Página inicial
 
Mural de recados
22.04 | Paulo alvinegro arretado
Meus amigos isso não é possivel. Que paz é essa? Isso é inconpetência total. Es ...
21.04 | Paulo alvinegro
Aleluia,aleluia a paz voltou ao central será mesmo vamos aguardar. ...
21.04 | Manoel
AGORA VAI GERA UMA NOVA PESPEQUITIVA NO CENTRAL COM A UNIÃO DA DIRETORIA, SÓ NÃO ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
05/09/2011
18h25 | esportes - AMISTOSO
AMISTOSO: Brasil 1x0 Gana - Leandro Damião mostrou seu faro de gol!
Clique e confira!

Mesmo jogando com um homem a mais durante a maior parte do jogo, o Brasil teve mais uma atuação burocrática e, no amistoso contra Gana, nesta segunda-feira, em Londres, venceu a seleção africana apenas por 1 a 0, gol do centro-avante Leandro Damião, que marcou pela primeira vez com a Amarelinha.

A formação ofensiva que Mano Menezes testou nos últimos três dias em Londres, com Leandro Damião à frente, e Ronaldinho, Ganso e Neymar no apoio, só durou oito minutos. O meia do Santos sentiu dores na parte posterior da coxa esquerda logo no início do jogo e pediu para ser substituído. Se Mano foi ousado nos treinamentos, na hora H preferiu ser cauteloso e no lugar de Ganso colocou Elias, deixando o meia Lucas no banco.

A grande expectativa, no entanto, era sobre Ronaldinho. Destaque do Brasileirão e recebendo sua segunda chance entre os 11 de Mano Menezes, o meia do Flamengo era a maior esperança de fazer a Seleção deslanchar de vez e acabar com as críticas que passaram a chover sobre o treinador desde a derrota para a Argentina, em novembro do ano passado. Mas o Gaúcho teve atuação discreta no primeiro tempo, jogando um pouco mais recuado que o esperado, e só brilhou na etapa final.


Damião fez seu primeiro gol com a Amarelinha (Foto: Mowa Press)

   

Foi apenas no fim da etapa inicial que Ronaldinho começou a se soltar, se arricou mais ao meio e, por vezes, à direita, passando a trocar passes rápidos com seus companheiros de ataque na entrada da área e dando mais velocidade ao toque de bola do Brasil.

Na falta de Ganso, Neymar demonstrou entrosamento com Leandro Damião. As melhores jogadas do Brasil no primeiro tempo passaram pelos pés dos dois. Em uma delas, aos 26 minutos, o atacante santista deu um passe açucarado para o centroavante colorado, que tocou por cobertura sobre o goleiro Kwaeasey, mas o gol não foi validado por impedimento.

 

A expulsão do lateral Opare aos 33 minutos do primeiro tempo, após receber o segundo cartão amarelo, deixou o Brasil em vantagem numérica, e a Seleção passou a arriscar mais. E o gol do Brasil saiu no fim da primeira etapa. Leandro Damião recebeu um belo passe de Fernandinho pela direita, arrancou e chutou cruzado, estufando a rede. Foi o primeiro gol dele com a camisa da Seleção Brasileira.

- É o momento que qualquer jogador sonha - disse o atacante, antes de ir para o vestiário.

Para o segundo tempo, com um homem a mais e em vantagem no placar, Mano decidiu colocar o Brasil novamente para a frente. O treinador sacou o volante Fernandinho para a entrada de Hulk, recuando Elias. A troca não produziu muito efeito, e a Seleção começou a segunda etapa sonolenta.

Novamente convocado por Mano depois de um pequeno desentendimento, Marcelo parece ter garantindo de vez a vaga na lateral esquerda titular. O jogador do Real Madrid foi o melhor do Brasil na partida, atuando bem tanto na defesa quanto no ataque, ao lado de Ronaldinho.

Ronaldinho foi um dos destaques da Seleção Brasileira (Foto: Mowa Press)


Os melhores lances do Dentuço, no entanto, aconteceram no fim da partida. Aos 34, ele bateu falta colocada e obrigou o goleiro Kwarasey a fazer grande defesa. Pouco depois, o meia fez um cruzamento perfeito na cabeça de Pato, que cabeceou certeiro, mas Kwarasey salvou a equipe ganense novamente. E, aos 40, Ronaldinho fez outra cobrança de falta brilhante, transformando o goleiro de Gana no herói da partida.

Apesar da atuação burocrática, o Brasil voltou a vencer, e Ronaldinho pareceu se encaixar no time de Mano. Se a Seleção não brilhou, o R10 teve seus momentos de destaque, e garantiu seu lugar de volta na Seleção.



FICHA TÉCNICA
BRASIL 1 X 0 GANA

Estádio: Craven Cottage, Londres (ING)
Data/hora: 05/09/2011 - 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Mike Dean (ING)

Cartões amarelos: Elias, Fernandinho (BRA); Opare, Derek Boateng, Addy, Inkoon (GAN)
Cartões vermelhos: Opare, 33'/1ºT (GAN).
GOLS: Leandro Damião, 44'/2° (1-0).

BRASIL: Julio Cesar, Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e Marcelo; Lucas e Fernandinho (Hulk, no intervalo); Neymar, Ganso (Elias, 9'/1°T) e Ronaldinho; Leandro Damião (Alexandre Pato, 33'/2°T). Técnico: Mano Menezes.

GANA: Kwarasey, Pantsil, Jonathan Mensah, Vorsah e Opare; Inkoon (Tagoe, 40'/2°T) e Muntari (Addy, no intervalo); Agyemang-Badu (Adomah, 34'/2T), Derek Boateng (Rabiu, no intervalo) e Asamoah (Annan, 20'/2°T); Jordan Ayew (Adiyiah, 24'/2°T). Técnico: Goran Stevanovic.

TAGS




.
 
 
 
eXTReMe Tracker