e em ritmo abaixo do normal goleou o fraquíssimo Al Sadd, do Qatar, por 4 a 0, com dois gols do brasileiro Adriano, um de Keita e outro de Maxwell, e está na final do Mundial de Clubes. Dever protocolar cumprido em Yokohama, agora é a vez de medir forças com o Santos no único jogo que valerá de fato neste torneio.

Chegou a ser constrangedora a falta de intimidade dos jogadores do time do Qatar com a bola. Exemplo disso foi o primeiro gol do Barça, que saiu após trapalhada do zagueiro Belhadj e do goleiro Saqr. O defensor amorteceu mal a bola na pequena área, Saqr não sabia se segurava ou se chutava. Não fez uma coisa nem outra e Adriano, na indecisão de ambos, marcou.

Até este lance, já havia se passado 25 minutos e o retrato do jogo era o seguinte: o Al Sadd não havia passado do meio de campo, não acertava mais de dois passes consecutivos e não havia chutado a gol. O Barcelona tinha mais de 70% de posse de bola, girava de um lado para outro do campo de ataque e jogava consciente que o gol sairia naturalmente.

Guardiola poupou alguns titulares como Daniel Alves, Fábregas e Xavi. Mesmo assim o time não perdeu a sua identidade. Aos 43 minutos, Adriano recebeu passe de Thiago e bateu cruzado para fazer o segundo, enquanto à beira do campo o técnico uruguaio do Al Sadd, Jorge Fossati, fazia uma cara de quem diz: "não dá".

O treino em Yokohama prossegiu no segundo tempo. Até Keita conseguiu marcar o seu golzinho, aproveitando luxuosa assistência de Messi. O brasileiro Maxwell, que entrou no lugar de Abidal, também foi agraciado colocando nas redes outra bela assistência de Thiago. 

Esse Mundial de Clubes proposto pela Fifa é uma das coisas mais previsíveis do planeta. Um torneio com oito partidas onde, antes de começar, todo mundo já previa os nomes dos finalistas. Dessa vez os Mazembes da vida não tiveram oportunidade.

FICHA TÉCNICA
AL SADD 0 X 4 BARCELONA

Local: Nissan Stadium, em Yokohama (JAP)
Data-Hora: 15/11/2011 - 8h30 (de Brasília)
Árbitro: Joel Aguilar (ELS)
Auxiliares: William Torres (ELS) e Juan Zumba (ELS)
Público: 66.260 torcedores
Cartões amarelos: Kasola e Ibrahim (ALS)
Cartões vermelhos: -
Gols: Adriano 25'/1ºT (1-0) e 43'/1ºT (2-0), Keita 19'/2ºT (3-0) e Maxwell 36'/2ºT (4-0)

AL SADD: Mohamed Saqr, Abdulmajed, Lee, Koni e Keita (Alhaydos 40'/2ºT); Kasola, Belhadj, Abdulmajid e Abloushi (Al Yazidi 20'/2ºT); Khalfan e Niang (Yusef Ali 32'/2ºT) - Técnico: Jorge Fossati.

BARCELONA: Valdés, Puyol, Mascherano, Abidal (Maxwell 21'/2ºT) e Adriano; Keita, Thiago e Iniesta; Messi, Pedro e Villa (Sánchez 38'/1ºT, depois Cuenca 25'/2ºT) - Técnico: Pep Guardiola.


.
 
 
 
eXTReMe Tracker