Página inicial
 
Mural de recados
24.05 | Antonio
Araújo pedindo 400,000 R$ pro Central !!! Isso é um absurdo, o cara jurou amor a ...
23.05 | Central de coraçao
Eu nao tou entendendo mais nada dessa direçao , a parceria com o las vegas foi d ...
23.05 | Ze ligado
Mas não é com esse ataque de nervos com azul que é um dos piores jogadores que ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
24/07/2011
10h27 | esportes - COPA AMÉRICA
COPA AMÉRICA: Uruguai x Paraguai - Quem conquista a América, Forlán ou Larissa?
CLIQUE e CONFIRA!!!

Depois de 23 dias e 25 partidas, a Copa América finalmente definirá o campeão de sua edição de número 43, neste domingo. Para quem sonhava outra decisão entre Brasil e Argentina, terá de se contentar com uma decisão, que pode sim ser considerada uma zebra, entre Uruguai e Paraguai. A grande final acontece a partir das 16 horas (de Brasília), no Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires.

A chegada à decisão do torneio coloca os uruguaios, definitivamente, entre os grandes do futebol. Após surpreender em 2010 ao chegar nas semifinais da Copa do Mundo da África do Sul, a “ressurreição” da Celeste Olímpica ainda era um ponto de interrogação.

Era, porque a campanha o futebol uruguaio dá sinais claros de reação. Após o Mundial da África, a seleção conseguiu outros feitos, como a vaga para as Olimpíadas de 2012 em Londres e o vice-campeonato mundial Sub-17, superando o próprio Brasil nas semifinais.

Após superar os donos da casa nas quartas e passar pelo Peru nas semifinais com propriedade – venceu por 2 a 0 -, o Uruguai chega com status de favorito. Além de ter “brilhado” mais na Copa América, o time de Oscar Tabárez carrega o peso de 14 títulos continentais.

Uma nova conquista o isola como o maior campeão da América do Sul, já que a Argentina 14 taças. O feito também colocará fim a um jejum de 16 anos sem conquistar o título da Copa América. A última foi na edição de 1995, quando bateu o Brasil nos pênaltis, em Montevidéo.

Fim do tabu paraguaio?
Enquanto os uruguaios chegam como favoritos e com a simpatia, pelo menos dos brasileiros, o Paraguai entra na decisão como o “patinho feio”, já que chegou à final após cinco empates em cinco jogos. Fato que fez crescer a antipatia da maior parte dos torcedores e comentaristas esportivos.

Embora a geração atual seja a pior dos últimos 15 anos, a seleção guarani pôs fim a um tabu mais de 30 anos. A última vez que os paraguaios chegaram à decisão foi em 1979, quando a sede ainda não era fixa. Na oportunidade, venceu a Colômbia na vantagem pelo saldo de gols, após vencer em casa, por 3 a 0, e perder na Colombia, por 1 a 0. Assim, levantou sua segunda taça.
O Paraguai ainda conquistou a competição outra vez, nos priomórdios da Copa América. Em 1953, em edição disputada no Peru, os paraguaios bateram o Brasil e levantaram a taça. De lá para cá foi só tristeza. A equipe não faz uma boa campanha desde 1983, quando dividiu o terceiro lugar com Peru, em edição na qual os uruguaios foram campeões.

Quem vence, o campo ou as arquibancadas?
Além de contar com a história a seu favor, o Uruguai também pode se gabar de ter um time melhor qualificado. Sua força está concentrada no conjunto que é praticamente o mesmo da Copa do Mundo. No entanto, há alguns destaques, como a dupla de atacante Forlán e Luís Suárez, o meia Álvaro Pereira e os zagueiro Lugano e Coates.

Egny, a parceira mais nova de Larissa

Pelo fato do jogo ser em Buenos Aires, que fica a 180 quilômetros da capital uruguaia Montevidéu, a torcida uruguaia deve ser a maioria. Isso não significa que o Paraguai vai perder no quesito arquibancada. Isso porque sua torcida estará fortalecida pelas gatas Larissa Riquelme, Egny Eckert, Moraima Quintana e Patty Orue.

Se fora de campo os guaranis contam com um timaço, dentro dele não se pode dizer o mesmo. De destaques inviduais, somentes os atacantes Barrios e Heado valdez, que ainda não brilharam. A seu favor, o técnico Gerardo Martino tem sua sólida defesa, que já garantiu três empates por 0 a 0, até agora.

Retrospecto
O histórico de confrontos entre os dois times também é bastante equilibrado. Até hoje, Uruguai e Paraguai já se enfrentaram em 68 oportunidades. São 28 vitórias uruguaias, vitórias paraguaias e 15 empates. A Celeste já anotou 102 gols e sofreu outros 90.

Ficha Técnica

Uruguai x Paraguai

Local: Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires (ARG)
Data: 24/07/2011 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Sálvio Spínola Fagundes (BRA)
Assistentes: Márcio Santiago (BRA) e Francisco Mondría (CHI)

Uruguai
Muslera; Maxi Pereira, Lugano, Coates e Martín Cáceres; Álvaro González, Diego Pérez, Arévalo Ríos e Álvaro Pereira; Luis Suárez e Diego Forlán.
Técnico: Oscar Tabárez

Paraguai
Villar; Verón, Paulo da Silva, Alcaraz e Torres (Piris); Cáceres, Riveros, Ortigoza e Estigarribia; Valdez (Santa Cruz) e Barrios.
Técnico: Gerardo Martino


.
 
 
 
eXTReMe Tracker