Página inicial
 
Mural de recados
19.08 | MARCOS LEITE
EU SÓ ESPERO Q O CANDIDATO VENCEDOR, TEM UM GRUPO DO PATRIMONIO, CENTRAL TÁ PRA ...
18.08 | Patativa
Com certeza essa chapa de Clóvis Lucena irá vencer,a outra só tem liso sem futur ...
18.08 | MARCOS LEITE
NA ELEIÇÃO DO CENTRAL, TEM QUANTOS CANDIDATOS A PRESIDENTE? EIS A QUESTÃO PROCUR ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
01/09/2011
15h33 | esportes - FUTEBOL
Clubes ingleses batem recorde de gastos em 2011

Do Lancenet 

Com um gasto total de 730 milhões de libras (R$ 1,8 bilhão), a Premier League inglesa bateu, em 2011, o recorde de valor de transferências, incluindo as contratações da janela de inverno europeu, em janeiro. Na janela de verão, foi gasto R$ 1,2 bilhão.

Os valores tiveram um aumento de cerca de 33% em relação a 2010. O recorde anterior datava de 2008 (692 milhões de libras), quando o Manchester City foi comprado pelo xeque Mansour e passou a investir pesado na contratação de jogadores.

Nesta última janela, o City foi, mais uma vez, o clube que mais gastou: 82,5 milhões de libras (R$ 210 milhões), sendo 39,5 milhões de libras (R$ 100 milhões) apenas no atacante Agüero, o jogador mais caro deste verão europeu.

Além de Agüero, o City contratou ainda Clichy (6,8 milhões de libras), Savic (10,5 milhões de libras) e Nasri (24,2 milhões de libras).

Já o Chelsea gastou um total de 75,5 milhões de libras (R$ 195 milhões) e investiu nas contratações de Lukaku (19 milhões de libras), Juan Mata (23,5 milhões de libras) e Raul Meireles (11,8 milhões de libras).

O atual campeão Manchester United investiu cerca de 50 milhões de libras (R$ 130 milhões) em apenas três jogadores: De Gea (17,6 milhões de libras), Ashley Young (15,8 milhões de libras) e Phil Jones (17 milhões de libras).

Sem ganhar um título inglês há mais de 20 anos, o Liverpool gastou 57 milhões de libras (R$ 148 milhões) na contratação de sete jogadores, entre eles Henderson (16 milhões de libras) e Downing (20 milhões de libras).

Depois de vender Fàbregas ao Barcelona e negociar Nasri com o Manchester City, o Arsenal precisava de reforços e investiu cerca de 54 milhões de libras (R$ 140 milhões) nesta janela de transferências. As principais contratações dos Gunners foram Gervinho (10,5 milhões de libras), Arteta (10,5 milhões de libras) e o jovem Alex Oxlade-Chamberlain (12 milhões de libras).


.
 
 
 
eXTReMe Tracker