Página inicial
 
Mural de recados
22.07 | MARCOS LEITE
NA SÉRIE A2 SÓ SOBE O CAMPEÃO, ESPERO SEJA O PORTO GAVIÃO DO AGRESTE. OU PESQUEI ...
21.07 | jose arruda
Warley, obrigado pela informação atualizada sobre o Sub 20-2017. A FPF divulgou ...
21.07 | Adalgisio
Warley relembra aquela campanha do central na serie D que o time era comandado p ...
 
[Enviar] [Listar]
Esportes
Vídeos
CENTRAL de CARUARU
Clube Atlético do Porto
Sport Club do Recife
Santa Cruz Futebol Clube
Clube Náutico Capibaribe
Salgueiro Atlético Clube
Futebol Pernambucano
Futebol Nacional
Futebol Internacional
Opinião
Giros
Enquete
Não existe enquete no momento!
 
Publicidade
 
 
23/07/2011
18h47 | esportes - COPA AMÉRICA
Guerrero faz três e Peru garante o terceiro lugar

Na decisão do terceiro lugar da Copa América 2011, o Peru não deu chances à zebra venezuelana e, com uma vitória de 4 a 1, garantiu a medalha de bronze da competição sul-americana.

A seleção peruana, que, ao começar o torneio, era considerada uma das azaronas, fez uma grande partida, e pressionou o adversário durante os 90 minutos.

O primeiro gol, no entanto, só saiu no fim da primeira etapa. Em um contra-ataque muito bem armado, a equipe peruana aproveitou falha de marcação da fraca defesa venezuelana, e Chiroque, livre, só teve o trabalho de completar o cruzamento para o fundo da rede.

No segundo tempo, a Venezuela ameaçou reagir, mas, aos 14 minutos, Tomás Rincón conseguiu se tornar o primeiro jogador desta Copa América a ser expulso duas vezes, e, com um homem a mais, o Peru voltou a dominar a partida. Apenas cinco minutos depois da expulsão do capitão venezuelano, o Peru ampliou com Guerrero.

Em vantagem, a seleção peruana recuou, e a Venezuela descontou com Arango, aos 32 minutos, depois de uma troca de passes rápidos que começou com um bom lançamento do goleiro Vega.

Os minutos finais do jogo foram eletrizantes, com as duas equipes correndo muito e finalizando, mas sem muita obejtividade. A Venezuela quase empatou o jogo, após Fernández dar rebote em cobrança de falta, mas Chichero mandou a bola para fora.

Aos 44, Guerrero arrancou em velocidade e chutou cruzado, sacramentando a vitória peruana. Três minutos depois, ele recebeu na entrada da área e fez mais um, seu quinto gol na competição, se isolando na artilharia da Copa América, à frente do já eliminado Agüero, da Argentina, e do uruguaio Luis Suárez, com têm três gols cada.


FICHA TÉCNICA:

PERU 4 X 1 VENEZUELA

Estádio: Ciudad de La Plata, La Plata (ARG)
Data/hora: 23/7/2011 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Cartões amarelos: Cruzado e Balbín (PER); Rey, Chichero e Maldonado (VEN).
Cartão vermelho: Tomás Rincón, 14'/2ºT (VEN).

GOLS: Chiroque, 41'/1ºT (1-0); Guerrero, 19'/2°T (2-0); Arango, 32'/2°T (2-1); Guerrero, 44';2°T (3-1); Guerrero, 47'/2°T (4-1)

PERU: Fernández, Revoredo, Ramos, Rodrígues e Corzo; Yotún, Balbín, Lobatón (Guevara, 15'/2°T) e Cruzado (Advíncula, 34'/2°T); Chiroque e Guerrero. Técnico: S. Marka

VENEZUELA: Vega, Rosales, Vizcarron, Reye Cichero; Seijas (Lucena, no intervalo) Rincón, César González (Arango, 22'/2°T) e Orozco; Maldonado e Fedor (Salomón Rondón, 16'/2°T). Técnico: César Farias




.
 
 
 
eXTReMe Tracker